quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Objetivos para o mês de novembro

O mês de novembro é, por assim dizer,  o mês do frio e da chuva...
Como sabem, eu não gosto muito deste tempo. A melhor parte é mesmo a lareira.

Adoro estar à noite,  ao quentinho da lareira, com o «Tico» e com a família, a ler ou a conversar. 



Portanto, para este mês, os meus objetivos são pouco materialistas. Mesmo assim, não vou deixar de os enumerar. Então, neste mês, pretendo:

  • Comprar algumas roupas quentinhas para mim e para o resto da família;
  • Ser ainda mais organizada, principalmente nas papeladas;
  • No trabalho, continuar a fazer a planificação diária e segui-la sempre com rigor;
  • Reorganizar a biblioteca cá de casa;
  • Cozinhar vários pratos para congelar;
  • Ler ainda mais;
  • Namorar muito;
  • Estar, pelo menos, meia hora por dia com os pais, durante a semana;
  • Manter a casa limpa todos os dias e descansar ao fim de semana;
  • E mais, muito mais...

Para quem não conhece, apresento-vos o «Tico»:









E a minha querida leitora, já definiu os objetivos para o próximo mês?

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Ler é viver



Ler é viver e aprender....

Ler é o exercíco de ligação com o mundo...

Ler é viver e viajar.




Através da leitura podemos viajar por todo o lado. A leitura faz-nos viajar também nas ideias, nas emoções, nas tristezas e nas alegrias de cada personagem e ainda nos dá a oportunidade de pensar, de julgar, de acreditar, de sentir e de agir da maneira que desejarmos sem nos peocuparmos com o que os outros pensam.

Ler é fascinante!

«Quem foi, quem é Jesus Cristo?»


Caras leitoras e caros leitores

Não posso deixar de recomendar a leitura da obra  

Quem foi, quem é Jesus Cristo?



coordenada por uma pessoa que admiro muito, o Dr. Anselmo Borges.
Mais informações Aqui.

Boas leituras!

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Como aproveitar o tempo

Muitas pessoas queixam-se a toda a hora de falta de tempo. Chegam mesmo a dizer "Não tenho tempo para nada!" Eu própria já disse esta frase várias vezes.

Hoje não penso assim. Nós só não temos tempo se não quisermos. 


Então, como fazer para aproveitar o tempo? 

Eis algumas dicas que poderão ajudar.

  1. O tempo é dinheiro, portanto não o deve desperdiçar, nem agora nem nunca!
  2. Deve viver o hoje, a pensar no amanhã. Deve usar o tempo com o máximo de inteligência. Trabalhar; se possível, aprender várias "artes e ofícios"; cultivar boas amizades; preparar-se para o futuro.
  3. Deve aproveitar todo o tempo. Tenha sempre à mão um bom livro ou revista para ler, ou um bloco de anotações para escrever, enquanto viaja por exemplo ou espera por alguém. Se não for possível ler ou escrever, faça planos mentalmente, crie uma poesia, recorde o que aprendeu nas aulas do dia anterior, imagine uma declaração de amor...Aproveite o tempo!
  4. Cuidado com os ladrões do tempo: falta de ordem, de planeamento,  de método; livros, filmes ou programas de tv de baixa qualidade; dormir muito; falar de mais sobre assuntos sem importância. Não os deixe roubar o seu tempo!
  5. Economize tempo. Para quê viajar, se um telefonema pode resolver o problema? Seja breve, ágil, inteligente. É bom fazer um plano de como gastar o seu tempo. Primeiro, crie um orçamento básico para as suas despesas semanais do tempo. Faça uma lista cronológica das suas atividades rotineiras (higiene pessoal, estudo, trabalho, lazer, descanso, etc.) para cada dia da semana, determinando o horário e o tempo necessário aproximado para o desempenho de cada uma delas. Depois, à noite, especifique o plano correspondente ao dia seguinte, incluindo nele as atividades extraordinárias que for realizar, coisas como fazer compras, ir ao médico, Assim está a organizar-se e a ganhar tempo.
  6. Por fim, quando fizer o plano das suas atividades, deixe sempre algum tempo de reserva. Vinte ou trinta minutos . Pode surgir um imprevisto. Se o dia passar sem imprevistos, ótimo, ganhou vinte minutos que poderá usar da forma mais sábia.



sábado, 27 de outubro de 2012

Equilíbrio entre trabalho e família

O equilíbrio entre o trabalho e as responsabilidades da família constitui um grande desafio.
As pessoas precisam de trabalhar para ter dinheiro para satisfazer as suas necessidades económicas (pessoais e da família) e, ao mesmo tempo, precisam de cuidar da família e desempenhar as tarefas domésticas não remuneradas. Esta última parte afeta particularmente as mulheres. Essa realidade está na base da situação de desvantagem que as mulheres enfrentam no mercado do trabalho. Assim, a questão do equilíbrio entre o trabalho e a família é fundamental para a igualdade de género no mundo do trabalho.


