domingo, 31 de janeiro de 2016

Tempo para fazer "nada"

Cada vez mais reclamamos pela falta de tempo e, de facto, parece que o tempo foge e andamos sempre a correr de um lado para o outro, sempre a fazer alguma coisa.
Tempo para fazer "nada" também é preciso. Mas como?
Bem, ao programar cada dia devemos reservar algum tempo para simplesmente não fazer nada. Sem abusar, pois o tempo é precioso e a inatividade saudável não significa estar um dia a preguiçar.
Quando eu digo "fazer nada" é mesmo fazer nada, não é ver televisão, ler, ou outra coisa do género.
Eu sei que não é fácil, eu própria tenho dificuldade em reservar esse tempo. Até quando vejo televisão (o que é raro!), eu tenho de estar a fazer mais alguma coisa.
Mas se pararmos 5 ou 10 minutos para fazer nada mesmo, vamos nos sentir muito melhor. Um técnica para conseguirmos desligar um bocado é mesmo fechar os olhos, sentada ou deitada, com ou sem música e relaxar, não pensar em nada. 
Bom domingo!

Balanço do mês de janeiro

Primeiro mês do ano chega ao fim e há que fazer um balanço.
A nível pessoal, profissional, financeiro, saúde, familiar.
O mês de janeiro foi um mês muito intenso, embora não possa dizer que tenha sido negativo. Antes pelo contrário.
A nível pessoal, aconteceu uma mudança enorme no meu "eu" e, portanto, mesmo que algo aconteça menos bom na minha vida, passei a encará-lo de forma natural e a aceitar tudo isso como uma lição para a vida. Passando a agir dessa forma, o meu estado de espírito deixou de ter altos e baixos e o que passou a acontecer foi mesmo um crescimento. As leituras continuaram a acompanhar as minhas horas de almoço, bem com as pequenas caminhadas.
A nível profissional, a dedicação foi máxima, ainda que nem sempre seja visível aos outros, mas também aí passei a aceitar algumas contrariedades com tranquilidade.
A nível financeiro foi francamente positivo, tendo conseguido fazer face a todas as despesas com facilidade.
No que diz respeito à saúde, posso alegrar-me, ainda não foi desta que caí. As gripes andam longe (e assim espero que continuem!). Algumas dores musculares, mas nada que não se resolva...
A nível familiar, 100% positivo. A família continua a ser o meu pilar, o meu porto de abrigo, a minha motivação, a minha razão de viver. Aos que vivem comigo e aos que vivem a milhas de distância, eu devo esta determinação, esta força de viver que me acompanha.
Que venha fevereiro, tão bom ou melhor ainda!


quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Meditação e paz interior...

A paz interior não se explica... apenas se sente.
Há hoje um mundo lá fora que nos impressiona cada vez mais, que nos desilude e ao mesmo tempo que nos ensina imenso.
Há um mundo lá fora que nos ajuda a abrir os olhos, que nos desperta para as coisas boas e para as coisas menos boas e que, por isso mesmo, nos ajuda a perceber quem somos, o que queremos ser e, sobretudo, o que não queremos ser.
Há um mundo lá fora que nos faz pensar e é nesses pensamentos que procuramos encontrar alguma luz e alguma paz. Uma paz interior que nos dê força para fazer face às contrariedades do mundo lá fora.
E quando conseguimos sair do mundo lá fora e entrar no mundo cá dentro o que encontramos é simplesmente maravilhoso.
É inexplicável...surge a tal força interior que nos faz amar, sorrir, trabalhar, no fundo, que nos faz ser feliz.

Feliz quinta-feira!



terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Motivação no trabalho - 3 dicas infalíveis

Motivação é fundamental, não só no trabalho, mas na vida em geral.
Sem motivação não se avança.
Sem motivação, cada dia parece um ano.

