segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Casa arrumada em busca do sossego

Voltamos à normalidade. Casa pintada, reposição de tudo, decoração a caminho e, claro,muita organização.
É tão bom sentir que a casa está arrumada. Cada coisa tem o seu lugar...
Ao arrumarmos cada coisa, estamos numa busca constante do sossego. 
Se se consegue? Sim, sem dúvida!
Quando a casa está em desordem, com uns sapatos aqui, um saco acolá, umas chaves perdidas no sofá, umas moedas deixadas na bancada, uma revista caída no chão, enfim... uma enormidade de coisas fora do lugar, instala-se o caos. Começa o desassossego. Conhecem esta realidade? Pois, eu também.. Felizmente que as coisas estão a melhorar  e já todos adotamos hábitos de arrumação/organização. 
Se todos contribuírem é muito mais fácil. E no fim ficaremos todos os ganhar. 
Boa semana!

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Finalmente sexta-feira!

Esta semana está a ser mais difícil de passar (pelo menos para mim!).
Finalmente chegou a sexta-feira e, por agora, as obras lá em casa também terminaram.
Está na hora de colocar tudo no lugar de novo. Limpar, organizar, decorar, tudo o que gosto de fazer!
Vai ser um fim de semana de muito trabalho, está visto, mas vai valer a pena.
Casa remodelada vai dar com certeza mais alegria, mais paz, mais tranquilidade.
Na próxima semana voltarei com novidades... mas antes tenho de trabalhar (e muito!)
Bom fim de semana!

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Inspiração do dia... cozinhas modernas

Bem, esta semana deu-me para a decoração.
Hoje vou partilhar convosco algumas fotos de cozinhas moderníssimas e belíssimas (na minha opinião, claro!)




terça-feira, 25 de outubro de 2011

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

E quando a rotina se altera?

Por vezes somos obrigados a alterar a nossa rotina, aquela a que já estávamos tão habituados...
Obras em casa, obrigando a mudanças radicais; viagens mais demoradas devido às obras na ponte; alteração da meteorologia, obrigando a mudança radical no vestuário e no calçado... 
Enfim, um conjunto de situações que nos obriga a alterar completamente a rotina.
Temos de nos levantar mais cedo para não chegarmos tarde ao trabalho, por exemplo.
Temos de mudar a cama para outro espaço enquanto decorrem as obras em casa.
E mais, temos que guardar as sandálias, os vestidos finos e as camisas de manga curta, pois o verão desta vez é que  foi mesmo embora.
Semana de muitas mudanças e de novas rotinas.
Há que ver o lado positivo da situação. 
Na minha opinião, por vezes alterar a rotina pode tornar a nossa vida mais estimulante, na medida em que fazemos coisas diferentes todos os dias. Nem que seja apenas por uma semana...
Melhor ainda: no final da semana as obras estarão prontas e há que apreciar o resultado!

domingo, 23 de outubro de 2011

Comece a semana em alta

Nada de lamentações! Não há volta a dar, temos de ir trabalhar e ponto final.
Triste com isso? Não fique assim... Sabe que existem muitas pessoas de davam tudo para se levantar, nem que fosse de madrugada, para ir trabalhar?
Por isso, não fique triste. Pelo contrário, sorria e agradeça pela semana de trabalho que tem pela frente.
Não se esqueça de programar a sua semana e fazer dela uma semana produtiva.
E para começar a semana em alta, nada melhor do que ouvir uma música alegre ao acordar, tomar um duche perfumado, vestir uma roupa confortável e, claro, tomar um pequeno-almoço saudável. Não tem apetite de manhã? Experimente comer uma peça de fruta e uns cereais secos... há que não goste de leite (eu prefiro iogurte, por exemplo...). 
Mas, por favor, nunca saia de casa em jejum!



sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Inspiração do dia... Decoração de interiores e de exteriores

Como ando numa fase de remodelação da minha casa, com pintura incluída, não me canso de ver revistas de decoração.
Adoro tudo o que tem a ver com decoração de interiores e de exteriores. 
Como é óbvio, são as mulheres que mais se interessam pelo assunto, embora existam muitos homens que se interessam por esta atividade e fazem dela profissão.
Deixo-vos duas imagens inspiradoras...