Enquanto mulher que trabalha por conta de outrem sete horas por dia (às vezes mais), esposa, mãe, dona de casa, etc.,  sinto muitas vezes necessidade de parar para refletir. Será que estou a dedicar o tempo certo a cada uma destas minhas funções? Não estarei a exagerar numas em detrimento de outras? Por mais que tentemos mudar a coisas, só o conseguimos por um curto espaço de tempo. Trabalho, trabalho, trabalho... e a família? Não nos merece? Não deveríamos estar com a família mais tempo? Afinal,  é por ela que nós trabalhamos. 
Contra mim falo, que entro no local de trabalho bem cedo e saio, muitas vezes, depois da hora. Será que vale a pena?
Não me parece, sinceramente. A família reclama e tem toda a razão.
E você, quanto horas trabalha por dia? E quantas horas está com a família? (não conta as horas em que está a dormir...essas, cada vez menos, são passadas a dormir.)
Pare e pense. Valerá a pena essa correria?

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Harmonia entre gerações

Harmonizar os relacionamentos entre as diferentes gerações não é tarefa fácil, nem no ambiente familiar, nem no ambiente profissional.

Hoje, irei debruçar-me mais sobre o ambiente familiar que, no meu caso pessoal, é o que me preocupa mais. 
Quando diferentes gerações têm de conviver, torna-se muito complicado gerir as diferentes características de cada uma. Surgem, muitas vezes discussões, ou troca de ideias que podem gerar conflitos.

Essas diferentes características são, principalmente, a linguagem que utilizam, o comportamento que têm e a realidade de trabalho, isto é, os que já não trabalham, porque estão reformados (os avós), os que ainda trabalham (os pais) e os que ainda não trabalham (os filhos). Esta condição, a da realidade do trabalho, é muito importante na relação entre estas três gerações.
Claro que não podemos esquecer  outros fatores muito importantes e que influenciam muito o relacionamento entre as pessoas: a idade, a formação cultural e as vivências pessoais.
A minha preocupação é comum a todos os pais, penso eu, uma vez que estamos no meio de duas gerações muito diferentes, a dos avós e a dos netos.
Na minha opinião, cada uma das gerações deveria respeitar as ideias da outra, sem criticar. Contudo, caberá aos pais educar os filhos no sentido de os fazer entender melhor a geração dos avós e evitar que surjam conflitos e agressões, na maioria das vezes, agressões verbais, que magoam os mais velhos.
Termino como comecei. A tarefa de harmonizar o relacionamento entre as gerações não é fácil. É até um desafio. Por isso, vamos lutar para que as coisas melhorem e para que os nossos jovens entendam os mais velhos e que os mais velhos aceitem as ideias dos mais novos. Só assim poderá haver harmonia.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Quando os nossos pais envelhecem...

À medida que crescemos e que os nossos pais envelhecem, os papéis da família acabam, inevitavelmente, por se inverterem. Os mais velhos tornam-se cada vez mais dependentes dos mais novos, mas continuam a lutar, diariamente, pela sua independência.
Estima-se que cerca de 85% da população idosa quer continuar a viver na sua própria casa. É possível deixar os seus pais idosos sozinhos em casa? Penso que sim. Contudo, acho que devemos redobrar a nossa atenção. Nunca ouviu dizer que «os velhos passam de velhos a meninos?» E é uma grande verdade.
Mas cuidado, não devemos ir muito depressa. Não devemos começar a tomar decisões por eles. Os idosos podem sentir-se incapazes, confusos ou passados para segundo plano. Permita que continuem a tomar o maior número de decisões possíveis e respeite-as... afinal de contas, são os seus pais.
Como pode ajudá-los? Visite-os diariamente, telefone-lhes, dê-lhes carinho, e zele pela segurança da sua casa. 