Eis algumas dicas infalíveis, do especialista em coaching Fernando Oliveira, para manter a motivação em alta no trabalho:

  1. APRENDA A GOSTAR DAQUILO QUE FAZ. Mais importante que fazer o que se gosta é gostar do que se faz.
  2. MANTENHA A SUA ENERGIA ELEVADA. Uma alimentação balanceada e uma boa noite de sono são fundamentais.
  3. TERMINE ALGUMA COISA TODOS OS DIAS. Crie uma estratégia para não ser interrompida até terminar.
Gostou das dicas?
Então ponha-as em prática!

domingo, 24 de janeiro de 2016

Pequenos gestos...

Um telefonema só para perguntar "Estás bem? Precisas de alguma coisa?
Um convite para almoçar num ambiente diferente, se possível fora de casa.
Um convite para sair, nem que seja para dar uma volta de carro.
Uma hora de conversa, sem pressas, sem interrupções e sem motivo aparente.
Um presente simples, de preferência para degustar...
São pequenos gestos que um filho ou uma filha pode ter para com um pai ou uma mãe.
Os pais vão adorar esses gestos de carinho, de atenção.
Quanto maior for a idade deles, mais valor dão a estes pequenos gestos. É visível no brilho do olhar.
Sair de casa faz bem, nem que seja para ver o mar ou a serra, do lado de dentro da janela do carro.

Os pequenos gestos de hoje são eternas lembranças de amanhã.

Dedico este post aos meus queridos pais, a quem quero manter este sorriso por muitos mais anos.

sábado, 23 de janeiro de 2016

Sábado... é dia de (continuar) a mexer!

É isso mesmo, ao sábado eu não trabalho (fora de casa), mas nem por isso fico na cama até mais tarde. E sim, trabalho em casa, e muito.
O acordar é cedo e o levantar é logo a seguir.
Há sempre imensas coisas para se fazer num sábado.
Há a casa para limpar, a roupa para lavar, a comida para fazer, as compras de fim-de-semana (desta vez não vou às compras, acho que não me falta nada e detesto confusões...) e muito, muito mais.
O sábado também é muitas vezes usado para programar o menu da semana e para adiantar algumas refeições.
Também é ao sábado que passo a ferro (quando a roupa secou...).
Gosto de fazer do sábado um dia produtivo para me sentir melhor no domingo, ao acordar super relaxada, com a sensação de dever cumprido. 
O domingo é normalmente para passear, ler, namorar e visitar os meus pais que necessitam cada vez mais de mimo.
O domingo serve, no fundo, para repor as energias para a semana que começa.
Bem, agora vou trabalhar, ao som da música mais alegre que me ocorreu.

Bom fim-de-semana!


sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

É sexta-feira... que bom!!

Há quem não ache piada nenhuma às sextas-feiras e até ache ridículo elogiar um dia da semana.
Porquê a sexta-feira e não o domingo, poderão perguntar?
Pois, não sei bem explicar.
A sexta-feira tem sempre um sabor especial. E não, não trabalho menos horas do que nos outros dias. Por vezes, até trabalho mais.
É uma sensação inexplicável.
Quando acordo, numa sexta-feira, tudo é diferente na minha cabeça, na minha alma, no meu estado de espírito.
É uma sensação de paz, de coordenação de movimentos, de boa disposição e ao mesmo tempo de vontade de arrumar a cabeça e resolver os problemas pendentes.
A sexta-feira representa isso mesmo. Sem hesitações, representa um virar de página, para abrir nova página no sábado, uma página completamente diferente. Não é melhor nem pior, é apenas diferente.
À sexta-feira não há tédio, o dia passa a correr, e o trabalho corre sempre melhor.
As minhas melhores ideias surgem à sexta-feira, sobretudo à noite.
É aí que faço alguns planos para a minha vida, para a vida da minha família e, sobretudo, é quando ponho no papel muitos desses planos e dou o primeiro passo. 
É à sexta-feira que a família está mais relaxada e disponível para conversar, talvez porque no sábado não há o stress de levantar cedo para ir trabalhar. Nisso, temos vantagens.
E é assim, desde há muitos anos, que faço da sexta-feira um dia 100% produtivo, sem que o mesmo seja cansativo, uma vez que é passado com prazer, mesmo a trabalhar!

Feliz sexta-feira!


quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Faça acontecer!














Esta frase diz tudo.

