domingo, 30 de setembro de 2012

Decoração cá de casa

A nossa casa é sempre linda, seja ela mais ou menos moderna. Até a casinha mais modesta pode ser lindíssima, desde que esteja sempre limpa e arrumada. Não concordam?
A minha casa já tens uns anos, 24 para ser mais precisa e, portanto, não é uma casa de grandes modernidades. 
Embora já a tenha renovado, tentei sempre manter um estilo clássico. Simples e ao mesmo tempo clássico.
Hoje vou partilhar convosco alguns dos meus recantos favoritos. 
Espero que gostem.


Um banco que convida à leitura, que eu adoro:







Com a vista do jardim...








A sala onde a família se reúne todos os dias:


A nossa cozinha, onde comemos todos juntos:


sábado, 29 de setembro de 2012

Bom fim de semana!

Passei apenas para desejar a todas as minhas leitoras um excelente fim de semana.

Sejam felizes!




sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Fim de semana à porta

O fim de semana está mesmo a chegar  e vem acompanhado. Traz a amiga chuva e o amigo frio.

Está na hora de pôr mais uma manta na cama e trocar o pijama por um mais quentinho.

Não vai haver saídas, pelo menos nada de programas. 

Este fim de semana vai ser todo dedicado à casa e à família. A casa até teve direito a este post.

As compras do mês já foram feitas na semana passada, por isso, não devo ter motivos para sair de casa.
Vai ser assim, se os planos não falharem:

  1. Limpar a casa, não só por dentro mas também os terraços e as varandas; SIM
  2. Arrumar as roupas (acho que chegou a altura de guardar de vez os vestidos de alcinhas e os tops de verão, para tristeza minha); SIM
  3. Fazer comida para congelar; SIM
  4. Fazer as refeições todas do fim de semana; Quase todas...
  5. Ajudar a filhota nos trabalhos de casa; Não foi preciso...
  6. Ler e escrever (planificar o mês de outubro); SIM
  7. Namorar;SIM
  8. Ver televisão (cada vez gosto menos...); Quase nada mesmo...
  9. Fazer um lanche diferente para a família; Um bolinho de iogurte de pêssego e chá. Delicioso!
  10. SER FELIZ. Estou a fazer por isso!

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Encare a vida com um sorriso


Ainda na mesma linha do tema sobre o qual me propus escrever esta semana, a vida, o post de hoje pretende ser mais um incentivo para encarar a vida da melhor forma possível, seja ela mais ou menos agradável.
E a forma que eu acho como a melhor para se encarar a vida é com um sorriso. 

Com um sorriso podemos mover e ganhar muitas coisas. Não um sorriso hipócrita, pois esse reconhece-se à distância e o seu efeito é precisamente o contrário.
O sorriso deve ser sincero, do coração.
É claro que muitas vezes temos mais vontade de chorar do que de rir, mas, para nosso bem, devemos encarar essas dificuldades com positivismo e sorrir. Sorrir para o outro e sorrir para nós próprios e termos a capacidade de rir de nós próprios. 

Sorria sempre! Só tem a ganhar...

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Dificuldades da vida...

A nossa vida está cheia de desafios, dificuldades, mas são essas dificuldades que dão sentido à vida. São elas que nos fazem batalhar para alcançar o que desejamos.
Por vezes, acontecem coisas na nossa vida que nós não conseguimos controlar; acontecem e pronto. A diferença está na forma como reagimos a essas coisas. Podemos ficar a lamentar-nos pelos acontecimentos, ou arregaçar as mangas e seguir em frente, ainda com mais garra e entusiasmo. A escolha é nossa, só nossa.


Por isso:
  • Não tenha medo de situações novas;
  • Tire proveito das dificuldades;
  • Não escute palavras de desânimo e dúvida;
  • Lembre-se que a solução está em si, sempre e só em si.



Termino com uma frase da autoria de Edilson Ramos:

"A nossa visão da vida determinará o nosso sucesso ou fracasso. Seja então dos que acreditam, se esforçam e vencem".

terça-feira, 25 de setembro de 2012

O poder da música

A música tem o poder de mudar o nosso estado de espírito.
A música clássica é a mais indicada para quem procura relaxar.




Após um longo dia de trabalho, experimente chegar a casa, deitar-se no sofá e ouvir uma música tranquilizante para acalmar a mente.
Eu adoro música clássica, mas nem toda.
Gosto muito de Bach.
E a minha querida leitora? 
Ouça aqui e diga-me o que achou.