Um terraço, que convida a sentar e tomar um café numa boa companhia...



E um lindíssimo quarto, aconchegante, clássico, romântico...


O estilo clássico-moderno é o meu preferido.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Diet e light - veja as diferenças no Rótulo dos Produtos


O rótulo nutricional dos produtos alimentícios deve apresentar informações como: nome do produto, lista de ingredientes em ordem decrescente de quantidade, conteúdo líquido (em gramas ou mililitros), medida caseira equivalente a porção, lote e prazo de validade, identificação da origem do produto, valor calórico, carboidratos, proteínas, gorduras totais, gorduras saturadas, gordura trans, colesterol, fibra alimentar, cálcio, ferro e sódio.
  • Light - São aqueles com redução de, no mínimo, 30% de caloria ou de algum outro nutriente, como o sódio por exemplo.

  • Diet - São aqueles nos quais há a eliminação de um ou mais ingredientes da fórmula original, que pode ser açúcar, gordura, sódio, proteínas  ou algum outro ingrediente. Não significa necessariamente que tenha menos calorias. Por isso, há muitos doces dietéticos que são ricos em gordura.

E fique a saber uma coisa: nem tudo o que é diet é light e nem tudo o que é light é diet.


Se o seu objetivo é perder peso, então  leia com atenção os rótulos dos alimentos e compare a quantidade de calorias dos produtos lights e diets com os convencionais. Não pense que pode comer o dobro do habitual por ser um alimento diet ou light!!!


Quem não repara no rótulo daquilo que põe no carrinho, corre o risco de ver o ponteiro da balança subir. Quem espantar a preguiça e der uma olhada nos rótulos dos alimentos com mais atenção pode ajudar a afastar males cardiovasculares, obesidade e outras doenças. Mas não basta ler, é preciso entender o que está ali impresso no rótulo para assim fazer a melhor escolha.


Da próxima vez que for às compras, não se esqueça: leia bem o rótulo e compare. Prefira os que têm menos calorias, menos gorduras e menos açúcares. Não se vai arrepender.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Filetes de peixe gato no forno


Ingredientes:
Filetes de peixe gato congelados
Mistura de legumes para saltear (com brócolos, pimento vermelho, feijão verde, cogumelos e cebola picada)
Salsa
Manjericão
Azeite
Sal


A Preparação:
Untar o fundo de um pirex com azeite e dispôr por cima os filetes ainda congelados. Espalhar por cima a mistura de legumes congelada, aromatizar com salsa e apenas um pouquinho de manjericão, regar com azeite e levar ao forno até os legumes se apresentarem lourinho e cozidos.
Servir com  arroz malandrinho de tomate, cenoura, aromatizado com um raminho de salsa.


Resultado: Excelente!

Como deixar o trabalho no trabalho?


Para muitas pessoas, como eu por exemplo,  as dificuldades em deixar o trabalho no trabalho são enormes, levando a carregar o peso diário para casa e, claro, com as consequências negativas que isso acarreta. Perdemos nós e perde a nossa família!

Mas com determinação e verdadeira vontade é possível gerir as tarefas e separar "as águas". Para começar, podemos seguir estes conselhos, que eu já estou a pôr em prática:

1.        Não leve trabalho para casa - deixe ficar tudo o que lhe diga respeito no seu devido lugar. A não ser que o seu local de trabalho seja a sua própria casa, mantenha o trabalho no seu "lugar";
2.        Desligue a tomada quando chegar a casa - depois de falar sobre o seu dia, se for esse o hábito, desligue a tomada do trabalho e ligue a da família, dos projetos familiares, da vida "privada";
3.        Tenha uma vida para onde ir após o trabalho - é muito importante termos algo que nos dê tanto prazer como trabalhar que não seja apenas "trabalhar". Além disso, a nossa família e amigos são a nossa vida e em muitos casos não estão diretamente relacionados com o trabalho. Olhe por essa vida;
4.        Desligue os pensamentos sobre o trabalho - poderá ser uma das tarefas mais difíceis, mas é fundamental para conseguir desligar a tomada. Determinação e esforço são essenciais;
5.        Arrume os seus problemas - embora possam manter-se quando voltarmos ao trabalho, por mais que pensemos neles, não vão desaparecer! Arrume-os numa gaveta mental e abra-a apenas quando voltar;
6.        Organize o dia seguinte antes de sair do trabalho - isto permite que mesmo que tenha assuntos pendentes para tratar, não os irá tratar em casa. Planear o trabalho, ajuda a libertar-nos quando estamos em casa;
7.        Crie um momento tampão ou de descompressão entre trabalho e casa - esta fase pode ser crucial para a "libertação". A transição do ambiente laboral para o ambiente familiar deve proporcionar a descontração necessária para nos libertar do "peso";
8.        Mude de roupa quando chegar a casa - mesmo que não use uma farda, troque. A roupa está associada ao que viveu nesse dia. O simples ato de a trocar ajuda, mentalmente, a libertar-se do tal "peso".

Não desespere se não conseguir logo nos primeiros dias. Só a perseverança aliada a uma forte determinação, com uma pitada de paciência, podem conduzir-nos ao sucesso - deixar o trabalho no trabalho.

Não se vai arrepender!

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Dia Mundial da Menopausa

18 de outubro
Dia Mundial da Menopausa

Não há uma idade específica para a Menopausa. Os sintomas também podem variar de mulher para mulher.


No entanto, podemos enumerar alguns dos primeiros sintomas:


1. Períodos menstruais irregulares, com intervalos de tempo cada vez maiores e de fluxos inconstantes.
2. Afrontamentos, por vezes acompanhados de suores.
3. Alterações no aspeto da pele, cabelo e unhas.
4. Irritabilidade e tendência para a depressão.
5. Dificuldade em dormir.
6. Possíveis dores de cabeça.
7. Aumento da vontade de urinar.
8. Diminuição do desejo sexual. 
9. Secura vaginal e possível dor durante o ato sexual.

A Menopausa não é uma doença, é apenas uma nova fase da vida da Mulher.

domingo, 16 de outubro de 2011

Menu da semana - 2

Segunda-feira 
Almoço: Sopa de legumes; Rancho à portuguesa; fruta.
Jantar: Sopa de legumes; Bacalhau com todos, fruta.


Terça-feira 
Almoço: (Fora de casa)
Jantar: Sopa de nabiças; Espetadas de perú com arroz de cenoura, legumes e salada; fruta.



Quarta-feira 
Almoço: Sopa de nabiças; Lombos de pescada no forno, salada de alface e tomate; fruta.
Jantar: Sopa de legumes; Costeletas grelhadas com esparguete colorido, salada de tomate; fruta.

Quinta-feira 
Almoço: (Fora de casa).
Jantar: Sopa de nabiças; Salada russa com atum; salada de fruta.



Sexta-feira 
Almoço: Sopa de nabiças; Filetes com molho verde e batata cozida, bróculos e salada de tomate; fruta.
Jantar: Sopa de feijão verde; Bifanas com arroz de feijão, salada de alface e tomate; gelatina de ananás.

Para sábado e domingo, decido na sexta-feira.

Boa semana!

sábado, 15 de outubro de 2011

Alimentação Saudável

16 de outubro: Dia Mundial da Alimentação


Amanhã é o Dia Mundial da Alimentação. 
E a propósito disso, alguém disse uma grande verdade:


“A alimentação saudável é o medicamento que tomamos todos os dias.”


Sem dúvida! Não podia estar mais de acordo.
A alimentação saudável é uma grande aliada para se viver mais e melhor.
Para termos uma alimentação saudável devemos seguir a pirâmide alimentar.
Se fizermos isso, além de controlar o peso estaremos bem nutridos e mais resistentes para enfrentar o dia a dia.