Planear, planear...fazer listas, mapas,  é excelente. Mas pôr em prática essas ideias é ainda melhor! 
Esperar que as coisas aconteçam não é boa política.
Devemos ter ideias e colocá-las em ação.
Há pessoas que têm excelentes ideias, que nunca saem do papel, ficando arquivadas no caderno ou mesmo na cabeça.
Um dia estão iluminadas e escrevem, planeiam; no outro dia, acordam e já se esqueceram do que escreveram e voltam ao mesmo comodismo.
A capacidade de fazer acontecer, infelizmente, não existe em todas as pessoas mas pode ser aprendida e aperfeiçoada.
Oscar Motomura, diretor  do Grupo Amana-Key preparou as seguintes dicas que ajudam no "fazer acontecer":

  1. Visualize com detalhes, como se tudo já estivesse realizado;
  2. Dê rapidamente o 1º passo.
  3. Faça tudo "de corpo e alma".
  4. Faça tudo com muita boa vontade e prazer.
  5. Seja otimista.
  6. Concentre-se nos seus pontos fortes.
  7. Concentre energia.
  8. Planeie o suficiente. Evite "afogar-se" em "planos que nunca mais terminam".
  9. Esteja sempre focado(a) na busca de soluções.
  10. Crie condições favoráveis.
  11. Seja natural.
  12. Pense nos riscos e nas recompensas.
  13. Neutralize os "palpiteiros inconsequentes".
  14. Evite especular.
  15. Seja transparente.
  16. Seja generoso(a).
  17. Aja sempre numa postura ganha-ganha.
  18. Confie a 100% na sua força interior.
  19. Procure a excelência, sempre.
  20. Não se acomode. A capacidade de fazer acontecer é algo para ser aperfeiçoado pela vida toda. Procure sempre melhorar o seu próprio recorde.

Os dados estão lançados. Agora faça acontecer!

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Bom dia!

Com chuva ou com sol, venho desejar a todos os meus leitores e leitoras um excelente dia!
Hoje deixo apenas alguns conselhos, não que me considere uma mulher perfeita, longe disso, mas porque me considero uma mulher que já aprendeu muito com a experiência da vida.

Por isso:

  1. Viva o momento presente, aprecie o sol, a chuva e, se estiver frio, aprecie um café quentinho, com ou sem companhia.
  2. Não olhe para trás com saudade, tristeza ou rancor de ninguém. Passado é passado! Viva o presente.
  3. Trabalhe com prazer. Produza e agradeça por ter trabalho. Não se lamente por mais aborrecido que ele seja.
  4. Leia. Aprenda algo de novo todos os dias.
  5. Cuide de si, do seu bem-estar, físico e psicológico.
  6. Ame. Não deixe de demonstrar amor a si, à sua família, aos seus animais, às suas plantas...

Deixo-vos uma frase do meu querido Dalai Lama:

«Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã. Por isso, hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver.

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

O prazer de emagrecer... comendo!

Quem não sente prazer quando sobre para a balança e vê que emagreceu 1kg, 2kg, 3kg...?
Quem não sente prazer ao vestir umas calças e sentir que estão mais folgadas?
Estou naturalmente a dirigir-me às pessoas que têm peso a mais e que gostariam de perder alguns quilos.
Muitas pessoas desistem de fazer dieta porque associam o "fazer dieta" ao deixar de comer o que é bom.
Nada mais errado.
Fazer dieta pode ser  uma descoberta fabulosa na área da alimentação.
Existem alimentos fantásticos, que não engordam, são saudáveis e muito saborosos.
Hoje vou partilhar convosco exemplos de alguns pratos principais saudáveis, que saciam e que pode ir variando ao longo da dieta:

1 batata-doce cozida
1 prato de feijão verde cozido
1 lombo de salmão grelhado
Tudo isto temperado com 1 colher (de chá) de azeite e salsa picada ou coentros

4 colheres (de sopa) de grão-de-bico cozido
1 prato de couve lombarda cozida
1/2 lata de atum ou 1 lata das pequenas, escorrido
Tudo temperado com 1 colher de maionese magra