Tolerar as diferenças



Não há duas pessoas iguais e, por isso, por vezes torna-se complicado gerir o nosso sentimento de raiva quando alguém age de maneira diferente da nossa numa determinada situação.

Não é fácil.

Como devemos agir?


Bem, em primeiro lugar temos de aprender a tolerar essa diferença.
Tu pensas assim, ele ou ela pensa de outra maneira, e outra pessoa pensa de outra maneira diferente. 
Tu até podes pensar que estás certa. Para ti, estás certíssima na tua forma de pensar e nos teus objetivos. Mas, tens de compreender que, como pessoas diferentes que são, essas têm objetivos de vida diferentes, temperamentos diferentes, idades diferentes, passados diferentes e portanto, não vão concordar contigo, de forma nenhuma. Chegam até a criticar-te. 
Isso mexe com a tua personalidade, não? Pois, a mim mexe, e de que maneira!
Por isso, o melhor que há a fazer, é continuares a ser quem és, sem esperares a concordância dos outros. 
Também não vale a pena tentares mudar a maneira de pensar dos outros. Mas acredita em ti e nas tuas capacidades. Não esperes elogios, mas não desesperes com as críticas. Qualquer crítica, seja ela qual for, pode servir para fortaleceres ainda mais a tua maneira de pensar.

Continua...

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Pensar na vida - 1


Há momentos na vida em nos sentimos mais tristes, melancólicos, ou então, sentimos uma parede à nossa volta, uma espécie de  bloqueio para os outros e para nós próprios.
Quando isso acontece, é sinal de que algo está mal e, por isso, é necessário mudar. 
Ou mudamos ou saímos do caminho. Mas será isso que nós queremos?
Nem sempre. 

Por isso, essa mudança tem de ser feita para que o bloqueio desapareça e a energia volte sem barreiras.
O bloqueio, quando prolongado, pode ser muito prejudicial. Não pode ser arrastado por muito tempo, para bem de todos.
Mudar nem sempre é bom, mas é melhor do que continuar como está. Dói deixar algo que nos faz sentir bem e é preciso coragem para o fazer, sair do conforto para que este não se torne um desconforto e uma limitação ao diálogo.

Os próximos dias serão de grande reflexão sobre a vida.

sábado, 22 de setembro de 2012

Chegou o outono

Diz o calendário que  hoje começa o outono.
Não gosto muito desta estação do ano, se bem que atualmente o tempo anda todo baralhado. Chove quando devia fazer sol e faz sol e calor quando já devia estar mais fresco.

Pois é, eu não gosto muito desta estação do ano precisamente porque o sol visita-nos menos e começam a cair as primeiras chuvas.

De há uns anos a esta parte a mudança de estação do ano não tem sido muito clara no que diz respeito ao tempo que se faz sentir. Tem estado calor, muito calor mesmo. No ano passado, se bem se recordam, pudemos fazer praia até outubro, como se fosse agosto. E eu toda contente, claro!
Dizem os meteorologistas que o tempo vai mudar e que amanhã chove. Será?
Por um lado, seria bom se chovesse. Talvez o tempo refrescasse... Mas espero que o sol não se esqueça de mim. Sem sol, sou uma pessoa diferente. Quem me conhece, sabe do que estou a falar.

E as minhas amigas, gostam do outono?


quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Planos para o fim de semana

Ainda não tem planos para o fim de semana?

Deixo aqui algumas sugestões:


Amanhã: Dia Internacional da Paz 








 
Sábado: "Noite Branca " na Baixa de Coimbra - mais informações aqui 

Até domingo: Encontros Mágicos - mais informações aqui




Divirta-se.
A vida não pode ser só trabalho.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Incentive os seu filhos a ler

