domingo, 24 de maio de 2015

Estou de volta!

Depois de uns dias de ausência, estou de volta. Não prometo escrever todos os dias, mas vou tentar visitar-vos com alguma frequência.
O mês de maio tem passado tão depressa que nem tenho dado conta! Passou mais depressa do que eu queria...
A rotina alterou-se uma vez mais...nada de grave, mas tem mexido comigo. Alguma ansiedade tem tomado conta de mim, apesar de ter recebido todo o apoio familiar.
Trabalho, casa, viagens-relâmpago, compromissos familiares e profissionais, têm-me ocupado o tempo todo, restando muito pouco tempo para o lazer.  
O dia começa bem cedo e termina muito tarde.
De vez em quando existem alguns contratempos. 
Melhores dias virão.
Como sou uma pessoa otimista, estou uma vez mais confiante e acreditar num futuro melhor.




quarta-feira, 13 de maio de 2015

Ao ar livre...que bem que sabe!

Estou a referir-me ao exercício físico, claro!
Nada melhor do que, depois de um dia de trabalho, trocar os sapatos pelas sapatilhas, e o fato mais clássico pelas leggins e t-shirt e caminhar.
Caminhar é talvez dos melhores exercícios ao ar livre. Jogar futebol, ténis, basquetebol, ou outra modalidade desportiva também é agradável, para quem aprecia, naturalmente.
Eu sou mais das caminhadas.



Outro exercício físico ao ar livre, este mais arrojado, é mesmo trabalhar na terra. Cultivar a terra é muito saudável e produtivo.
Para quem tem esse prazer, sabe bem do que falo.

Nesta altura do ano, o ginásio fechado não me seduz mesmo nada, principalmente porque já estou fechada a maior parte do dia.
Ar livre, ar puro, ar saudável...



terça-feira, 12 de maio de 2015

Da vida saudável...

O que se entende por vida saudável?

Praticar uma vida saudável não tem apenas a ver com alimentação ou com exercício físico. É muito mais que isso!

Praticar uma vida saudável é ter bons hábitos, é realizar boas ações, é ser solidário, é ser compreensivo, é ser verdadeiro, ser educado, ser humano, ser fiel, ser trabalhador, ser poupado nas despesas, é viver livre de vícios, é no fundo levar uma vida no sentido da construção e não da destruição, de si e dos outros.

Infelizmente hoje, cada vez mais, contracenamos com pessoas que praticam uma vida tão pouco saudável...

Talvez por isso, o país está como está!

15 minutos preciosos

Hoje vou falar particularmente para as mulheres que são simultaneamente mães, esposas, donas de casa, profissionais, cuidadoras dos pais, e muito muito mais...
São muitos os papeis que estas mulheres desempenham num só dia.
Com tudo o que estas atividades exigem, pouco tempo resta para cuidarem de si, do seu bem-estar, interior e físico.
Por isso, e porque também sou uma dessas mulheres, vou partilhar convosco um desafio.
Em primeiro lugar, o bom-humor e o bem-estar são estados que precisam de ser cultivados, isto é, exigem cuidados que devem passar pelas atitudes, pelas posturas na vida e pelas decisões que tomamos no dia-a-dia.
O desafio que hoje vou lançar é o seguinte:
Comece por dedicar, religiosamente e de forma comprometida, pelo menos 15 minutos todos os dias para se dedicar a algo que lhe dê prazer e que lhe traga bem-estar.

Eis alguns exemplos:
  • Dedicar um momento para ficar tranquila a cuidar das suas plantas;
  • Ouvir músicas alegres e ritmadas, a caminho do trabalho;
  • Ler calmamente meia dúzia de páginas do seu livro favorito;
  • Fazer uma massagem aos pés, no final do dia;
  • Tomar calmamente um lanche especial;
  • Tomar um café com uma amiga, no fim do trabalho;

Faça a sua própria lista, acrescente a cada dia algo especial e que lhe dê prazer.
Faça isso de forma comprometida, todos os dias, e verá que ao fim de algum tempo já não passa sem esses 15 minutos preciosos.
Esses 15 minutos vão fazer toda a diferença no seu bom humor e no seu bem-estar.


Vamos lá tentar?

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Gestão do tempo: Pagamentos

Todos nós temos pagamentos para fazer mensalmente, desde água, luz, telefone, internet, infantários, rendas de casa, etc.
Há quem opte por  fazer esses pagamentos por débito direto. Não deixo de dizer que se poupa imenso tempo com esse método, mas eu, pessoalmente, prefiro fazer o pagamento depois de receber a fatura, sobretudo nas despesas variáveis mensalmente. Não gosto muito de surpresas desagradáveis e, portanto, se eu acho que a fatura está errada, não pago enquanto o erro não for corrigido. Estou a falar nisto, porque, infelizmente, essa situação já me aconteceu (e com certeza a muitos dos meus leitores).
Gosto de pagar através da caixa-direta. Faço o pagamento e vejo logo com que dinheiro fico disponível. Temos de ir controlando as despesas, não vá o dinheiro faltar para o que é essencial.
Para não perder muito tempo, escolho um dia na semana para me dedicar a essa tarefa, normalmente à sexta-feira à noite.
E os meus leitores, como fazem?


