domingo, 30 de dezembro de 2012

Balanço do ano 2012

Estamos no fim de mais um ano. 
O balanço foi positivo (ou não fosse eu uma mulher positiva!)

Finanças: O ano de 2012 não foi um ano fácil para ninguém, economicamente falando. Apertar o cinto foi mesmo necessário em determinados momentos. Porém, nem tudo foi mau. Cá em casa, todos pensamos mais um bocadinho nas dificuldades que o país atravessa e fazemos compras muito mais orientadas. Compras por impulso deixaram de existir. Com a ajuda do orçamento familiar, conseguimos atingir os objetivos e ainda poupamos algum dinheiro. Todas as despesas (ou quase todas) são decididas a quatro.
Família: A família está muito mais unida e partilhámos bons momentos juntos. As minhas filhas deram-me muita alegria este ano (espero que continuem!)
A minha pessoa e as minhas rotinas: No que diz respeito à parte pessoal, este foi um ano muito bom. Apesar de ainda pensar muito mais nos outros que em mim, consegui aproveitar mais da vida. Pensei também na minha saúde. Fui finalmente ao dentista, ao dermatologista e ao oftamologista! No que diz respeito à organização pessoal e à gestão do tempo, consegui organizar-me muito bem, com as minhas rotinas, no trabalho e em casa. Passei a levantar-me mais cedo (6h30) mas compensou. Essa foi uma alteração na minha vida que vou continuar a seguir, com o maior gosto.
Férias: Consegui tirar uns dias de férias para descansar, sem stress.
Amor:  Foi um ano muito bom, mas que ainda pode ser melhor. Escapadinhas a dois também existiram, tal como tínhamos programado. Pretendemos continuar nos próximos anos a alimentar o amor. O saldo foi muito positivo neste campo.
Saúde: Felizmente não me posso queixar. Nada de anormal neste ano.
Trabalho: Um ano particularmente difícil, devido à situação político-económica em que vivemos. No meu trabalho propriamente dito não posso dizer que tenha sido negativo. Veremos o que o futuro nos reserva...
Leituras: Superei os objetivos definidos. Li bastante este ano.
Casa: Fiz algumas remodelações em casa que, na minha opinião, a tornaram mais funcional.

Planos para 2013? Sim, sempre! 
Até breve...


sábado, 29 de dezembro de 2012

Bodas de ouro

Os meus queridos pais completam hoje 50 anos de casados. Que maravilhoso! 

Bodas de ouro!...

Quero apenas deixar esta pequena mensagem em homenagem a este grande dia.
Ver os dois, ainda juntos, ao fim de meio século de vida em comum, com muito amor para dar, muita cumplicidade... Não há palavras que descrevam tamanha felicidade.
Desejo aos dois muita saúde, muita alegria e que mantenham o amor lindo que sentem um pelo outro para o resto da vida.

Parabéns, pais fantásticos!




sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Fim do ano sem stress


Querida amiga

Nada de stress no fim do ano!

Mantenha a autoestima e a simplicidade. 
Há que manter a calma neste período. Se não tem recursos para as comemorações ou viagens que gostaria de fazer nesta altura, não desanime. Faça o que for possível e adie os restantes planos. Esta é uma questão de autoestima. Não se pode viver em função dos outros. Simplificar é a palavra-chave para evitar o stress em qualquer situação.
Procure o equilíbrio. 
Inicie o ano em ordem, procurando o equilíbrio físico e emocional. 



Este período é muito propício para iniciar uma dieta, iniciar uma atividade física de rotina, caminhada, por exemplo, deixar de fumar e até fazer planos para o novo ano.

Bom ano!

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

A pureza do branco


 Sugestão para 2013: Decoração em branco.

O branco está associado à paz, à ordem, à calma, à limpeza e a tudo o que é puro.
Na decoração de uma casa, na roupa de cama ou mesmo de vestir, o branco simboliza pureza.
Se a sua casa é pequena, experimente decorá-la de branco. Vai dar-lhe uma sensação de mais espaço.
Numa sala, por exemplo,  flores brancas dão uma beleza espetacular.