Não é tarefa fácil. Quem tem filhos sabe do que estou a falar.
Os jovens hoje lêem pouco, passam muito tempo no computador a jogar ou a "conversar"nas redes sociais.
Mas, embora difícil, esta tarefa deve partir dos pais.
É desde pequeninos que os nossos filhos se devem habituar a ler. Mas como?
Eis algumas sugestões:
  1. Leia para os seus filhos (principalmente quando eles são pequeninos e ainda não sabem ler);
  2. Deixe que sejam os seus filhos a ler para si (quando eles aprenderam a ler, por exemplo);
  3. Incentive os filhos mais velhos a lerem para os mais novos;
  4. Tenha o hábito de ler. Os  filhos vêem os filhos fazem;
  5. Leia com os seus filhos. Partilhem leituras;
  6. Pode ser um livro, uma revista ou um jornal. O que interessa é que leiam;
  7. Incentive o seu filho a inscrever-se numa biblioteca, onde pode requisitar livros para levar para casa, assistir a sessões de leitura, ouvir música, fazer jogos ou outras atividades;
  8. Leia jornais diariamente (pode ser a versão online, pois fica mais barato) e recomende ao seu filho a leitura das primeiras páginas de todos os jornais que conhece. Peça-lhe para ver que notícias se repetem no mesmo dia. É um exercício engraçado.
Ler não é castigo, é prazer.

Ajude o seu filho a aprender estudar




Saber estudar é algo que se pode aprender. 
E, aqui, os pais podem ajudar, e muito.





E o que é os pais podem fazer para ajudar?


  1. Estarem atentos ao que se passa na escola, às matérias que estão a ser dadas na escola em cada disciplina e, sobretudo, às datas dos testes.
  2. Os pais devem entender que ajudar os filhos não é a fazer-lhes os trabalhos de casa, mas sim criar-lhes as condições físicas e emocionais que lhes permita estudar e aprender.
  3. Por isso, os pais devem organizar um local específico para os filhos estudarem, que deverá estar apetrechado com tudo o que eles necessitam. O ideal é que este espaço seja desprovido de qualquer estímulo auditivo e visual, se bem que há alunos que gostam de estudar ao som de uma música de fundo. Deste modo, não há distrações e a atenção e a concentração serão maiores.
  4. Os pais poderão ensinar aos filhos como, durante as aulas, poderão tirar notas e como estas poderão ser revistas com frequência. Deverão ensinar também a fazer resumos da matéria.
  5. Os pais poderão também ajudá-los a construir uma listagem dos pontos que vão sair em cada teste, o que vai fazer com que atempadamente preparem todos os temas.
  6. Os pais deverão incentivar os filhos a estudar sozinhos e não em grupo. Só no final do estudo, poderão rever a matéria com os colegas.
  7. Devem dizer aos filhos que é preferível dividir as matérias por temas e/ou capítulos e dividirem o estudo fazendo pausas entre cada tema/capítulo.
  8. Nas vésperas dos testes, os pais devem promover o bom ambiente em casa, e, se possível, ajudar os seus filhos a relaxarem.
  9. Não devem esquecer de, no final, elogiar os filhos. Eles adoram e sentem-se muito mais motivados.
  10. Por fim, os pais devem ensinar os filhos a serem otimistas, a terem uma atitude positiva perante a vida e a acreditarem neles próprios.


Tudo isto irá promover um aumento do rendimento escolar dos seus filhos.



Boa sorte!

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Alimentação em tempo de aulas

Alimentar-se bem é essencial.
Alimentar-se bem em tempo de aulas é ainda mais importante.
É essencial para que os alunos mantenham a energia ao longo de todo o dia e estejam atentos nas aulas. Em suma, é essencial para que obtenham bons resultados.
Mas como é que, nós pais, podemos contribuir para que os nossos filhos façam uma alimentação adequada?


  1. Bem, em primeiro lugar devemos obrigá-los a tomar o pequeno-almoço em casa, e quando falo em pequeno-almoço não estou a dizer que bastará beber um copo de leite a correr.. O pequeno-almoço, já o disse muitas vezes, deve ser completo e deve incluir alimentos variados: leite ou iogurte, pão ou cereais e fruta.
  2. Ao almoço deve insistir para que o seu filho coma na cantina, caso não possa ir comer a casa. Mesmo que não seja a comida mais saudável, é preferível a uma sandes ou um hambúrguer no MacDonalds. Além disso, fica mais barato.
  3. Assegure-se que o seu filho bebe água ao longo do dia. Esta também ajuda à concentração.
  4. Nunca será de mais lembrar que o seu filho deve levar um lanche para a manhã e outro para a tarde. Este deve ser composto por um iogurte ou um sumo e uma sandes, por exemplo.
  5. Não permita que o seu filho se encha de guloseimas todos os dias. Bastará um chocolate de vez em quando.
  6. Em casa, o jantar nunca deverá ser servido muito tarde. 
  7. Se o seu filho precisa de ficar a estudar até mais tarde, diga-lhe para fazer uma sexta refeição, que pode ser, por exemplo, um copo de leite.
  8. Tenha sempre em casa, comida saudável.