quarta-feira, 6 de maio de 2015

Gestão do tempo: no trabalho

Nem sempre é fácil fazer uma boa gestão do tempo no trabalho, principalmente quando o nosso trabalho não depende só de nós.
Ainda assim, existem formas de nos organizarmos e aproveitarmos bem o tempo, evitando desperdícios ao longo do dia. Quer trabalhe por conta própria, quer por conta de outrem, existem tarefas que pode agrupar:
1.Ver todo o correio;
2. Responder a emails (eu sou da opinião que todo o email deve ter uma resposta imediata, nem que seja para dizer que estamos a tratar do assunto e que responderemos logo que possível, caso não seja possível fazê-lo logo); 
3. Fazer fotocópias e digitalizar documentos;
4. Arquivar papeladas;
5. Fazer telefonemas;
6. Preparar reuniões (resumos, atas, documentação, etc)
7. Se tiver que se deslocar a outro serviço para levar um documento, aproveite para tratar de outro assunto na mesma zona (por vezes existem serviços diferentes no mesmo piso...)

Além de agrupar as tarefas ao longo do dia, há uma coisa que não devemos esquecer nunca: a planificação do dia. E essa deve ser a primeira coisa a fazer assim que chegar ao trabalho ou então na véspera.
Pessoalmente gosto mais de planificar o dia logo de manhã, normalmente depois de ver o correio.
Para aproveitar ainda melhor o dia, não devemos desperdiçá-lo a conversar com o vizinho do lado. O tempo foge e o trabalho acumula... Não quer dizer que não possamos fazer umas pausas ao longo do dia, mas nada de exageros.
Para terminar o dia com a sensação de um dia produtivo, evite planear apenas para um dia uma tarefa demasiado complexa. Neste caso, divida essa tarefa em pequenas partes. Só assim, terá a sensação de estar a evoluir no trabalho.
E acredite, o céu e a terra não se fizeram num dia.

terça-feira, 5 de maio de 2015

Gestão do tempo: Preparação das refeições

Em casa e no trabalho sabe sempre bem a comidinha caseira, mas nem sempre há tempo para a fazer. O mais prático é ir comer fora ou ir comprar já feito. Mas isso, para além de ficar mais caro, não é tão saudável.
Pois bem, para evitar esse tipo de situações, nada melhor do que programar antecipadamente todas as refeições da semana, principalmente os almoços e jantares.
Para isso,  é necessário ter sempre os ingredientes em casa. Mais uma vez, a planificação é muito importante. 
No fim de semana dedique algum tempo a programar as refeições, a fazer as compras e a confecionar alguns pratos para congelar. Acredite, não está a perder mas sim a ganhar um precioso tempo.

  1. Asse carne em maior quantidade e congele-a em doses menores; 
  2. Faça sopa que dê para mais do que uma dia;
  3. Coza legumes e reserve no frigorífico;
  4. A alface para a salada pode ficar já lavada e pronta a temperar. No frigorífico aguenta-se alguns dias com excelente aspeto.
  5. Etc...


Enfim, existem várias formas de adiantar algumas refeições e ganhar tempo na hora de as pôr na mesa.

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Gestão do tempo: Compras no supermercado

Esta semana vou escrever sobre gestão do tempo.
Parece simples, mas nem todas as pessoas fazem uma boa gestão do tempo.
Para o conseguirem, é essencial organização, planificação, priorização.
Existem ao longo do dia, da semana, e até do mês, tarefas que têm de ser feitas, mas umas são mais urgentes que outras, umas são mais rotineiras outras nem por isso.

Em casa:
Pagamento de bens e serviços
Compras no supermercado
Limpezas domésticas
Limpeza e tratamento das roupas e calçado
Preparação das refeições
Etc.

No trabalho:
Leitura do correio
Despacho do correio
Telefonemas
Reuniões
Outros despachos
Etc.


Na minha opinião, a melhor forma para não se perder muito tempo será agrupar algumas tarefas e programá-las.
O exemplo que vos deixo hoje tem a ver com as compras no supermercado. Não vá ao supermercado sempre que lhe falta alguma coisa. Estipule um dia na semana para o fazer e não se esqueça de levar uma lista de compras. Será muito mais rápida a execução desta tarefa. Mas este é apenas um exemplo.

Existem outros exemplos, mas sobre isso irei falar noutro dia.


domingo, 3 de maio de 2015

Maio - mês de mudanças

Não são mudanças radicais, serão apenas as suficientes para fazer alguma diferença. Diferença sobretudo para mim. 
Como objetivos dessas mudanças estão não só o meu bem-estar interior mas também o aumento da minha produtividade.
Pode parecer egoísmo da minha parte, mas é precisamente o contrário. Se eu estiver bem, os outros vão beneficiar com isso, em todos os aspetos, pessoais e profissionais.
Portanto, é a pensar em mim e, sobretudo nos outros, que vou tentar mudar algumas coisas na minha vida, nas minhas rotinas e na minha atitude perante a realidade.
Para começar, posso dizer-vos que a grande mudança vai mesmo ser na forma de aproveitar o tempo.
O tempo que passo em casa, com a família e o tempo que dedico ao trabalho. Este último é muito importante e, por isso, lhe dedico tantas horas do dia, não conseguindo desligar, muitas das vezes, quando fecho a porta do gabinete.
A mudança do mês de maio passa mesmo por aí. O trabalho vai ficar no trabalho.
A família está acima de qualquer prioridade. 
Muitas vezes damos conta disso quando já é tarde. Gostaria que isso não acontecesse comigo. Por isso, acho que está na hora de mudar. De repente pode ser tarde...