quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Mais uma aliada no dia-a-dia da minha vida!

Já vos falei aqui há uns anos de uma aliada que tenho na cozinha. E, não, não vos estou a falar numa pessoa, mas sim numa máquina. Uma excelente máquina que tem sido uma ajuda preciosa, sobretudo na gestão do meu tempo, cada vez mais escasso. Refiro-me à conhecida Yämmi.

Mais recentemente, e a pensar não só na higiene doméstica (uma das minhas grandes prioridades) mas também, e sobretudo na saúde, adquiri a revolucionária máquina Rainbow.
Se estou satisfeita? Claro que sim! Como não podia ficar?? 
Confesso que fiquei um pouco assustada quando vi os vários acessórios que inclui, mas na prática o seu uso é muito fácil e eficiente. É uma máquina multifunções e é essa variedade de acessórios que faz dela uma máquina ainda melhor, mais completa.
Por ter como base de limpeza, um depósito de água, e ter um um poder elevado de sucção, com esta máquina eu consigo um ambiente limpo em profundidade e muito mais puro.
Adeus sacos de aspirador!



Ao adquirir a máquina Rainbow recebi, também, a Rainmate - Máquina de Aromaterapia. Funciona com a água da nossa torneira e com essências naturais que aromatizam o nosso ar, criando um ambiente fresco e saudável.
Não podia estar mais satisfeita!



terça-feira, 16 de janeiro de 2018

O meu cantinho da leitura, muito mais do que um espaço para ler...

Sempre quis ter um cantinho da leitura na minha casa. E já tive! E adorei, enquanto existiu. Entretanto, como este espaço se encontrava no sótão da casa, tive necessidade de o ocupar com outras coisas, temporariamente, mas que, por arrasto, ainda por lá se encontram. Claro está que preciso urgentemente de pôr mãos à obra. Não só porque o sótão está em completa desordem, como sinto muita necessidade daquele cantinho tão especial para mim.
O cantinho da leitura é muito mais que um espaço onde possamos ler. Para mim, é um lugar de afastamento do mundo real, onde posso ler, ouvir música, meditar, relaxar, ou então ficar simplesmente recostada sem fazer absolutamente nada.
Vou recuperá-lo muito em breve. Será o meu cantinho especial, feito à minha medida.
Assim que estiver pronto, darei notícias e, quem sabe, partilharei algumas fotos.

domingo, 14 de janeiro de 2018

Marmita para toda a semana

Preparar a marmita na véspera é algo que hoje em dia grande parte das pessoas faz. Muitas aproveitam sobras do jantar e com mais qualquer coisa, está feita a marmita para o dia seguinte. Também faço isso muitas vezes, até porque essa é uma forma de aproveitar essas sobras e poupar algum dinheiro.
Mas, por vezes, não há sobras e há que confecionar toda a refeição para levar para o trabalho.
Podemos poupar algum tempo, se prepararmos antecipadamente alguns pratos-base em maior quantidade e depois juntarmos mais qualquer coisa ao longo da semana.
Assim, podemos assar um tabuleiro de legumes ao domingo e, depois de assados, separá-los em várias doses. Servirão de acompanhamento a carne, peixe, ovos, atum, fiambre, etc.
A carne, o peixe, os ovos... também podem ser preparados com antecedência. Frango assado come-se muito bem frio, desde que não tenho molho.
Bife de peru, desfiado, também dá para fazer uma salada com legumes.
São apenas sugestões...
Esta semana, a minha base são mesmo os legumes salteados. Os acompanhamentos vão variar certamente... depende da inspiração do momento.



quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

A vida deve ser vivida devagar...

Quando descobrimos que existe algo que nos faz mais feliz do que ter muito dinheiro, ter um ou mais carros, ter várias casas, então está na hora de nos focarmos nesse "algo" e ser cada vez mais felizes.
Estou a pensar naquelas pessoas que não têm "nada", mas têm tudo. Têm uma família unida, têm amor todos os dias, têm sobretudo a capacidade de amar e ser amados.
Tempo... essas pessoas também têm tempo. Tempo para estar umas com as outras, para falarem, para trocar afetos. Uma vida feliz é feita com base na troca de afetos.
Não quero dizer com isto, que devemos deixar o nosso trabalho, ao qual devemos o nosso meio de subsistência. Não, nada disso. Devemos, sim, pensar naquilo que fazemos para além do trabalho, na forma como ocupamos o nosso tempo.
A relação com a família, com os amigos, com os outros em geral, é muito importante.
Saber ouvir o outro, dar-lhes um pouco do seu tempo pode fazer toda a diferença, a si e ao outro.
A vida deve ser vivida devagar... Para quê andar sempre a correr... inventar desculpas como "agora não tenho tempo, falamos depois"?
Tenho pensado muito ultimamente sobre este assunto, e aos poucos tenho mudado muito a minha forma de pensar, de agir, e sobretudo, tenho alterado rotinas, cada vez mais focada naquilo que me faz bem. E aquilo que me faz bem resulta muitas vezes (quase sempre) no bem que faço aos outros, seja família ou não.
Bom ano, meus estimados amigos.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

De volta à rotina, com muito gosto!