Se seguir estas recomendações, estará a contribuir para o rendimento escolar dos seus filhos.


segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Primeiro dia de aulas

Hoje foi o primeiro dia de aulas para cerca de dois milhões de alunos.
Do mais pequeninos aos mais crescidinhos, todos caminharam para a escola ou para a Universidade.
Sim, para a Universidade também. Hoje arrancaram as aulas também no ensino superior.
Para uns e para outros, este é sempre um dia diferente.



Embora as rotinas se tenham alterado, o dia cá em casa decorreu com muita tranquilidade.
Acordámos todos um pouco mais cedo, com boa disposição, tomamos o pequeno-almoço em família, com calma, arrumámos os quartos e ainda sobrou tempo para regar as plantas e dar de comer ao Tico (gatinho mimado).
A contar com o trânsito mais intenso, hoje saímos de casa meia hora mais cedo do que o habitual. E correu bem. Apesar de já haver muito trânsito àquela hora, conseguimos fugir por uma estrada alternativa, onde foi possível ganhar algum tempo.
A chegada à escola foi atempada, e claro que a filhota ainda teve muito tempo para estar com os colegas antes da primeira aula.
Foi um dia longo, com aulas das 8h30 às 17h, mas a filhota chegou junto de nós satisfeita. O reencontro com os colegas foi muito agradável e estava contente com os novos professores.
Claro está que, ao chegar a casa, estatelou-se no sofá, cansada, com mais vontade de dormir do que mexer um braço ou uma perna.Para quem estava habituada a levantar tarde e a fazer pouco, o dia de hoje foi muito cansativo. Também acredito!
Hoje vai para a cama ainda mais cedo, tenho a certeza. 
E as minhas queridas leitoras, também tiveram um dia calmo?

domingo, 16 de setembro de 2012

Início do ano letivo - novas rotinas

Amanhã começa oficialmente o ano letivo e, cá em casa, recomeça a rotina do tempo de aulas, este ano com algumas alterações.

Pois bem, para que esta primeira semana de aulas não seja um suplício para pais e filhos, seguem-se algumas sugestões.





Estas dicas não são novas  para os pais que já têm filhos em idade escolar há mais tempo, contudo esta primeira semana de aulas pode ser a primeira experiência para muitas mães e pais. É mais para esses que me dirijo hoje:
  1. Deve conversar com o seu filho e explicar-lhe que a mãe vai deixá-lo lá na escola para ele brincar com os colegas e aprender coisas novas para ensinar à mãe;
  2. Deve dizer-lhe que à tarde, quando a mãe sair do trabalho, vai buscá-lo e quer saber das novidades;
  3. Prepare a mochila com ele na véspera;
  4. Escolha, de véspera também,  a roupa que o seu filho vai vestir no dia  seguinte. Há quem escolha logo para a semana inteira. Acho fantástico! (Cá em casa, também já adotámos esse método, principalmente com a filha mais nova);
  5. Deitar cedo (o mais tardar 22 horas);
  6. Levantar cedo,  com tempo suficiente para fazer a higiene pessoal, tomar o pequeno-almoço, arrumar o quarto e conversar um bocadinho em família;
  7. Não se esqueça de lhe preparar os lanches para a manhã e para a tarde, para ele levar, isto no caso de estes não serem fornecidos pela escola;
  8. Deve dar atenção ao seu filho quando ele chegar da escola ansioso por contar as novidades. Escutar com muita atenção tudo o que ele lhe diz e a forma como diz é muito importante;
  9. Deve incentivá-lo a ser organizado, ajudando-o no início e aos poucos deixar que ele faça sozinho. Deve elogiá-lo.
  10. Se o seu filho já é crescidinho, deve ter algum cuidado. Nem muito protetora nem muito desligada. Devemos perguntar sempre como correu o dia, fazê-lo falar (algumas idades são terríveis, eles falam pouco, contam pouco sobre o que se passa na escola...) É preciso ter cuidado. (Cá em casa, aproveitamos para conversar na hora da refeição, momento de reunião da família).
  11. Devemos evitar que os filhos se isolem;
  12. Devemos participar nas atividades da escola (reuniões, conferências, palestras, etc.
 E muito, muito mais...
Esta semana será dedicada a este tema: Início de ano letivo - Rotinas.

sábado, 15 de setembro de 2012

Balanço da semana

Queridas leitoras

Então como foi a vossa semana? Conseguiram poupar um pouco mais? Já conseguem pensar antes de comprar? Já começaram a fazer o vosso mealheiro?

