segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Semana da castanha

Com o outono, chegam as castanhas.
Assadas ou cozidas são sempre bem vindas num dia muito frio. Não concordam?
Há imensas pessoas que, embora adorem castanhas, não as come porque dizem que "engordam".
Falso!
Ora vamos lá esclarecer melhor a composição nutricional da castanha ( por 100 g de porção edível):



Castanha assada com sal
Miolo de castanha
Energia (kcal)
211
185
Água (g)
39,4
48,5
Proteína (g)
3,5
3,1
Lípidos (g)
1,3
1,1
Hidratos de carbono (g)
45,5
39,8
Vitamina A (μg)
11
11
Vitamina C (mg)
46
51
Folatos (μg)
56
61
Cálcio (mg)
23
20
Potássio (mg)
571
500
Magnésio (mg)
48
33
mg = miligramas; μg = microgramas. Porção Edível = diz respeito ao peso do alimento que é consumido depois de rejeitados todos os desperdícios. Vitamina A = como equivalentes de retinol. Fonte: Porto A, Oliveira L. Tabela da Composição de Alimentos. Lisboa: Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge. 2006, pág. 100-101.


Pela sua riqueza em hidratos de carbono, a castanha constitui é uma excelente fonte de energia.
Tal como a maioria dos seus familiares, os frutos gordos e amiláceos (noz, avelã, amêndoa, amendoim, etc.), a castanha é um alimento tipicamente outonal. O que o torna diferente é, sem dúvida, a sua composição nutricional. É menos calórica que os restantes frutos gordos e amiláceos, já que o seu teor em gordura é significativamente inferior, no entanto, apresenta um teor superior em hidratos de carbono.
Vai uma castanha?
Ao longo desta semana irei publicar receitas com castanhas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...