A primeira semana do ano é o período em que tudo recomeça, não só porque tem início um novo ano, mas sobretudo porque deixo para trás uns dias de férias bem reconfortantes.
O "voltar à rotina" tem, na minha opinião, imensas vantagens, isto porque passamos a cumprir horários.
Ao cumprir horários, nós podemos também programar tudo o que temos para fazer, podemos estabelecer hábitos saudáveis na hora das refeições.
Quando estamos de férias, muitas vezes acordamos mais tarde, tomamos o pequeno-almoço a horas de almoçar e depois passamos o resto do dia em petiscos aqui e ali, com este ou aquele amigo. Já para não falar que, não havendo horários a cumprir, as pessoas acabam por desleixar-se mais com as obrigações domésticas. Falo por experiência própria.
Por isso, eu encaro o regresso à rotina como uma coisa positiva. Divido o meu tempo, com algum rigor, entre trabalho, casa e lazer. 
Amiga inseparável, passa a ser a minha agenda. Nela, eu registo todos os meus compromissos pessoais, do marido e da filhota, para melhor gestão do dia-a-dia.
Retomo com vontade, esta semana, o meu treino no ginásio.
Foi bom aquele período de férias, sem dúvida, tendo servido para refletir e organizar ideias e planificar as tarefas e atividades do novo ano.
Gosto de rotinas, de agendas, de listas, gosto sobretudo de me sentir útil e produtiva. E para conseguir a energia todos os dias, sobretudo para acordar bem disposta, eu procuro definir objetivos muito concretos.
Faz parte da minha rotina, cuidar de mim, da minha família, da minha casa. Nos cuidados que tenho comigo, penso sobretudo na saúde física e mental. 
Ouvir música, ler e namorar são hábitos diários obrigatórios.

Bom ano para todos os meus leitores e as minhas leitoras, com boas rotinas!



domingo, 17 de dezembro de 2017

Votos para 2018


  1. Ter saúde está obrigatoriamente no topo desta lista! Sem saúde tudo o resto se complica.
  2. Ter trabalho: é fundamental! Seria difícil vivermos bem sem trabalho. 
  3. Ter amigos: essenciais no nosso dia-a-dia. Muitas vezes são eles que nos ajudam nas maiores dificuldades.
  4. Viver em harmonia com a natureza.
  5. Amar e ser amada. Que seria de nós sem amor?
Que 2018 seja um ano sem guerras, sem catástrofes, sem doenças. Sei que são desejos muito ambiciosos, mas não custa acreditar.

Que venha 2018!


sábado, 16 de dezembro de 2017

Em jeito de balanço

Ainda não chegou ao fim, mas nesta altura gosto de fazer um balanço do ano que passou.
2017 foi um ano muito negro, não em termos pessoais, felizmente, mas foi um ano muito mau para o País, para o Mundo em geral.
Muitas mortes, catástrofes, epidemias, enfim um sem número de coisas desagradáveis.
Pessoalmente tenho a agradecer, pois não fui afetada diretamente por nenhuma destas catástrofes. Ainda assim, não consigo ficar indiferente ao facto de muitas pessoas terem perdido a vida e outras terem perdido as suas casas. Erros humanos? Talvez sim... ou talvez não...
Foi sem sombra de dúvida um ano muito difícil e que não deverá ficar esquecido.
Que este ano tão negro tenha servido para alertar as pessoas e que as tenha feito refletir na vida e que as faça mudar certos comportamentos.
A vida é tão curta! Para quê entrar em guerras uns com os outros?
Viver em harmonia sempre foi o meu lema e vai continuar a ser, agora mais do que nunca!
Que 2018 seja um ano melhor para todos!
Que saibamos respeitar e percebamos que não somos nós que mandamos no Mundo mas que podemos contribuir para um Mundo melhor com os nossos comportamentos, com as nossas atitudes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...