Pois bem, eu não poderia ter uma semana mais económica, nem mais controlada. 
  1. Sempre comidinha caseira!
  2. Consegui cumprir sempre os horários de baixo consumo, ligando as máquinas apenas nesse período. Passar a ferro só nesse horário também. É sempre tarde, mas paciência, é por uma boa causa. O bolso agradece.
  3. Lista de compras superorganizada e articulada com o menu semanal.
  4. Nada de extravagâncias. E até consegui engordar o meu mealheiro.
Espero que esta semana da poupança tenha sido útil também para vós, sobretudo as mais gastadoras e às que menos conseguem organizar as finanças.

Bom fim de semana.
Prometo voltar em breve, com um tema um pouco diferente. 
 

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Liberte-se do vício do consumo - Semana da Poupança (Cont.)

Quanto mais simples for a sua vida, maior consciência terá na aquisição de um produto novo e mais o irá estimar e valorizar.
Ao libertar-se do vício do consumo, passará a ter um consumo consciente. 
Deixará de comprar qualquer coisa apenas pelo prazer que lhe dá naquele momento e passará a comprar apenas aquilo que lhe faz falta e de que gosta muito. 
Passará certamente a querer comprar apenas produtos úteis e saudáveis, que não prejudiquem o ambiente nem a saúde.

Se é uma das pessoas que sofre desse vício, deve ter muito cuidado. Está na hora de se libertar e passar a ter uma vida mais simples e ser mais feliz.


Receitas económicas - Semana da Poupança (Cont.)

Apertar o cinto sim, mas com prudência.

De facto, é na alimentação que vai uma grande fatia do nosso orçamento, mas não podemos deixar de comer. Essa é uma realidade.

Entre muitas e muitas receitas que tenho pesquisado, eis um sítio que encontrei com receitas económicas, também aconselhadas a quem pretende perder peso. Vejam aqui.
Espero que gostem. Prometo divulgar mais receitas ao longo do dia.

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Poupar no supermercado - Dicas - Semana da Poupança (Cont.)

No início da semana referi uma dica de poupança, a de evitar ir ao supermercado, mas é claro que não podemos deixar de ir. O que que queria dizer é que devemos evitar ir todos os dias às compras, só porque nos esquecemos de alguma coisa no dia anterior.




Por isso, para que não surgem esquecimentos, nem compras supérfluas, eis algumas dicas:

  1. Antes de ir às compras faça uma lista com o que realmente precisa e tente comprar apenas os produtos que anotou;
  2. Vá com tempo às compras, de forma a poder comparar com calma os preços dos produtos;
  3. Não vá às compras com fome. Faça-o sempre a seguir às refeições. Se for com fome, há a tentação de comprar certos alimentos apetitosos e que não estavam no programa;
  4. Se puder, não leve as crianças às compras consigo, caso contrário vão tentar fazer com que traga mais produtos para casa e gastar mais dinheiro;
  5. Compare a relação preço/qualidade/quantidade. Requer tempo, mas é uma das melhores formas para poupar, já que nem sempre as embalagens maiores acabam por ficar mais baratas. 
Por agora é tudo. Boas compras e boas escolhas!



quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Poupe hoje para ter amanhã - Semana da Poupança (Cont.)

De que vale ter um bom emprego, com um bom ordenado no fim do mês, se não se souber controlar os gastos? É preciso ficarmos atentos à gestão das nossas finanças.

Poupar é um grande desafio para a maioria das pessoas, principalmente pela constante sedução consumista a que somos tentados diariamente. 


Somos inundados de propaganda  e promoções que nos empurram para compras impulsivas, sem nos darem tempo para pensar sobre a real necessidade daquele bem.
É essencial haver disciplina e determinação por parte das pessoas, caso queiram alcançar a independência financeira.
Não vou aqui falar em ficar rica, até porque, na minha maneira de ver, o conceito de riqueza  não está associado à quantidade de dinheiro que se tem. A riqueza, do meu ponto de vista, é medida pelo período que se consegue manter um determinado padrão de vida com o património que se tem. É conseguir manter isso toda a vida.