3 colheres (de sopa) de arroz integral
1 prato de bróculos cozidos
10 azeitonas
1 bife pequeno (90g) de peru grelhado
Temperado com 1 colher (de chá) de azeite

1 prato de legumes salteados
3 colheres (de sopa) de feijão vermelho
2 fatias de fiambre de peru cortado às tiras

1 colher de esparguete integral
1 lata de atum
1 prato de couve-flor cozida e temperada com 1 colher (de chá) de azeite

4 colheres (de sopa) de sementes de soja cozidas
1 ovo cozido
1 lata das pequenas de cogumelos salteados
Tudo temperado com uma colher (de chá) de azeite e salsa picada

domingo, 17 de janeiro de 2016

Ementa da semana - de 18 a 22 de janeiro de 2016

SEGUNDA-FEIRA:
Almoço: Sopa de legumes; Feijão frade com atum e ovos cozidos; Fruta.
Jantar: Sopa de legumes; Rolinhos de peru recheados com queijo e salsicha e salada mista; Fruta.

TERÇA-FEIRA:
Almoço: Sopa de feijão verde; Filetes com salada russa; Fruta.
Jantar: Sopa de feijão verde; Peixe assado com batata e salada mista; Fruta.

QUARTA-FEIRA:
Almoço: Sopa de feijão vermelho; Rojões com arroz de cenoura; Salada mista; Fruta.
Jantar: Creme de cenoura; Quiche de legumes; Salada mista; Fruta.

QUINTA-FEIRA:
Almoço: Sopa de feijão vermelho; Frango assado com arroz; Salada mista; Fruta.
Jantar: Sopa de espinafres; Filetes com puré de batata; Salada mista; Fruta.

SEXTA-FEIRA:
Almoço: Sopa de espinafres; Arroz de polvo; Fruta.
Jantar: Caldo verde; Lombo assado com batata cozida e grelos; Fruta.



BOM APETITE!

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

A hora de deitar não tem a ver com a hora de levantar...

Até há bem pouco tempo também eu achava que para andar bem o resto do dia tinha de dormir, pelo menos, oito horas seguidas. 
Isto é o que se diz e o que nós, muitas vezes achamos, atribuindo à falta de dormir, certo cansaço ao acordar.
Descobri que isso é um mito.
Há dias em que durmo oito, nove e até mais horas seguidas e acordo cansada, com dores de cabeça e com uma sensação de angústia e até de ansiedade, e há outros dias em que durmo pouco e acordo bem disposta, motivada e cheia de energia.
Depois de tentar perceber a razão, consegui identificar o problema. 
Quando preparo tudo de véspera, inclusive tomo decisões sobre qualquer assunto que ficou pendente, acordo melhor. Se me deito com algum assunto por resolver, seja ele pessoal ou profissional, o estado de ansiedade, nervosismo ou, por vezes, de uma certa apatia, é notória a partir do momento em que acordo.
Cheguei, assim, à seguinte conclusão. Antes de dormir, devemos fazer uma breve reflexão sobre o que se passou durante o dia, sobre o que correu bem e sobre o que correu menos bem e tentar programar o melhor possível o dia seguinte.
Não é conveniente deitarmos tarde, sobretudo se tivermos de acordar cedo, contudo, se nos deitarmos com a consciência tranquila e com a vida mais ou menos resolvida e organizada, iremos acordar  com outro ânimo e mais motivados, mesmo que tenhamos dormido apenas seis horas.
Nada pior do que nos deitarmos e deixarmos para "amanhã" todas as decisões do dia seguinte. Vamos acordar angustiado(a)s e não vamos perceber porquê.
A razão está precisamente no "deixar para amanhã" antes de ir dormir.

Deite-se de consciência tranquila e verá que a noite de sono será mais produtiva.

Reflita nisto e tire as suas próprias conclusões.


quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Retrospetiva...

Às vezes apetece-me fazer uma retrospetiva do que escrevo e hoje, apeteceu-me.
Eis o resultado. 
Alguns dos textos que escrevi, no mês de janeiro, desde 2012:

Em 2012 (dia 19 de janeiro)
Em 2013 (dia 14 de janeiro)
Em 2014 (dia 14 de janeiro)
Em 2015 (dia 14 de janeiro)

Hoje, a retrospetiva...