No quarto, o branco simboliza a paz, a tranquilidade, tudo que precisamos para relaxar.
Na cozinha, louça branca dá mais beleza e confiança a quem a usa, pois se é branca, é limpa.






Na casa de banho, use e abuse do branco. Simboliza o conforto, a beleza e o bem-estar.



quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

A importância da organização

Queridas amigas,

Ao contrário do que possam pensar, nem sempre fui uma pessoa organizada. Contudo, a vida ensinou-me muitas coisas, e uma delas foi que se formos organizadas em tudo, é muito mais fácil, muito mais simples viver.

A começar pelas coisas da casa:
Na cozinha - já imaginou andar à procura de um utensílio e não o encontrar mesmo depois de abrir todas as portas e gavetas do armário? Sim, é desesperante!
Na sala - o pior que pode acontecer é sofás e mesas cheios de tralha (livros, mantas, brinquedos, canetas, etc...)
No quarto - bem, quando não há organização, aqui o caos ainda é maior: roupa nas cadeiras, armários atulhados de roupa, sem qualquer ordem.
No escritório: as papeladas, quando não são organizadas, nunca mais são encontradas (pelo menos quando são precisas).

Por isso, é muito importante haver organização, em casa e fora dela (no trabalho, na gestão do tempo pessoal, por exemplo)
  • Cada coisa deve ter um lugar próprio. Será sempre mais fácil localizá-la quando é precisa.
  • As roupas devem ser guardadas nos devidos lugares e nunca espalhadas pela casa. Se está suja, vai para o cesto. Se está limpa, guarda-se no armário. O mesmo se aplica ao calçado, que não deve ficar espalhado pela casa.
  • As papeladas devem ser guardadas periódicamente, as contas pagas, e deverão estar arquivadas em dossiers, bem identificados, separados por assuntos.
  • Não deixe louça espalhada pela casa nem a acumule por lavar. Assim que se servir de um copo, guarde-o imediatamente na máquina ou lave e guarde.
  • As refeições também devem ser planeadas com tempo. Normalmente, faço a ementa semanal ao sábado de manhã ou mesmo à sexta-feira à noite. Não imaginam como é bom chegar a casa e saber o que vai ser o jantar.
  • Listas de compras. Nem pensar ir às compras sem a minha preciosa lista. Ajuda-me imenso. Ganho tempo e dinheiro!
Sempre com organização.


 

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Momentos de paz

Hoje sinto-me particularmente feliz. 
Sinto uma paz interior inexplicável. 
A sensação é de plenitude, de realização pessoal, de felicidade. A família é, sem dúvida, a representação do amor e da vida.
Vive-se a paz do Natal, a cada momento.
Tudo é belo, tudo é perfeito.

Deixo-vos com estas belas imagens da natureza, ao som de uma música relaxante.
Momentos de paz e Música relaxante.

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Hoje é um dia especial

Muito especial mesmo!
Faz hoje 22 anos que fui mãe pela primeira vez! Foi o melhor presente de natal que poderia ter recebido!
Foi um parto muito difícil, mas sobrevivi, ao fim de muitas horas à espera..., à espera...
A data não foi programada (há 22 anos não havia essas modas...). Simplesmente aconteceu. 
Noite de natal, com uma bebé linda no colo, que era minha!
Será sempre um dia especial, um dia diferente. O dia mais feliz da minha vida.
Tudo mudou a partir dessa data. Viver passou a ser ainda mais importante para nós. Tínhamos a nossa filha, fruto do nosso amor, e que era só nossa!
Têm sido anos maravilhosos.
Parabéns filha!  


sábado, 22 de dezembro de 2012

Sonhos... de natal!