Arrumação de roupas

Digam lá que não têm saudades de usar as vossas roupas de inverno? e as botas?
Até eu, que adoro o verão, já ando um pouco cansada de tanto calor e com algumas saudades do inverno.
Mas atenção, não se apressem a arrumar as roupas de verão, sem antes terem alguns cuidados com elas:
Antes de arrumar a sua roupa de verão ou inverno, lave-a sem utilizar amaciador. De tempos a tempos deixe as gavetas e os armários ligeiramente abertos, para que circule ar. Pode espalhar alguns sabonetes por entre as roupas, para as manter perfumadas.
As roupas brancas que ficarão guardadas ou que sejam de pouco uso, devem ficar  envolvidas em papel ou pano azul para evitar que amareleçam com o tempo.
As roupas de cor, sem uso frequente,devem estar sempre cobertas.
Boas arrumações!

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Mais uma sexta-feira

Sim, sim, sexta-feira está mesmo a chegar. 
Já vos disse que é o meu dia favorito (tirando o domingo, claro!)?
De facto, não me canso de dizer que gosto das sextas-feiras.
A minha lista para amanhã  já está feita, como não podia deixar de ser... Estou ansiosa por começar a riscar cada uma das minhas tarefas.
Ultimamente o meu dia tem começado um pouco mais cedo do que o habitual e, portanto, começo logo a trabalhar. Em casa é a rotina do costume e no trabalho é a lista de tarefas que, como é normal numa sexta-feira, é grande e com espaços em branco para imprevistos (acontecem sempre!)
Espero chegar ao fim do dia com a sensação de "missão cumprida" para que o fim de semana saiba ainda melhor.
Bom fim de semana!

Planos para o fim de semana

Olá!
Pois é, estamos quase no fim de semana.
Já pensaram o que vão fazer?
Não se esqueçam de reservar um tempo para passear com a família!
Como continuamos com calor, estou a pensar dar uma voltinha pela praia talvez no domingo.
Por isso, já estou a antecipar todas as minhas tarefas de forma  ficar com o domingo livre para descansar e aproveitar o resto do verão.
E vocês, que estão a pensar fazer?



terça-feira, 11 de outubro de 2011

Poupe neste Natal

Sim, eu sei... ainda estamos longe do Natal. Mas quanto mais cedo começar a pensar, melhor! Pense em poupar este ano.

No Natal é normal a correria de loja em loja à procura do presente para o marido, para as filhas, para a mãe, para o pai, para a sogra, para a tia … e lá se vai o ordenado e até o subsídio!
Saiba como poupar nos presentes e desfrute do que realmente é o Natal!
  • Estabeleça um orçamento - Elabore uma lista com os nomes das pessoas que pretende presentear, dividindo-as em 2 grupos: crianças e adultos. Depois, tendo em conta a extensão dessa lista e o dinheiro que tem disponível para prendas, estabeleça um valor para adultos e outro para crianças
  • Corte no consumo - Só porque os seus melhores amigos vão oferecer uma prenda caríssima ao filho, não quer dizer que tenha de fazer o mesmo com o seu. E também não tem de comprar tudo aquilo que os miúdos escreveram na carta ao Pai Natal. Prefira o espírito natalício em vez do cartão de crédito e incuta esses valores nos seus filhos.
  • Troque prendas por promessas - Em vez de comprar presentes, ofereça aos seus pais um mês inteiro a fazer-lhes as compras, uma massagem e um jantar romântico por mês para ao seu companheiro. E comunique aos mesmos que também aceita esse tipo de prenda! Estes gestos podem ter mais importância na vida das pessoas do que um presente que, muitas vezes, no dia seguinte já colocaram a um canto.
  • Antecipe-se nas compras - Quanto mais cedo começar a comprar as prendas de Natal, mais tempo terá para procurar o presente ideal, com a melhor relação qualidade/preço.
  • Mealheiro de Natal - O ideal seria começar a fazer o seu mealheiro de Natal logo em Janeiro. Tendo em conta o que gastou neste Natal, faça uma estimativa para o próximo Natal e divida esse valor por 12: é esse o dinheiro que tem de pôr de parte todos os meses até ao final do ano. Assim, quando chegar a altura de comprar os presentes não terá de retirar do seu ordenado e de acabar o mês sem dinheiro.
  • Faça você! - Existem inúmeras ideias de prendas que pode fazer em casa: velas, bijutaria, um álbum, um caderno … as opções são infinitas e, acredite, os seus amigos ou familiares vão adorar porque perceberão o carinho com que as fez e, além do mais, estas serão exclusivas!