domingo, 21 de outubro de 2012

Produtos de marca branca

Existem muitos produtos que podemos consumir de marca branca para poupar dinheiro. São bons e são mais baratos:

  • Água;
  • Cereais, sal e especiarias;
  • Iogurtes e outros laticínios;
  • Legumes congelados e enlatados;
  • Produtos de higiene;
  • Medicamentos;
  • Lixívia;
  • Produtos de limpeza;
  • Pilhas;
  • Combustível;
  • Etc.
MARCA BRANCA = MAIS BARATO

Poupar no supermercado

Todos os meses pensamos na melhor forma de poupar no supermercado e de fazer baixar a conta.
Pois bem, eu já era fã dos produtos de marca branca, mas hoje não compro outro tipo de produtos, a menos que não haja de marca branca.
Apenas com essa medida, a conta baixa consideravelmente.
E podem crer, os produtos de marca branca são tão bons ou melhores do que os de outra marca.

Se não estão convencidas, experimentem.
Aconselho também a leitura deste texto. Convenceu-me! E já estou a pôr em prática.
Agora é só poupar....
Boas compras!

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Sexta-feira!

Olá!
Cá estou eu de novo para vos falar de planos para o fim de semana.
Com este tempo de chuva não é muito provável que faça planos para sair de casa.
Vai ser mais um fim de semana na casinha, com a família. O costume.
Eu detesto este tempo de frio e de chuva. 
Sol, sol, calor...... isso é que é bom!
Mas a chuva é precisa, essa é a verdade.

Portanto, com chuva ou sem ela, os planos para o próximo fim de semana não incluem passeios nem nada idêntico. Estamos em crise e, por isso, o melhor mesmo é ficar em casa. Assim não gastamos.
Bom fim de semana!

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Precisa de emagrecer?

Emagrecer é uma luta para muitas pessoas. Algumas vivem tão obcecadas com isso que nunca conseguem andar bem, nem com elas nem com os outros. Irritam-se com facilidade, e desistem muito depressa de uma dieta que acabaram de iniciar.
Antes de mais gostaria de lembrar que para emagrecer não é preciso deixar de comer, é sim necessário aprender a comer.


Por isso, deixo-vos alguns conselhos:

  1. Em primeiro lugar, esqueça as dietas malucas, muito menos deixar de comer. Isso nunca!
  2. Antes de iniciar as suas atividades físicas (sim, é essencial que pratique alguma atividade, nem que seja a caminhada), deve corrigir alguns hábitos alimentares: em vez de comer carnes vermelhas, opte pelo frango ou peixe; troque o refrigerante por água ou sumo natural; em vez de iogurtes completos, opte pelos iogurtes magros; deixe de colocar açúcar no café ou substitua-o pelo adoçante.
  3. Ter força de vontade. Definir um objetivo e obrigar-se a cumpri-lo, pela sua saúde. 
  4. Fazer um plano alimentar.
  5. Dizer às outras pessoas que está a fazer dieta e que vai emagrecer. Isso vai comprometê-la mais, o que é ótimo.
Se seguir estes conselhos, acredite, não só vai conseguir emagrecer, como vai recuperar a confiança e a boa disposição. 
Se tem peso a mais ou colesterol a mais, deve pensar em cuidar da sua saúde.
Boa sorte!


quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Como se não houvesse amanhã...

Hoje, mais do que nunca, devemos pensar no dia de hoje, do agora, do presente.
O amanhã pode não chegar, pode ser triste, pode ser muito desagradável.
Então viva o dia de hoje como se não houvesse amanhã. 
Use o seu melhor serviço de jantar, mesmo que viva sozinha. Coloque na mesa um arranjo com flores, como se o jantar fosse especial (e é!).
Se tem filhos, dê-lhes toda a atenção de que eles precisam. Escute-os. Ria com eles, divirta-se. Sinta-se feliz hoje, agora...

Não se impressione com as notícias sobre o futuro. Viva o presente! Viva intensamente cada dia! Ame como se não houvesse amanhã e seja feliz. Ame os seus pais, os seus filhos, o seu companheiro. Espalhe amor, alegria, boa disposição e terá o retorno.

Pense nisso todos os dias e faça de cada dia, único.

Seja feliz!

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Um pouco sobre mim...