Aqui vai uma receita de...SONHOS:


Ingredientes:
300 gramas de farinha
7,5dl de água
6 ovos
Fermento em pó e sal (1 colh. de café/cada)
Limão
Açúcar e canela (para polvilhar)

Leva-se ao lume um tacho, com água, a casca do limão e o sal.
Quando ferver, deita-se de uma só vez a farinha, começando imediatamente a mexer com uma colher de pau até ligar.
Depois de ferver um pouco até cozer, deita-se num tigelão e, assim que perder  o máximo do calor, junta-se um ovo e começa-se logo a desfazer com a mão a massa cozida, continuando a adicionar os ovos, um a um, amassando continuamente sem deitar um ovo antes de o anterior estar bem incorporado na massa.
Junta-se o fermento e bate-se então fortemente com um colher de pau até ficar homogéneo e corredio.
Frita-se às colheres em óleo fervente em lume brando para crescerem e rebentarem e vão-se pondo em papéis absorventes.
Polvilham-se com açúcar e canela.

Bom apetite!

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Momento de pausa...

Chegou o dia, finalmente!
Sem stress, sem correrias, sem horários a cumprir.
Claro, vou continuar a levantar-me cedo, mas isso é normal. Para mim não é sacrifício, é antes um prazer.
Não pretendo andar a correr em compras de última hora. Também não há dinheiro para muitas compras.
Haverá sempre um jantar de natal tradicional, com a família reunida, mas sem grandes confusões. Nada de extraordinário. O essencial é que estejamos juntos e com saúde.
Estes dias de férias serão, espero eu, uns dias para descansar, viver a minha casa, a minha família e também de reflexão.
Não poderá faltar a leitura. Os livros da mesa de cabeceira já foram repostos, como não podia deixar de ser.
Irei aproveitar estes dias para definir os meus objetivos para 2013, as grandes metas a atingir.
E como em 2013 faço 25 anos de casamento, o melhor é começar a pensar já num programa especial a dois. Que acham?






quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

A biblioteca cá de casa

Queridas leitoras:

Como vos disse no início do mês, um dos meus objetivos era catalogar todos os livros existentes cá em casa. 
Foi difícil começar, ou melhor, comecei, larguei, usei um método, depois outro, até que, finalmente descobri um sistema muito simples e bastante funcional.

Criei um documento em Excel, no Drive do Google, e comecei a catalogar. O documento vai estar partilhado com a família, vai estar online, o que irá facilitar a nossa pesquisa.
Defini uma hora por dia para dedicar a este trabalho e tenho a dizer que o projeto estará concluído antes do fim do mês.
Finalmente, a minha biblioteca organizada!
Ainda não tenho foto da minha biblioteca, mas prometo que, no final, publico aqui algumas fotos.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Quase, quase... em férias.

Sim, em férias.
Normalmente deixo uns dias de férias para o final do ano e, acreditem, sabem mesmo muito bem.
Estar de férias na última semana do ano, dá-me mais tempo para refletir na vida, nos projetos para o futuro, no ano difícil que aí vem e nas formas de contornar as dificuldades, dá-me mais tempo para me reorganizar e me preparar para mais um ano de trabalho.

Estar de férias na última semana do ano, dá-me mais tempo para conviver com a família, para viver a minha casa, para descansar, enfim, para SER FELIZ.
Um passeio pela praia também faz parte do nossos planos. Faça chuva faça sol, é habitual uma visita à praia antes de fim do ano.





sábado, 15 de dezembro de 2012

Próximas leituras





Se não sabe o que dar a alguém neste natal, dê livros a quem gosta de ler. São presentes excelentes e sempre bem vindos!






As minhas próximas leituras:

Gestão do Tempo
No Poupar é que Está o Ganho!
Manual da Poupança
A Assertividade
Amor, Dinheiro e Auto-Estima
Senhores do Nosso Destino
Tempo Para Tudo


São mais de mil páginas repletas de boas ideias. 
Pretendo com estas leituras aprofundar tudo o que aprendi até agora, sobretudo em assuntos relacionados com organização e planificação. 