Vivemos num país hoje cada vez mais consumista e que, infelizmente, investe pouco na educação financeira. Pessoalmente, acho muito importante fazer contas à vida, fazer um planeamento financeiro. 

Saber fazer escolhas acertadas requer estudo, pesquisa. Escolher e separar aquilo que eu preciso, aquilo que eu quero, aquilo que eu não preciso e aquilo que eu não quero. Este é um exercício que devemos fazer hoje, se queremos ter amanhã. Se fizermos esse exercício, vamos poupar com toda a certeza.

Não interessa onde vamos aplicar as nossas poupanças. O importante é criar o hábito de poupar. O bolso agradece.


terça-feira, 11 de setembro de 2012

Como juntar alguns trocos - Semana da Poupança (Cont.)




Hoje vou deixar alguns conselhos não para poupar mas para juntar alguns trocos:





  1. Todos os dias, ao chegar a casa, coloque todas as moedas que tiver na carteira,  de 20 cêntimos ou inferior a esse valor, num boião de vidro;
  2. Outra opção é a de, a cada sexta-feira, colocar um pequeno montante (por exemplo 5 euros) no dito boião, como se fosse uma despesa que tivesse feito numa pequena extravagância.
  3. Se é fumador/a, pense seriamente em deixar de fumar. Eu imagino que seja uma decisão muito difícil, mas já pensou ver o dinheiro que habitualmente costuma gastar em tabaco, todo juntinho para si, para poder usar em bens de primeira necessidade, ou até numas férias relaxantes? Falo nisso, porque o tabaco é muito caro. Então seria um bom investimento deixar de fumar, já para não falar que passaria a ser muito mais saudável!


segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Semana da poupança

Depois de o nosso Primeiro-Ministro ter anunciado mais medidas de austeridade, na passada sexta-feira, milhares de famílias procuram a todo o custo apertar ainda mais o cinto. Mas será isso possível?
Tem mesmo que ser possível, caso contrário, o futuro não será nada agradável.
Há muito tempo que entrei em regime de poupança, não só por imposição do senhor primeiro-ministro mas porque é mesmo a minha maneira de ser. Reconheço que nem sempre sou rigorosa, e por vezes lá vai mais uma extravagância. 
Mas  esta semana decidi ser mesmo muito rigorosa com os gastos. 

  1. Nada de cafés fora, nem refeições sem serem as que confeciono em casa;
  2. Máquinas de lavar, a funcionar só depois das 22 h (aproveitar a tarifa bi-horária);
  3. Passar a ferro, apenas 2 vezes na semana, e sempre depois das 22h;
  4. Nada de deixar televisores ligados pela casa. Um bastará;
  5. À noite, desligar todos os aparelhos do modo standby;
  6. Ter o cuidado de desligar as luzes sempre;
  7. Fazer comida em maior quantidade para poder congelar em doses para 4 pessoas;
  8. Máquina do pão, usar o programador, de forma a ter pão quentinho pela manhã.
  9. Usar o aspirador o menos possível. Optar por usar primeiro o "franjinhas" e depois lavar com água e esfregona;
  10. Antes de passar a ferro, separar a roupa que é para passar e dobrá-la muito bem.
  11. Usar ferro a vapor sempre;
  12. Evitar ir ao supermercado;
  13. Etc.

Vamos lá poupar?
No poupar é que está o ganho...

Esta semana os meus posts serão inteiramente dedicados à poupança. Esteja atenta!



domingo, 9 de setembro de 2012

No aconchego do lar...


Morar numa vivenda é algo especial, mágico... é, para mim, um sentimento único. 
Remete-nos para os momentos mais gostosos que vivemos na nossa infância, à liberdade, à brincadeira, ao companheirismo, ao aconchego do "lar doce lar".

Nada melhor do que viver em paz e alegria, no  nosso aconchego, podermos receber os amigos no terraço e ao mesmo tempo podermos acompanhar os filhos que brincam com total liberdade e segurança "dentro" de casa.

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Ame-se!