Coisas de que gosto muito:
Estar com a família;
Passear;
Namorar;
Ler;
Cozinhar;
Trabalhar;
Chegar cedo ao trabalho;
Conduzir;
Ouvir música;
Estar com os amigos;
Conversar;
Fazer planos;
Sonhar...

Coisas de que não gosto nada:
Ver televisão;
Trânsito logo de manhã;
Chegar tarde ao trabalho;
De ser interrompida quando estou a fazer um trabalho importante;
Ter de dizer "não" em certas situações;
Jantar tarde;
De estar sozinha em casa;
De ser mal interpretada;
Que pensem mal de mim;
De gastar dinheiro sem necessidade;
De ser pressionada a fazer algo de que não gosto;
De pessoas hipócritas, falsas, conflituosas, mentirosas...


Desejo-vos uma excelente semana!

Dia Mundial da Bengala Branca

15 de outubro, Dia Mundial da Bengala Branca


A União Mundial de Cegos e os seus membros realizam campanhas para promover o direito das pessoas cegas a uma vida plena independente. Este dia tem como objetivo reconhecer a independência das pessoas cegas e a sua plena participação na sociedade.


A Bengala Branca é um símbolo associado às pessoas cegas. A Bengala Branca converteu-se num símbolo de independência, liberdade e confiança. A sua utilização permite à pessoa com deficiência da visão movimentar-se livremente. Se a pessoa com deficiência da visão souber como utilizar a bengala, pode realizar as suas tarefas diárias com facilidade.

domingo, 14 de outubro de 2012

Domingo, dia para descansar

Trabalhei que nem uma louca ontem, mas hoje soube muito bem acordar e ver a casa arrumada e as roupas todas prontas...Consegui dormir até mais tarde! Coisa rara....
Hoje vou mesmo aproveitar para descansar, ler e estar com a família.
Mesmo assim, quando me levantei, ainda fui cozinhar. Mas isso não podemos deixar de fazer. Temos de comer todos os dias, não é verdade?
Pois bem, já tenho lombo de porco a assar e uma sopinha a fazer.

Enquanto preparava isso, lembrei-me de ir fazer uma compota. E sabem de quê? Dióspiro.  Nunca tinha feito, mas como tinha muitos dióspiros que me deram, resolvi aventurar-me. Resultado? Delicioso. Vou repetir, tenho a certeza!
Adoro cozinhar e, por isso, não me canso. 
Hoje ainda vou fazer um bolo de iogurte para o lanche. São servidas?


Por agora, ouve-se música cá em casa e o ambiente é de tranquilidade...

sábado, 13 de outubro de 2012

Prontas para mais um dia?

Queridas leitoras

eu sei que hoje é sábado e que não devia estar aqui a falar de trabalho.
Mas também sei que muitas de vós, tal como eu, trabalham todos os dias fora, não têm empregada e não podem esperar muito da família para ajudar nas lides domésticas.
Por isso, vamos lá.
Levantar cedo não faz mal a ninguém. 
Já programou o seu dia de hoje? 
Se quer ter um domingo tranquilo (eu quero!) hoje tem de acelerar. 
Aproveite cada minuto do dia para fazer o que tem a fazer. Não desperdice o tempo com futilidades.
Defina os objetivos e obrigue-se a cumpri-los. Só assim irá conseguir.
Desejo a todas as minhas leitoras (e leitores!) um excelente fim de semana, produtivo e ao mesmo tempo gratificante.
Agora vou trabalhar!

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Sexta-feira chegou, finalmente!

Mas não pensem que é para não fazer nada! Longe disso!!!


No trabalho, este é o dia para  resolver todos os assuntos pendentes, que dependerem de nós naturalmente, a fim de ir de fim de semana mais descansada.

Em casa, este é o dia para adiantar o serviço, a fim de conseguir reservar o domingo para descansar.

Portanto, resumindo e concluindo, sexta-feira é sempre um dia cansativo, mas que, no final de contas, vai compensar.