Nunca é de mais saber.





sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Finalmente chegou o fim de semana...

Depois de uma semana bastante cansativa, que bem que sabe o fim de semana!
Lareira acesa e a família em casa, chegou o momento de relaxar.
Vou aproveitar bem estes momentos. Faz bem, de vez em quando, não fazer nada.
Amanhã é dia de faxina, não há volta a dar. Por isso, tenho de estar em forma.

Planos para o fim de semana? Com este tempo, não ouso sequer pensar em sair de casa. Nem compras vou fazer. Temos comida em casa que chega para mais uma semana. O nosso programa de fim de semana vai ser mesmo dentro de portas.
Detesto chuva! Tenho tantas saudades dos dias grandes e com muito sol...
Comigo funciona assim. Com o tempo de chuva, uma parte de mim hiberna e só regressa na primavera...
E você, gosta deste tempo?

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Ser simples é...

As pessoas simples são, muitas vezes, vistas com umas "coitadas", alguém sem ambições ou sem condições. 



Para ser simples não é preciso uma pessoa ser ou tornar-se pobre.


As pessoas podem ser simples de várias maneiras, independentemente da sua situação social, económica, inteletual, profissional ou outra. 


Cada um pode e deve tirar partido de tudo o que a vida lhe dá, tendo sempre em conta uma dose de conduta, comportamento, entendimento, tolerância e sentimento pelo outros.
Ser simples é ser positivo, tolerante, generoso, solidário para com os outros e, acima de tudo, valorizar e viver melhor com aquilo que tem.
Ser simples é simplificar a vida.
Ser simples é ser humano.
Eu gosto de ser assim, simples. É na simplicidade que se encontra o essencial!

Para quê complicar a vida?


quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

O prazer de ajudar alguém

"Se quer que os outros sejam felizes, pratique a compaixão. Se quiser ser feliz, pratique a compaixão" - Dalai Lama

Vivemos hoje, infelizmente, numa sociedade cada vez mais alienada e desumanizada: a televisão, os computadores, as fábricas, tornam a vida das pessoas muito isolada. Há uma crescente tendência para o egoísmo em detrimento da ajuda ao próximo.
É preciso lutar contra o egoísmo, a inveja e a avidez. Como? Dar mais de nós aos outros. Ao estender a mão a outro ser humano vai sentir-se melhor consigo próprio. E como poderá fazer isso?

Eis algumas sugestões:

1. Sorria e seja simpático/a;
2. Faça voluntariado (Não precisa de ir todos os dias, mas faz bem inscrever-se numa instituição onde o possa fazer);
3. Pare para ajudar alguém (A descer ou a subir o autocarro ou a segurar alguns sacos de compras, por exemplo);
4. Ensine (O pai a usar o telemóvel, por exemplo, ou um colega de trabalho a tirar mais proveito de um programa informático);
5. Doe alguma coisa que já não usa;
6. Console alguém que esteja a passar por um momento difícil (Uma ajuda em casa ou fora dela para lhe tratar de assuntos pessoais);
7. Compre alimentos para um sem-abrigo (Uma sandwich, um bolo e um pacote de leite, por exemplo);
8. Seja um bom ouvido (Por vezes, uma pessoa que está triste, zangada ou revoltada precisa apenas de um ouvido amigo. Deixar essa pessoa conversar, "descarregar" frustrações" pode ser uma ajuda muito importante);
9. Trate de uma tarefa doméstica (Pode ser uma tarefa pequena - lavar a loiça, passar a ferro - , mas será uma ajuda muito apreciada);
10. Envie um email simpático (Por exemplo como forma de agradecer algo);
11. Mostre o seu apreço por alguém publicamente (Elogiar alguém no seu blog, ou em frente de amigos é uma excelente forma de os sentir valorizados);
12. Seja paciente (Com os filhos, com o marido, com os mais velhos, com a senhora do café, com o motorista, com a secretária, com todos os outros);
13. Prepare um "Cesto de miminhos": uma sopa, um pacote de bolos, chocolates, revistas, livros (Pode dar a alguém que está doente, que vive sozinho  ou que está simplesmente em baixo);
14. Ame. Não há nada mais poderoso e reconfortante no mundo do que o amor, especialmente quando é genuinamente dirigido a outra pessoa em forma de simpatia, carinho, um sorriso, um abraço, beijo ou tempo de qualidade.