O que achei? 
Não gosto muito de pensar no passado. O passado passou... mas, de vez em quando, sabe bem olhar para trás...

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Dia dos namorados... quase a chegar!

Hoje vou ser um pouco mazinha e vou dirigir-me apenas a quem tem namorado/a.
Que me desculpem os que não têm...É só hoje...

Bem, como o dia dos namorados está a chegar, deixo-vos algumas sugestões para uma comemoração diferente.
Não quero dizer com isto que só devemos festejar um dia no ano. Dia dos namorados é quando um e outro quiserem mas, enfim, sabe sempre bem lembrar esse dia de forma diferente. Não é por acaso que ele figura no calendário.

Quando me refiro ao namorado ou à namorada, também me estou a referir ao marido ou à esposa. Namorar deve ser para toda a vida, do meu ponto de vista. Antes e depois do casamento.


Antes de sugerir o que fazer no dia dos namorados, vou alertar para o que não deve fazer nesse dia:
a) Não marque nenhum jantar com amigos;
b) Não agende nenhuma reunião para esse dia que o/a possa perturbar emocionalmente, a menos que seja de todo impossível.
c) Não se aborreça com coisas sem importância.
d) Não atenda o telefone enquanto estiver com a sua cara-metade.
e) Não use o computador enquanto está a conversar com o seu/a sua namorado/a.

Agora, vou dar algumas ideias de como passar esse dia, de forma diferente. Algumas coisas exigem que se comece a preparar com alguma antecedência. Portanto, não se descuide!
a) Marque um jantar num local romântico;
b) Reserve um quarto num hotel;
c) Tire um dia de folga ou, não sendo possível, saia mais cedo e surpreenda a sua cara-metade;
d) Esteja disponível para o amor;
e) Se esse dia calhar num fim-de-semana, como é o caso deste ano, programe antecipadamente um fim-de-semana a dois (nesse caso previna-o/a, para não ter surpresas desagradáveis).

São apenas sugestões...o mais importante é que façam coisas que  contribuam para a felicidade de ambos.





terça-feira, 12 de janeiro de 2016

A vida ensinou-me...

A vida ensinou-me muita coisa e continua a surpreender-me a cada dia...
Não posso dizer que tenha tido uma vida difícil, mas nem tudo na minha vida foi um mar de rosas... contudo, a vida ensinou-me a simplificar as coisas e a resolvê-las da melhor maneira possível, sem stress nem complicações. 
Paciência e humildade foram as qualidades que tive de aperfeiçoar.
A forma como encaramos um problema altera, e muito, a sua resolução.
A vida ensinou-me a ser uma pessoa mais positiva, mais otimista, mais alegre, mais solidária, mais paciente.
A vida ensinou-me que não vale a pena andar a correr, porque de repente podemos chegar ao fim da linha.
A vida ensinou-me que dinheiro não faz a felicidade.
A vida ensinou-me que a felicidade está presente nas coisas mais simples.
A vida ensinou-me que a saúde é o bem mais precioso que nós podemos ter.
A vida ensinou-me a ter objetivos, a ser mais focada e mais motivada.
A vida ensinou-me a esquecer o passado, a viver o presente e a pensar num amanhã ainda mais feliz.
A vida ensinou-me que os pobres não são necessariamente os que têm menos dinheiro.
A vida ensinou-me que existem pobres ricos e ricos muito pobres.




Estou muito grata por esta aprendizagem e devo-a, em parte, às dificuldades que tive de ultrapassar, a todos quanto apostaram em mim e à vontade que tive em aprender essa lição.

Com tudo isso, apenas quero deixar um conselho. Não lamentem se algo vos corre menos bem. Agradeçam por isso e retirem daí a mensagem que vos está  a ser transmitida. Será certamente uma lição que terão de aprender.
 



segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Para uma dieta ter sucesso...