Então, como forma de adiantar serviço em casa, hoje tenciono fazer o seguinte:
  • Passar a ferro toda a roupa que andei a lavar ao longo da semana e pôr a lavar a que estiver no cesto;
  • Fazer a ementa da próxima semana e, obviamente, a lista de compras a fazer amanhã;
  • Verificar os ingredientes que tenho em casa necessários para amanhã preparar as refeições para congelar;
  • Pôr de parte os lençóis necessários para amanhã, logo de manhã, fazer as camas de lavado;
  • Cozer pão na MFP;
  • Fazer uma sobremesa para o fim de semana;
  • Recolher os lixos do WC, da cozinha e do escritório e ir despejar;
  • Não deixar loiça por lavar nem as bancadas desarrumadas;
  • Etc.
Como poderão concluir, não me deitarei cedo hoje, mas espero acordar amanhã bem satisfeita com o resultado.
Bom fim de semana!


quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Planos para o fim de semana

Pois é. Hoje é quinta-feira e caminhamos a passos largos para o fim de semana.
Está na hora de fazer planos. Desta vez sem saídas (não pode ser sempre!)
Mas, claro está, vou reservar um dia para descansar.

Sábado será para fazer algumas compras (nada de muito especial, apenas alguns produtos frescos), fazer uma limpeza mais profunda na casa e cuidar das roupas.

Domingo será para descansar, namorar, estar com a família, pôr as leituras em dia, viver a minha casa, etc.


E você, já fez planos?

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Ler antes de dormir faz bem

Para quem tem dúvidas sobre se ler antes de dormir faz bem ou faz mal, posso dizer que li um artigo, de alguém entendido na matéria, que diz que «Ler antes de dormir faz muito bem». O mesmo autor diz também que «antes de dormir é o melhor momento para fazermos as nossas leituras». E porquê? Porque quando dormimos o nosso cérebro assimila tudo o que vimos e aprendemos.

Para as pessoas que não gostam de ler mas que têm de ler, estudar ou decorar algo, aconselha-se o hábito de ler antes de dormir, de forma a tornar mais fácil lembrar-se de tudo o que estudou.
Naturalmente, é necessário ler sem sono, caso contrário, piorará a situação. Devemos apenas ler bem dispostos, sempre antes de dormir, mas não esperar o sono chegar para realizar essas leituras.
Quando uma pessoa lê e se deita de seguida, o cérebro armazena muito melhor o conteúdo estudado ou lido pelo indivíduo.

E você, tem o hábito de ler antes de dormir?

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Fim de semana diferente

Como vos tinha dito, um dos meus (nossos) objetivos para este mês era aproveitar o fim de semana prolongado para descansar e amar.
Foi um objetivo mais que cumprido!
Algumas destas imagens podem descrever os belos cenários que partilhámos neste fim de semana.
Simplesmente lindos...








E mais, muito mais....


quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Paz interior

Chegou de novo o fim de semana, prolongado por sinal.

E que tal aproveitar estes dias para refletir na sua vida?

Gostaria de ter paz interior?




Não se esqueça de que deve fazer para isso:

  • Seja  amiga das pessoas;
  • Pratique o bem;
  • Seja transparente com os outros e consigo próprio;
  • Aceite-se tal como é;
  • Não tenha inveja da vida dos outros;
  • Acredite nas suas capacidades;
  • Tenha orgulho de si;
  • Não entre em conflitos com ninguém;
  • Trabalhe com afinco;
  • Cuide do seu lar, com carinho;
  • Não minta. A mentira destrói as pessoas aos poucos;
  • Viva de forma simples;
  • Descomplique a sua vida.

Haverá maior bem-estar do que estarmos bem connosco e com a vida?
Bom fim de semana!


quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Dicas para manter a concentração no trabalho




Hoje é cada vez mais difícil manter a concentração no trabalho.Temos telemóvel pessoal (quase sempre ligado), internet, e-mails, telefone fixo, etc.