Atreva-se a ajudar alguém. Vai fazer de si uma pessoa muito mais feliz.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Agenda para 2013

Hoje vou falar-vos sobre agendas.

Apesar de dominar bem as novas tecnologias, ainda não me rendi totalmente à agenda online do google. É claro que, no trabalho, a uso e a partilho com os meus superiores. No entanto, não dispenso a minha agenda em papel.

Normalmente tinha uma agenda onde anotava todos os meus compromissos pessoais e profissionais. Ainda assim, este ano adotei um sistema mais personalizado, usando duas agendas:
a) Uma, a do trabalho, onde anoto os compromissos profissionais;
b) Outra, mais personalizada, toda feita por mim, em tamanho A4, em dossier com argolas. Nesta, com uma página para cada dia, anoto todos os meus compromissos pessoais e profissionais, desde o momento em que me levanto até ao momento em que me deito.

Em 2013, pretendo usar um sistema idêntico, apenas com a seguinte diferença: na agenda pessoal, apenas vou registar os meus afazeres pessoais e na agenda do trabalho, irei registar apenas os compromissos de trabalho. Esta última já está a ser usada, pois já tenho compromissos profissionais agendados. A agenda personalizada está quase pronta.

Com esta distinção, estou a tentar não misturar os assuntos, pessoal e profissional, e a evitar levar trabalho para casa. Vamos ver se consigo.
Além disso, ainda tenho este bloco de notas que me acompanha sempre.


E você, já pensou na agenda para 2013?




segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Ementa da semana

Para esta semana, a ementa será a seguinte:

2ª feira:
Almoço - Creme de legumes, almôndegas com esparguete, salada mista e fruta.
Jantar - Creme de legumes, lombos de pescada com batata e salada, fruta.


3ª feira:
Almoço - Caldo verde, arroz de carne e salsichas, salada, fruta.
Jantar - Creme de alho francês, febras grelhadas com esparguete colorido, salada mista e fruta.


4ª feira:
Almoço - Sopa de feijão verde, feijão frade com bacalhau, salada mista e fruta.
Jantar - Sopa de feijão verde, bife de frango com arroz primavera,  com legumes cozidos e fruta.


5ª feira:
Almoço - Sopa de espinafres, douradinhos com arroz de ervilhas, salada mista e fruta.
Jantar - Festa de anos: salgadinhos, frango de churrasco, doces.


6ª feira:
Almoço - Creme de legumes, bifes com cogumelos, salada mista e fruta.
Jantar - Creme de legumes, souflé de peixe, salada e fruta.


Sábado
Almoço - Creme de cenoura, chocos grelhados, batata cozida, salada mista e fruta.
Jantar - Creme de cenoura, frango assado com arroz, salada e fruta.


Domingo
Almoço - Creme de marisco,escalopes de perú com massa colorida, salada mista e fruta.
Jantar - Sopa de legumes, sobras ou tarte de carne, salada e fruta.

Bom  apetite!


domingo, 9 de dezembro de 2012

Repense a sua rotina

Querida leitora:

Hoje vou falar-vos, uma vez mais, de um tema que, para mim, é extremamente importante: a dedicação ao trabalho.
Não me considero nem mais nem menos trabalhadora que os outros. Mas acho que, muitas vezes, dou por mim a trazer trabalho para casa, a trabalhar na hora do almoço, a não lanchar para concluir um trabalho, a sair mais tarde por causa de um assunto que está pendente, a aceitar tarefas mesmo sabendo que fico sobrecarregada, etc. E como eu, muitas outras pessoas o fazem. 