É fim de semana. Que bom!
A todas as minhas queridas leitoras, que, tal como eu, têm de se desdobrar em múltiplos papéis (mãe, esposa, profissional, dona de casa, etc) ao longo do dia, deixo um conselho, muitas vezes esquecido. AME-SE!
Cuidado, antes de mais, com os excessos de trabalho. Faça uma boa gestão do tempo, de forma a poder reservar tempo para si, para cuidar da sua aparência. Relaxe. Divirta-se.
Para conseguirmos ser felizes com alguém é necessário que sejamos felizes connosco. 
Se não gostarmos de nós, como poderemos gostar de alguém?
Sinta-se feliz com o que é, com o que tem, com as suas qualidades e defeitos.
Cuide da sua imagem, tenha prazer em olhar para o espelho, admire-se. 
Aprenda a gostar de si primeiro para depois poder dedicar o amor a outra pessoa.

Se você não gostar de si, quem vai gostar? Pense nisso!

Bom fim de semana.

A importância do vestuário no local de trabalho




Queridas leitoras e queridos leitores

Hoje vou mesmo dedicar este post apenas às mulheres (que me desculpem os homens!).

A roupa de uma mulher dita um pouco o seu comportamento e, portanto, o seu local de trabalho deve ser um daqueles sítios onde mais cuidado deve ter com o seu vestuário.

O excesso de formalidade pode ser mal interpretado e o uso das últimas tendências da moda não lhe fica atrás.
Por isso, quando for trabalhar tenha em atenção todos os pormenores do seu visual. Não leve roupa demasiadamente sensual ou provocadora, mas também não é preciso ir tapada da cabeça aos pés.
Saiba vestir com classe, sem exageros. Consoante o local de trabalho, assim serão as exigências face ao vestuário. Há locais onde é exigido um fato completo e, outros, onde um pouco de formalidade é perfeitamente aceitável.
Muitos anéis,  brincos enormes e pulseiras grandes e barulhentas são uma péssima opção para ir trabalhar. E, então, juntos, nem se fala. Se aprecia este tipo de bijutaria, a alternativa é levar separadamente cada um deles e nunca ao mesmo tempo.

Se souber conjugar roupa discreta com clássica, sem contornos sedutores, com as restantes dicas aqui referidas, terá mais garantias do seu sucesso no local de trabalho. Pelo menos, a sua aparência está de certeza!

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Cinco dicas para tornar o seu dia de trabalho mais produtivo

  1. Dedique algum tempo a planear o seu dia;
  2. Comece o seu dia pelas atividades mais simples;
  3. Estabeleça metas;
  4. Concentre-se no trabalho;
  5. Deixe tudo encaminhado para o dia seguinte.
Arrumar a mesa antes de ir embora e deixar uma lista preparada com as atividades do dia seguinte, são dois hábitos que podem salvar o dia de amanhã no trabalho. Nem sempre é possível concluir todo o trabalho previsto para um dia, e se não controlamos estas situações, acabamos por nos transformar naqueles funcionários desleixados e procrastinadores. Além do mais, pensar no amanhã permite-nos ir para casa com a cabeça tranquila, certos de que nos lembraremos de fazer o que é necessário, evitando que a família seja bombardeada por um profissional stressado e descontrolado dentro de casa.
Bom trabalho.

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Laranja em canela


4 Doses
Tempo de Preparação: 10 Minutos
Tempo Total: 10 Minutos 
Preparação: Fácil

Ingredientes:
4 laranjas
2 colheres de sopa de sumo de laranja
2 colheres de sopa de sumo de limão
1 colher de sopa de açúcar
¼ colher de chá de canela em pó

Preparação:
Com a ajuda de uma faca afiada, descasque as laranjas e corte às rodelas. Disponha as rodelas em 4 pratos. Junte o sumo de limão e de laranja, o açúcar e a canela. Despeje o molho sobre as rodelas de laranja.
Informação Nutricional:
Por dose:
85 calorias
0 grs de gordura (0 gr. Saturada, 0 monoinsaturada)
0 mg de colesterol
21 grs de hidratos de carbono
1 grs de proteínas
3 grs de fibras
259 mg de sódio
150% Dose Diária Recomendada de vitamina C

A importância de ter uma despensa organizada

Ter uma despensa organizada é essencial e tem imensas vantagens (há até quem faça um inventário da despensa):

a) Na hora de fazer a lista de compras facilita imenso sabermos exatamente o que temos na despensa e o que falta;
b) Na hora de preparar a ementa da semana sabemos sempre que ingredientes temos disponíveis e podemos usar;
c) Podemos economizar dinheiro nas idas ao supermercado porque compramos apenas o que nos faz falta.