Antes de iniciar qualquer tipo de dieta, deve programar todo o processo ao pormenor:

  1. Programe todas as refeições no início de cada semana e coloque num local visível (porta do frigorífico, por exemplo);
  2. Providencie atempadamente todos os ingredientes necessários;
  3. Se vive em família, avise todos que está em dieta e que, portanto, evitem provocar qualquer tipo de tentação;
  4. Seja rigorosa com as horas da refeições;
  5. Nos primeiros quatro dias, destinados normalmente a desintoxicação, cumpra escrupulosamente o menu;
  6. Estabeleça uma meta realista de perda de peso, sendo que não deverá perder mais de 1 kg por semana;
  7. Ao mesmo tempo que faz dieta, cuide da imagem a outros níveis: cabelo, pele, unhas. No fundo deve olhar para si com amor. Olhe-se no espelho e ame-se.
BOA SEMANA!


sábado, 9 de janeiro de 2016

Chuva... e depois?

Mais um  fim-de-semana com chuva, está visto.
E logo eu que não gosto mesmo nada de chuva....Não é nada agradável, mas enfim...
Não podemos ficar simplesmente a olhar para a janela, tristes por ver que está de novo a chover. Existem muitas coisas que podemos fazer para melhorar o nosso estado de espírito nestes dias.
Quando está assim o tempo, e eu estou em casa, procuro ocupar o tempo da melhor forma. Ouço música, leio, escrevo, cozinho e, como é o caso de hoje, vou dedicar-me a uma tarefa que, embora um pouco aborrecida, me dará algum prazer ver o resultado. Sim, mexer em papeladas e organizar o escritório cá de casa. Mas não o faço sozinha... vou ter a companhia do "meu" Andrea Bocelli. A música é das melhores companhias nestes momentos. A outra ajuda é a dos ensinamentos da Marie Kondo que, embora eu não apoie na sua totalidade, tem ideias bastantes funcionais.
Aí está uma tarefa que não faria hoje se estivesse sol, pois havia imensas coisas que queria fazer na rua, tais como cuidar do meu jardim...
Mas, como não se pode ter tudo, podemos rentabilizar o tempo.

Bom fim-de-semana!


sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Receitas simples # Tortilha de atum e salsicha

Para comer quente ou fria, em casa, no trabalho ou num piquenique, esta receita é excelente.
Muito fácil de fazer e muito saborosa.

Ingredientes (para 4 pessoas):
1 courgette
1/2 alho francês
3 latas de atum
12 mini salsichas
1 pimento vermelho
1 ramo de salsa
1 colher de sopa de azeitonas descaroçadas, às rodelas
8 ovos
Sal e pimenta q.b

Modo de fazer:
Corte a courgette e a parte branca do alho-francês às rodelas.
Leve a cozer por 8 minutos, retire e escorra.
Numa tigela misture o atum desfiado, as salsichas cortadas ao meio, o pimento e a salsa, ambos picados e as azeitonas.
À parte, bata os ovos, tempere com sal e pimenta e reserve.
Aqueça uma frigideira antiaderente, barrada com manteiga e salteie o preparado de atum e salsichas.
Junte a courgette e o alho-francês escorridos, e ao fim de 5 minutos, adicione os ovos.
Deixe cozinhar lentamente, até o interior da tortilha ficar sólido.
Vire-a e deixe cozer um pouco mais.

BOM APETITE!

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Receitas simples # Feijão Frade com Atum

Passamos cada vez mais tempo fora de casa (eu falo por mim), restando-nos pouco tempo para cozinhar. Muitas vezes, a alternativa é ir comprar comida já feita.
Não é a melhor solução, por variadíssimas razões, embora seja, por vezes, a alternativa possível.
Ainda assim, existem receitas que se fazem num instante, basta que tenhamos os ingredientes em casa.
A receita que irei publicar hoje é feita com ingredientes que pode ter em casa com alguma antecedência. Aliás, existem  certos produtos que nunca devem faltar na nossa despensa para certas ocasiões em que temos menos tempo.

A receita de hoje é Feijão Frade com Atum
Em pouco mais de 15 minutos esta receita fica pronta.