Este é um problema com o qual me tenho debatido anos e anos sem ter conseguido curar-me, se assim se pode dizer.

E você? a sua dedicação ao trabalho é excessiva? 
Se tem dúvidas, analise o seu comportamento.
  1. Você leva sempre trabalho para casa?
  2. Aceita mais tarefas, mesmo sabendo que ficará sobrecarregada?
  3. Já deixou de comparecer a eventos importantes para realizar um trabalho?

Se sim, então você pode ser um workaholics e, a qualquer momento, pode ver a sua vida pessoal desmoronar.
Faça uma auto-análise e avalie se não há exageros (é o que estou a fazer!). As pessoas que ama vão reclamar e você não vai gostar nada. A sua qualidade de vida ficará prejudicada e até mesmo a sua saúde.
Não existe um tratamento específico, mas sim uma mudança de hábito, que resultará de uma reflexão.

  1. Separe os momentos de trabalho e a sua vida pessoal. Por mais que goste do seu trabalho, imponha limites.
  2. Não ocupe o seu horário de almoço com reuniões e muito menos substitua as refeições por lanches rápidos para ganhar tempo. 
  3. Entenda que, se não houver equilíbrio, em determinado momento a sua saúde e felicidade estarão comprometidas.
  4. Repense a sua rotina e equilibre os seus horários.

sábado, 8 de dezembro de 2012

De manhã é que se começa o dia

Queridas leitoras, bom dia!

Como é de manhã que se começa o dia, cá estou eu, bem acordada, bem fresquinha, com vontade para trabalhar (em casa, claro!) .
O pequeno almoço já está tomado, já fiz uma pequena leitura pelos jornais, revi a minha lista de tarefas para hoje e lá vou eu dar início a mais um dia, que eu espero ser bastante produtivo (se eu conseguir fazer tudo o que tenho programado, é produtivo com toda a certeza!)

Bom fim de semana !



sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Levantar cedo - suas vantagens

Acordar cedo por iniciativa própria pode ser um hábito difícil de criar, mas ganhar algum tempo a mais nas suas manhãs pode fazer toda a diferença para a sua produtividade e qualidade de vida.


Existem várias técnicas que se podem aplicar para sofrer menos ao pular da cama mais cedo.




Eis algumas delas:

  1. Tenha um objetivo e convença-se a si mesmo. Alguns possíveis objetivos: ter mais tempo para se arranjar; fazer exercício, trabalhar em casa, tomar um pequeno almoço completo e saudável, ler o jornal, atualizar o site/blog, fazer uma caminhada, conviver com a família. Pense nas causas tanto na hora de levantar como na hora de deitar, para ajudar a criar a tal motivação. Pense também nas consequências de tudo isto.
  2. Seja produtivo/a com o tempo extra.
  3. Pense antes nas desculpas e ignore-as. Quando o despertador tocar não pense em desculpas do tipo "descansar é saudável", "posso deixar para amanhã", "está frio". Pense nelas antes e prepare-se para as ignorar.
  4. Levante-se da cama imediatamente. Nada de "só mais 10 minutos", que levam a só mais 15, 20, e lá se foi a manhã. Discipline-se para sair da cama imediatamente.
  5. Durma! Deite-se cedo, com os seus problemas resolvidos para, assim, poder dormir melhor.
  6. Facilite o processo de acordar. Deixe tudo preparado para a manhã seguinte: roupa escolhida, mesa posta para o pequeno almoço, etc.
  7. Tenha alguma recompensa. Se o seu objetivo em acordar cedo for uma obrigação, ofereça a si própria alguma recompensa: a oportunidade de tomar um pequeno almoço um pouco mais cuidado, um banho mais longo, ler o jornal antes de sair de casa, etc.
USE A CRIATIVIDADE. MANTER-SE MOTIVADO É UM BOM INVESTIMENTO. NÃO DUVIDE!