Cuidados a ter com a despensa:
a) Mantenha-a sempre limpa e organizada;
b) Coloque os produtos alimentares de um lado e os de limpeza de outro, se possível afastados e bem fechados para evitar contaminações;
c) Faça uma limpeza maior na véspera de ir às compras, verificando a datas de validade dos produtos.

Aconselha-se, ainda, a ter uma lista com os produtos que não devem faltar numa despensa e atualizá-la sempre que vai às compras (o ideal é que se vá uma vez por semana ou de quinze em quinze dias).

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Organize a sua vida



Não, não é nada fácil.
Mas com organização torna-se mais fácil. É sobre este assunto que pretendo falar-vos um pouco hoje.





O primeiro passo é fazer um pequeno planeamento para o ano inteiro. 
Há quem se guie por ano civil. Eu, pessoalmente, prefiro guiar-me por ano letivo, uma vez que tenho duas filhas a estudar e a nossa vida é organizada também em função dos horários delas.
Dizia eu há pouco que devemos fazer um plano, que deverá ser balanceado, ou seja, nem tudo para a família nem tudo para o trabalho. Não se esqueça de se incluir no planeamento.

Nessa agenda anual, devemos:

  • Definir as férias e folgas (nossas e do marido);
  • Registar as férias dos filhos;
  • Fazer um levantamento dos feriados prolongados em que a família poderá aproveitar para passear ou visitar família que está longe;
  • Etc.
Depois disso, deverá passar a organizar alguns compromissos mensais: consultas médicas, idas ao dentista, pagamentos, etc.
Após organizar os compromissos mensais, deverá organizar a semana.

A semana inclui:
  • Compras no supermercado;
  • Horários escolares dos filhos;
  • Horários do trabalho;
  • Horários do marido;
  • Limpeza da casa;
  • Cuidado das roupas;
  • Etc.
Uma dica importante: Para quem tem medo de se esquecer de alguma coisa, aconselha-se que, na noite anterior, marque tudo o que é importante e prioritário. E não se esqueça de incluir pausas para o descanso, ou simplesmente para cuidar de si. Ir ao cabeleireiro, à esteticista, por exemplo, etc.
Não adianta pôr de lado a vida pessoal, pois ela é o reflexo da sua vida profissional. Ou seja, não adianta dedicar-se ao trabalho se estiver cansada com a cabeça cheia de problemas e afazeres familiares. Assim não vai ser produtiva, com toda a certeza.

Quando estiver em casa, dedique-se à casa. Nada de tratar de assuntos profissionais no período de descanso. A hora de lazer é a hora de ficar em casa com a família.
Quando estiver no trabalho, dedique-se inteiramente ao trabalho.
Por isso mesmo é que é muito importante um planeamento para não deixar nada atrapalhar as tarefas e assim poder desfrutar bem todos os momentos.
Com estas pequenas dicas será mais fácil encontrar um método próprio de organizar a sua vida familiar e poder conviver em harmonia com a sua família e com o trabalho.

Acha que não consegue? 
Tente!Sem tentar não consegue saber!

sábado, 1 de setembro de 2012

Objetivos para o mês de setembro


O fim de semana chegou e mais um mês começou.
Agora que as férias já acabaram, está na hora de definir objetivos para o mês de setembro.

São os seguintes:
  1. Dar continuidade ao meu projeto de cultivo de ervas aromáticas. Já semeei salsa e coentros, mas pretendo alargar a minha horta caseira;
  2. Reorganizar o sótão, sobretudo o escritório das filhotas e a zona das roupas;
  3. Arrumar a zona do calçado na lavandaria (comprar uma sapateira vertical em tecido, com fecho);
  4. Dar um passeio todos os domingos com a família;
  5. Gerir todas as rotinas domésticas de forma a que o domingo seja um dia completamente livre;
  6. Ler;
  7. Namorar;
  8. SER FELIZ.
  9. ....

Estes são apenas alguns objetivos que pretendo concretizar para além de todo o trabalho  diário que há a fazer e que nem é preciso referir... (rotinas habituais).

Por agora é tudo. 
Bom fim de semana e bom início de mês.