Se tem dificuldade em concentrar-se no trabalho, então o melhor é seguir algumas destas dicas:
  1. Utilize ferramentas offline: blocos de notas, cadernos, canetas, papel reciclado e outras ferramentas físicas;
  2. Faça mais pausas. Mais pausas = maior produtividade. As pausas permitem-nos pôr as ideias em ordem e concentrar-se na tarefa que temos em mãos;
  3. Tarefas mais pequenas. É muito mais fácil focar-se em várias pequenas tarefas do que numa gigantesca;
  4. Mantenha um ritmo estável;
  5. Um post-it por dia. Se tivermos um post-it colado à nossa frente com um objetivo diário, é uma excelente forma de mantermos a claridade, sendo ainda um lembrete para aquilo que temos mesmo de fazer hoje;
  6. Mentalize-se que o computador é apenas uma ferramenta de trabalho;
  7. Planeie o seu dia até ao último minuto;
  8. Esteja atenta às rotinas da preguiça;
  9. Planeie na noite anterior. Dormir sobre as tarefas e objetivos para o dia seguinte pode ajudar o seu cérebro a processar aquilo que lhe espera amanhã.
  10. Desligue qualquer input extra. Pode ser o e-mail, o Messenger ou SMS. Desligue qualquer distração tecnológica que tenha à sua volta.
  11. Estabeleça prazos. Não há melhor motivação que um prazo;
  12. Mantenha um diário. Pode ser um caderno, o importante é que mantenha um diário daquilo que concretizou ao longo do dia. Para além de manter tudo organizado e à mão, é um excelente arquivo do que já foi feito;
  13. Visualize o seu dia logo de manhã, antes de tudo começar. Um pouco de meditação antes do trabalho sobre as prioridades para aquele dia é uma ótima maneira de começar o dia concentrada e com os níveis de produtividade em alta.
  14. Comece bem o dia, com um bom pequeno-almoço. Faz toda a diferença;
  15. Cuide de si, da sua apresentação. Se se sentir atraente, bem apresentada, profissional, pronta para o que der e vier, provavelmente será mais produtiva.
Bom trabalho!

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Trabalhar é bom, ou melhor.., é muito bom!


Se é daquelas pessoas que se lamenta por ter de trabalhar, pense duas vezes. 

Trabalhar é essencial para a felicidade. E não sou eu a dizer por dizer. 
Basta ver à nossa volta, tantas pessoas sem trabalho. Andam  desesperadas à procura de trabalho, seja ele qual for. Passam os dias tristes, sem objetivos na vida, infelizes. Estas pessoas estão frustradas, pois muitas delas investiram numa carreira profissional.
Quem tem um trabalho sente-se, de certa forma, realizado ou, pelos menos, útil à sociedade. 
Trabalho e emprego. Qual a diferença? São muito diferentes, ou talvez não, depende de pessoa para pessoa.
Ter um trabalho é desempenhar uma profissão, é aplicar os conhecimentos, é servir o patrão, é ser útil, é motivo de orgulho.
Ter um emprego nem sempre corresponde a desempenhar uma profissão, nem mesmo aplicar os conhecimentos, nem servir o patrão. Há pessoas que têm emprego e não fazem nada durante o dia, esquivam-se ao trabalho, às responsabilidades e cumprem religiosamente o horário, sem darem nem mais um minuto ao patrão. Estão ali para cumprir o horário e receber o salário ao  fim do mês. 
Será que este tipo de pessoas se sente realizada com o que faz? Depois de passar um dia neste esconde-esconde de responsabilidades, será que estas pessoas se sentem bem? Não se sentirão umas inúteis?

Por  mais humilde que seja o trabalho, é sempre algo que faz a pessoa sentir-se bem .

E mais, quanto mais trabalho, mais organização pessoal.

As pessoas que têm trabalho, mantêm mais facilmente uma rotina do que as que não fazem nada durante o dia, pois estas tendem a procrastinar.

Se tem trabalho, não se deve lamentar. Deve, sim, agradecer por ainda o ter...


Próximo post: Dicas para manter a concentração no trabalho.



Amar é...

Amar é conhecer todos os defeitos de uma pessoa e, mesmo assim, achá-la perfeita. Lá diz o velho ditado «O amor é cego»; 

Amar é dar sem esperar nada em troca;

Amar é dedicar-se totalmente ao outro;

Amar é saber perdoar;

Amar não é apenas dizer palavras bonitas, amar é mais do que isso,  é sentimento;


O amor é lindo, quando ele existe.

Viva o AMOR.

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Objetivos para o mês de outubro

Embora as férias não tenham sido há muito tempo, o nosso corpo já manifesta algum cansaço.
Por isso, decidimos que este mês íamos tentar descansar um pouco mais.





Objetivos para este mês:
  1. Aproveitar o fim de semana prolongado para relaxar, a dois, na serra; SIM!!
  2. Continuar a manter a semana organizada de forma libertar o fim de semana; SIM
  3. Reservar, principalmente o domingo, para fazer o menos possível e relaxar; SIM
  4. Passar a ferro apenas uma vez por semana; QUASE...
  5. Dormir, pelo menos, 7 horas por noite; QUASE...
  6. Amar. SIM!!