Ingredientes (para 4 pessoas):
1 lata de atum
1 lata de feijão frade
1 cebola
1 alho
3 colheres de sopa de polpa de tomate
1 pimento vermelho
1 fio de azeite
1 fio de vinagre branco
2 ovos cozidos
1 pitada de sal
1 pitada de pimenta
salsa picada q.b

Modo de fazer:
  1. Pique grosseiramente a cebola, o alho e os pimentos e coloque numa panela com azeite. Vá mexendo e deixe cozer até a cebola alourar.
  2. Acrescente a polpa de tomate e o vinagre e tempere com sal e pimenta. Mexa tudo muito bem e deixe cozer lentamente.
  3. Adicione então o atum escorrido e o feijão frade, envolvendo tudo muito bem. Mexa continuamente e deixe cozinhar em lume brando durante aproximadamente 5 minutos.
  4. Sirva com os ovos cozidos, cortados em rodelas e com salsa picada.
É um prato que se serve frio e será ótimo para levar para o trabalho. Muito saboroso!

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Ai o mês de janeiro...

O mês de janeiro costuma ser, para a maioria dos portugueses, um mês difícil a nível financeiro.
Há cada vez mais pessoas a queixarem-se, sobretudo os comerciantes, que veem as suas receitas diminuírem em grande escala.
Enfim, se se gastou muito nas festividades do fim do ano, é natural que janeiro e até fevereiro sejam meses de contenção.
E para ajudar nessa contenção, estou aqui para sugerir algumas poupanças, principalmente nas compras do supermercado e nos saldos:


Supermercado:
1. Evite ir às compras;
2. Se tiver mesmo de ir ao supermercado, faça uma lista pequena, apenas com aquilo que lhe falta e que é de primeira necessidade. Ainda assim, opte por produtos em promoção e/ou de marca branca.
3. Leia sempre os folhetos promocionais antes de ir às compras, mas não se iluda com promoções de produtos que nem costuma usar regularmente e dos quais nem está a necessitar. Haverá sempre promoções, em janeiro, fevereiro, março, etc...
4. Faça sempre uma lista de compras depois de verificar a despensa e o congelador e programar as refeições. Vai com certeza encontrar algum produto esquecido que lhe vai dar ideia para uma refeição.

Saldos:
Sim, são uma tentação, mas cuidado. Antes de comprar, pergunte a si mesmo se tem espaço para mais roupa, para mais calçado e se realmente precisa e gosta do produto. Não se iluda apenas com o preço. Daqui a nada está aí a nova coleção, com produtos a todos os preços e para todos os tipos de bolsas...

No poupar é que está o ganho.

Eu organizo-me assim e normalmente não me dou mal. E os meus leitores? Costumam gastar muito dinheiro em janeiro?





segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Marmita light - sugestões

Há cada vez mais pessoas que levam o almoço para o trabalho.
Há quem aproveite algo que sobra do jantar, há quem prepare as refeições ao fim de semana, há ainda quem se levante mais cedo e prepare a marmita de manhã.
Há imensas refeições que se podem fazer de manhã, no entanto existem outras que requerem mais tempo e, então, é necessário fazê-las de véspera.
Porque sou uma pessoa que me preocupo com a dietética, sobretudo das pessoas que passam grande parte do tempo a trabalhar sentadas, como eu, deixo-vos hoje algumas sugestões de refeições leves, mas nutritivas, que pode levar para o trabalho, sem o perigo de engordar.
  1. Picadinho de carne com legumes, arroz integral, bróculos e couve-flor cozidos a vapor.
  2. Legumes salteados com pedaços de frango (de preferência bife).
  3. Lombinhos de peru, ovo estrelado, mistura de legumes salteados e 1 batata doce cozida.
  4. Bacalhau, grão, bróculos, tomate cereja e 1 ovo cozido.
  5. Salmão grelhado, bróculos e batata doce.
  6. Lombinho  de pescada, cenoura, bróculos e batata doce e um ovo.
Lombinho  de pescada, cenoura, bróculos e batata doce e um ovo