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Evite as compras por impulso

Para muitas pessoas, ir às compras é uma terapia. O facto de comprarem uma peça de roupa nova funciona como uma recompensa em relação a algo que não está a correr bem. O ego fica mais inchado e acabam por perder o controlo, gastando mais do que o aceitável. Depois quem paga é o orçamento familiar. 


Controle esse impulso consumista. Só devemos comprar algo se essa coisa nos está a fazer falta e não por impulso.
Não vai comprar um par de calças se tem 10 pares no armário. O mesmo se aplica ao calçado. Será necessário ter um par de sapatos para cada tipo de roupa? Nunca lhe aconteceu comprar uns sapatos, porque afinal até eram baratos, mas depois nem sequer os calçar porque não gostou da cor, ou do formato, ou porque magoam...Mesmo que tivessem custado 5 euros, esse dinheiro daria por exemplo para leite para uma semana, para toda a família!


Antes de ir às compras, experimente o seguinte:


1 – Quando sair para comprar algo, leve só o valor necessário para a sua compra. Deixe os cartões de débito e crédito em casa. Nunca se sabe se conseguirá resistir-lhes. Se optar por pagar com notas, sente o peso da responsabilidade e percebe mais facilmente quanto é que está a gastar.

2 – Se a primeira dica for completamente descabida para si, utilize os cartões de crédito e débito como forma de registo dos gastos. Guarde os talões. Vão ser necessários para que faça contas à vida. Use-os apenas como facilitadores de compra, não como crédito fácil.

3 – Quando tiver de gastar dinheiro na prenda de casamento do seu melhor amigo ou nas roupas do seu bebé recém-nascido, é natural que tenha vontade de comprar o melhor, mas isso pode colocá-lo numa situação muito delicada. A solução também aqui passa pelo auto-controlo. Evite ficar-se pela primeira opção. Esteja atento às promoções. Se procurar bem, consegue encontrar produtos bons e baratos. Se perceber que fez um bom negócio até vai sentir-se melhor psicologicamente.

4 – É importante que exercite a sua capacidade de controlar os gastos. Perceber a diferença entre consumir com responsabilidade e passar dos limites é um grande desafio. Tenha atitude, mude pelo seu bem-estar. Afinal, quem consegue cumprir os objetivos e o planeamento financeiro tem uma vida mais plena e feliz.



Espero ter ajudado a repensar nas despesas supérfluas que faz e a contribuir para que controle esse impulso.
Não se deixe dominar por esse impulso. Em vez de ver nas compras uma terapia, procure analisar bem os problemas que a afligem. Quem sabe, não é mesmo a falta de dinheiro?


domingo, 9 de outubro de 2011

Menu da semana - 1

Vou dar início a mais uma rubrica no meu blog, dedicada às refeições da semana, que, como já tive oportunidade de dizer, organizo todos os domingos. Desta forma, acreditem, a semana corre melhor, já que não temos de pensar todos os dias "o que há-de ser o almoço e/ou o jantar". É muito mais simples ir ver a lista e dizer: Bem, hoje o almoço é "Febras grelhadas com arroz de tomate e salada", por exemplo. Bem mais fácil.
Então, vou partilhar convosco a minha ementa desta semana:

Segunda-feira 
Almoço: Sopa de couve; Atum com feijão frade e ovos cozidos, bróculos e salada de tomate; fruta.
Jantar: Sopa de espinafres; Febras de porco grelhadas com arroz de tomate, salada de tomate; fruta.

Terça-feira 
Almoço: Sopa de espinafres; Almôndegas com arroz de tomate e salada; fruta.
Jantar: Sopa de nabiças; Bacalhau à Gomes de Sá, legumes e salada ; fruta.

Quarta-feira 
Almoço: Sopa de nabiças; Bifes de peru com massa colorida , bróculos e salada de tomate; fruta.
Jantar: Sopa de couve; Filetes de peixe com arroz de tomate, salada de tomate; fruta.