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Dez obstáculos à Felicidade

O conceito de felicidade varia de pessoa para pessoa.

Eis dez possíveis obstáculos à felicidade:
  1. Não aceitar o que tem;
  2. Preocupar-se mais com os outros que consigo própria;
  3. Não gostar de si próprio e não gostar dos outros;
  4. Ser conflituoso(a);
  5. Os meus erros são explicáveis e dos outros são imperdoáveis;
  6. Inveja pelo que não tem e culpa pelo que tem;
  7. Arrependimento e/ou vergonha por coisas que já passaram há muito tempo;
  8. Preocupação pelo que não vai acontecer (pessimismo);
  9. Perfeccionismo;
  10. Querer fazer mais do que aquilo que está ao seu alcance.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Ementa da semana

Queridas leitoras:

Há muito tempo que não publico a ementa da semana.
Esta semana, e um pouco influenciada pela onda de poupança que nos contagia, resolvi preparar o menu com base nas sugestões da Proteste, e adaptando-o um pouco às preferências cá de casa. Somos quatro à mesa todos os dias.
Programei apenas almoços e jantares.


2ª feira:
Almoço - Creme de legumes, frango estufado com esparguete, salada mista e fruta.
Jantar - Caldo verde, Roti assado com arroz branco,salada e fruta.


3ª feira:
Almoço - Caldo verde, salada russa com atum e ovo,  fruta.
Jantar - Creme de alho francês, costeleta de porco grelhada com arroz, salada mista e fruta.


4ª feira:
Almoço - Sopa de feijão verde, lombo assado com batatas, salada mista e fruta.
Jantar - Sopa de feijão verde, lombos de pescada  com legumes cozidos e fruta.


5ª feira:
Almoço - Sopa de espinafres, febras grelhadas com arroz de cenoura, salada mista e fruta.
Jantar - Sopa de espinafres , salmão grelhado com batata, legumes cozidos e fruta.


6ª feira:
Almoço - Creme de legumes, empadão de carne, salada mista e fruta.
Jantar - Creme de legumes, pescada cozida com batata, legumes cozidos e fruta.


Sábado
Almoço - Creme de cenoura, Bacalhau com batatas, salada mista e fruta.
Jantar - Creme de cenoura, arroz de salsichas com cenouras e ervilhas, salada e fruta.


Domingo
Almoço - Canja de galinha, Frango de churrasco, salada mista e fruta.
Jantar - Sopa de legumes, omelete de atum com arroz branco, salada e fruta.

Bom  apetite!





sábado, 1 de dezembro de 2012

Dezembro chegou, finalmente!

Queridas leitoras:

 

Adoro o mês de dezembro. 






Apesar de ser um mês muito frio, significa muito para mim, por várias razões:

  • Fui mãe pela primeira vez em dezembro, e pela segunda vez também!
  • A lareira está sempre acesa e eu adoro!
  • É um mês que reune mais a família num só espaço da casa, sobretudo agora que temos de poupar.
  • Decoramos a casa de forma diferente, com os enfeites de natal, com velas, luzes e fitas.
  • Os doces de natal são deliciosos.
  • Normalmente, tenho uns dias para descansar no final do ano.
Este ano, apesar da crise, não penso viver o natal de forma diferente, até porque, cá em casa, nunca fomos de extravagâncias.

Presentes? Não estou a pensar comprar muitos, nem nada muito caro. A vida está difícil para todos.

Em resumo, chegámos a um dos meus meses preferidos.

Vou tentar vivê-lo da melhor forma possível, com a família e, principalmente, com as pessoas mais importantes da minha vida: as minhas filhas, o meu marido e os meus pais. Sem elas, a minha vida não fazia sentido.