domingo, 3 de janeiro de 2016

Leituras 2016

Livros não faltam em minha casa, vontade de ler também não. Contudo, o tempo por vezes é escasso e, se não se fizer da leitura uma prioridade, então é garantido que não se lê nada.
Por isso, na minha lista de tarefas incluo sempre "Ler".
Nem que sejam apenas 10 minutos, mas tenho de ler todos os dias um bocadinho.
Em 2015 foi assim, comecei por ler aos bocadinhos e, a certa altura, estava viciada. 
Aproveitei horas de almoço, tempo de espera pelo marido, momentos em que fiquei sozinha em casa, enfim, foram horas e horas de leitura, milhares de páginas lidas.
O objetivo para 2016 é continuar esse hábito de leitura e aprofundar os conhecimentos numa área uma pouco diferente da minha formação académica.
Atualmente ando a ler "Arrume a sua casa, arrume a sua vida", livro que comecei a ler em dezembro. é um livro revolucionário em matéria de organização. Houve partes do livro que apreciei bastante, outras nem por isso. Ainda assim, recomendo a leitura.
Muito brevemente pretendo continuar a ler os livros da Zibia Gasparetto e da Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho, sobre o mesmo tema: Espiritualidade.

2015 foi o ano da descoberta, mas em 2016 haverá ainda mais para descobrir.

Ementa da semana: de 4 a 10 de janeiro de 2016


SEGUNDA-FEIRA:
Almoço: Creme de bróculos; Massada de atum; Fruta.
Jantar: Creme de cenoura; Peixe grelhado com batata cozida e salada mista; Fruta.

TERÇA-FEIRA:
Almoço: Sopa de feijão verde; Frango assado com arroz e salada; Fruta.
Jantar: Creme de bróculos; Peixe assado com batata e salada mista; Fruta.

QUARTA-FEIRA:
Almoço: Sopa de feijão verde; Bife de perú com arroz de feijão; Salada mista; Fruta.
Jantar: Caldo verde; Frango estufado com puré de legumes; Salada mista; Fruta.

QUINTA-FEIRA:
Almoço: Sopa de espinafres; Bacalhau com grão de bico; Salada mista; Fruta.
Jantar: Creme de cenoura; Costeleta grelhada com arroz de tomate; Salada mista; Fruta.

SEXTA-FEIRA:
Almoço: Sopa de feijão vermelho; Carne estufada com batata cozida e grelos; Fruta.
Jantar: Caldo verde; Peixe grelhado com legumes salteados; Fruta.

SÁBADO
Almoço: Creme de cenoura; Carne de porco à alentejana; Salada mista; Fruta.
Jantar: Sopa de espinafres; Salada russa com atum; Fruta.

DOMINGO:
Almoço: Canja de galinha; Rolinhos de peru recheados; Salada mista; Fruta.
Jantar: Sopa ligeira; Pizza; Fruta.

BOM APETITE!

sábado, 2 de janeiro de 2016

De volta à rotina

A pouco mais de um dia para o regresso à rotina do dia-a-dia, há que organizar previamente cada semana.
As roupas, as refeições, os compromissos profissionais e pessoais, tudo deve estar organizado.
Como habitualmente é ao sábado que faço a maior parte das coisas, mas como ainda estou em modo férias, só amanhã me dedicarei a essa preparação.
Claro que as compras foram feitas hoje e, de certa forma, as refeições já foram pensadas.
Amanhã, portanto, será publicada a ementa da semana.
Segunda-feira é dia de eu voltar ao trabalho, da filha recomeçar a escola e, por isso, a rotina é outra. O despertador toca às 6h30 e a partir daí toca a mexer!
Uma semana organizada é meio caminho andado para que corra melhor.

Assim espero!


sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Feliz Ano Novo, com mudanças...

O ano começou há tão poucas horas e eu já estou feliz com o resultado de algumas mudanças.
Como eu costumo dizer «para melhor, muda-se sempre»!
Mas atenção, não espere que sejam os outros a mudar.
A mudança deve partir de cada um de nós!
É isso que estou a fazer. A mudar algumas coisas.
Bom ano!!!!!!