Quinta-feira 
Almoço: Sopa de couve; Lombos de pescada com batata cozida, bróculos e salada de tomate; fruta.
Jantar: Sopa de nabiças; Febras de porco grelhadas com arroz de tomate, salada de tomate; fruta.

Sexta-feira 
Almoço: Sopa de nabiças; Costeletas com feijão preto, bróculos e salada de tomate; fruta.
Jantar: Sopa de feijão verde; Carapau grelhado com batata cozida, salada de tomate; fruta.

Para o sábado e o domingo, normalmente penso na sexta-feira, dia em que vou às compras.

É assim que me organizo, em matéria de refeições.
E vocês, como fazem?

Regresso ao trabalho

Após alguns dias de descanso, muito sol e ar puro, sem horários para cumprir, eis que o regresso ao trabalho se aproxima. Para muitos a situação pode tornar-se deprimente, para outros o regresso ao trabalho pode significar uma maior dedicação, já com as ''baterias carregadas'', para novos projetos. 

Os dias passados na praia ou no campo, a visitar museus ou a conhecer uma nova região, ou a dedicar-se à família e à casa, como foi o meu caso, deixam sempre saudades e uma enorme vontade de ter mais alguns dias de férias. Mas, o regresso ao trabalho é inevitável. Por isso, o melhor que tem a fazer é consciencializar-se que após umas saborosas férias chega sempre a realidade do trabalho e da vida quotidiana.

O primeiro dia é o que custa mais. Os horários ainda são os das férias, a vontade de apanhar sol é maior que a de trabalhar e o trânsito e a confusão parecem estranhos.


Para tentar que este dia não seja tão penoso, a solução parece ser mudar de postura:

  • Ao acordar não tenha pensamentos negativos quanto ao regresso de trabalho. Pense antes que é parte integrante da vida e que só trabalhando é que tem férias;
  • Ao chegar ao emprego organize as tarefas que tem para fazer naquele dia;
  • Não esteja sempre a lamentar-se de que as férias acabaram e que estaria melhor a apanhar sol do que a trabalhar;
  • Durante o dia não esteja sempre a lembrar de como foi bom, mas acabou. Dessa forma torna-se impossível suportar o regresso ao trabalho;
  • Por fim, canalize todas as energias acumuladas durante as férias e empenhe-se a 100% nas tarefas que tem para fazer.

Se a sua postura de regresso ao trabalho não for positiva, nada lhe correrá como desejado. O seu humor alterado e a vontade constante de querer estar de novo em férias podem influenciar o seu trabalho. Consciencialize-se que tudo tem o seu tempo e agora é tempo de regressar ao trabalho!


Boa semana!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Fim-de-semana barato

Não é possível? Acreditem que sim.
Para muitas pessoas, quando se fala em ir passar um fim-de-semana aqui ou ali, pensam logo que vão gastar muito dinheiro e desistem logo à primeira.
Hoje vou dar-vos algumas dicas e mostrar-vos em como é possível passar um fim-de-semana, em família, num lugar lindo, sem gastar muito dinheiro. Só depende da mentalidade de cada um.
Ora vejam:

  1. Arranje alternativas ao automóvel. Se estiver a viajar dentro de Portugal, utilizar o seu próprio automóvel poderá revelar-se extremamente conveniente e confortável. No entanto, não poderá esquecer que tal conveniência terá um preço, preço esse que em nada o favorecerá, caso o seu intuito seja poupar. Em alternativa, pondere viajar de comboio ou autocarro, pois tal permitir-lhe-á poupar quantias bastante significativas.
  2. Prescinda de alojamentos sofisticados. Por mais aliciante que uma noite num bom hotel possa parecer, é possível tirar um bom usufruto das suas férias prescindindo desta pequena mordomia. Alternativas existem muitas, desde quintas, pensões, residências, ou até mesmo apartamentos, e muitas destas poderão ficar-lhe por um preço muito mais em conta do que um Hotel.
  3. Uma vez no local de destino, aproveite para exercitar as pernas, e prefira caminhar em vez de utilizar transportes. Muitas localidades podem fácil e rapidamente ser percorridas a pé, apesar da maioria das pessoas ainda assim insistir em recorrer a transportes, o que apenas contribui para umas férias mais caras. Assim sendo, e de forma a conseguir alcançar mais facilmente a possibilidade de usufruir de um fim-de-semana barato, evite sempre que possível recorrer a transportes.
  4. Diminua ao máximo o número de refeições em restaurantes. Óbvio que, uma ida a um bom restaurante é requisito quase que obrigatório em quaisquer férias, no entanto a frequência com que o faz pode e deve ser diminuída, sob forma de poupar o máximo possível. Como alternativa, se no local de alojamento tiver a oportunidade de cozinhar, poderá ainda assim conseguir produzir refeições bastante agradáveis para si e para a sua família, e com a vantagem de estar a poupar quantias bastante significativas de dinheiro.
  5. Poupe nas prendas. Vá para passear, não para se encher de compras. Uma lembracinha poderá sempre calhar bem, mas não se deixe levar por impulsos consumistas, uma vez que tal poderá encarecer algo que se poderia revelar até bastante acessível.
  6. Viaje para perto. Portugal tem muito para ver, e provavelmente, mais perto do que imagina, poderá ter a oportunidade de encontrar tudo aquilo que precisa para um fim-de-semana agradável.
Não está convencido? Experimente e verá!

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Obesidade

Hoje vou falar-vos de uma doença, que tem vindo a aumentar em Portugal e, infelizmente, a surgir cada vez mais cedo: Obesidade.

Esta é uma doença crónica, causada por uma série de fatores e representa um problema caracterizado por uma excessiva acumulação de gordura nos tecidos. Trata-se de um distúrbio que além dos problemas de natureza estética e psicológica, constitui um importante risco para a saúde, e quando não corrigido, danifica o coração e as artérias, o fígado e as articulações e o sistema endócrino.
Uma pessoa pode ser definida obesa quando o seu peso corpóreo supera a 20% do seu peso ideal.
A estabilidade do peso corpóreo nos indivíduos normais é garantida pelo equilíbrio entre a quantidade de calorias ingeridas com a dieta e a quantidade de calorias queimadas pelo organismo. Quando essa combinação se desequilibra e a quantidade de calorias ingeridas supera as calorias eliminadas, as calorias em excesso ficam acumuladas no tecido adiposo sob forma de gordura.
O stress pode elevar a pressão arterial. Por isso, procure enfrentar os problemas com tranquilidade, não se irrite à toa, a diversão é muito importante, O obeso deve reservar um tempo para fazer o que gosta, ficar com os amigos,  diversificar suas atividades físicas, de forma a cuidar da saúde física e mental.
Atividades físicas
A atividade física fortalece o organismo e juda a evitar várias doenças futuras. Praticando exercício físico regularmente vai garantir uma boa saúde e um corpo saudável.Uma boa dica é começar com uma atividade que dê prazer, andar, pedalar, nadar, dançar, futebol, basquete etc.
Alimentos
Quem tem tendência a engordar deve:
- Reeducar seus hábitos alimentares e fazer as refeições a horas certas. Quanto mais vazio o estômago estiver mais vontade de comer guloseimas a pessoa vai ter. 
- Comer mais frutas, verduras e legumes, eles são ricos em vitaminas e minerais, contribuindo para o bom funcionamento do corpo. 
- Deve saborear mais os alimentos, comendo devagar e mastigando bem. Procure comer sempre as quantidades necessárias, evitando numa refeição comer muito pouco e noutra comer em demasia.  Uma alimentação desequilibrada altera e muito o metabolismo. 
- Rebuçados, doces, bolachas recheadas são as chamadas "calorias vazias", não tem valor nutritivo e engordam. 
- Beber pelo menos 8 a 10 copos de água por dia. Além de hidratar o corpo, contribui para uma pele e cabelos mais saudáveis e bonitos. 
- Praticar exercício físico -  diminui a ansiedade de se alimentar constantemente.
- Evitar bebidas alcoólicas.
Reeducação alimentar
Preste atenção aos diferentes sinais que o seu corpo emite, como sinal de fome, de gula, sede, sono, cansaço, alegria, tristeza, etc. Tem que aprender a conhecer-se e comer para alimentar apenas o seu corpo. Não se inspire nos  outros, cada pessoa é única na forma de ser e de se alimentar também.  Você é dono de si próprio, comprometido com seus objetivos e não com os dos outros. Você não está de dieta, está a aprender a alimentar-se de forma correta, saudável, inteligente, prazerosa, ingerindo quantidades necessárias para o funcionamento do organismo, e não deixando de comer determinados alimentos. Uma reeducação alimentar é:  alimentar-se de forma consciente, equilibrada, em quantidades moderadas para vida inteira.
Se tem peso a mais, foque-se na sua saúde e repense os seus hábitos alimentares.
Bons hábitos alimentares = Mais Saúde 

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Descobrir Portugal - Passeios

Olá, cá estou eu de novo.
Estamos em véspera de feriado e, portanto, de um dia que poderão aproveitar para passear com a família.
Convido-vos a visitar algumas das maravilhosas Aldeias de Xisto de Portugal. Aqui bem perto de Coimbra, na Lousã, temos as Aldeias do  Candal, Cerdeira, Casal Novo, Chiqueiro e Talasnal. Lindas! Encantadoras! Paradisíacas! Vale a pena visitar...
Em Miranda do Corvo, temos a Aldeia de Xisto de Gondramaz. Simplesmente fantástica! Lugar, bem no alto da serra, onde só se ouvem os passarinhos. Não conhecem?  
Em Góis, também existem aldeias de Xisto que vale a pena descobrir.
Para mais informações visitem: www.aldeiasdoxisto.pt 
Deixo-vos estas sugestões, mas existem muitos outros locais, que gostariam certamente de descobrir. Portugal é lindo! Descubra-o!
Bom feriado.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Dê vida ao sótão da sua casa!

O sótão é, na maioria das vezes,  um armazém esquecido por excelência,   deixado ao abandono, servindo apenas para guardar caixas e outras coisas que já não se querem.
Pessoalmente adoro sótãos.  Por mais pequenos que sejam, têm para mim um encanto especial.
Há várias formas de os aproveitar e fazer deles um espaço de lazer ou de trabalho.
Se for um espaço amplo, podemos dividi-lo. E não é preciso gastar muito dinheiro para construir umas "paredes" multifuncionais. Uns cubos alinhados podem, por exemplo,  servir de divisória entre um "escritório" e um "atelier de pintura", ou entre uma "sala de estar" e um "espaço de estudo" dos mais novos. 
Podemos ainda usar um cantinho do sótão para construir um "closet"; e um outro cantinho reservado para a "leitura". Estantes em escadinha embelezam a parede, com livros organizados por autor, por assunto, ou simplesmente alinhados do maior ao mais pequeno. Um sofá e uma mesinha convidam à leitura. Podemos colocar uma música calma, para nos ajudar a relaxar.
E para as crianças pequenas, podemos ainda criar aí um espaço para elas brincarem: um quadro branco na parede para elas riscarem ou uma casinha de bonecas para entrarem no mundo da fantasia.
Há tanta coisa que se pode fazer num sótão! Para quê entulhá-lo de tralha que nunca vai servir?
Dê vida ao seu sótão!

sábado, 1 de outubro de 2011

Objetivos para o mês de outubro

Eu sei que todos os dias temos muitas coisas para fazer.
Mas existem sempre algumas, que não são rotineiras, e que dependem da vontade que nós temos de as fazer.
Normalmente defino os meus objetivos: semanais, mensais, anuais, um dia, etc.


Para este mês defini os seguintes objetivos:

  • Pintar a casa por dentro. (Metade está feito)
  • Envernizar a pedra que reveste a casa. (Feito!)
  • Tirar uma semana de férias para descansar um pouco. (Feito!)
  • Ir, pelo menos, dois dias à praia (aproveitar o calor que ainda faz!). (Feito)
  • Terminar de ler o livro "A Casa e o Mundo". (Faltam 20 páginas...)
E você, já definiu objetivos para este mês?