segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Congelar legumes - uma forma de poupar tempo e dinheiro

Feijão verde: para sopa; para cozer; para salada russa
Sempre que vejo alguma promoção de feijão verde, alho francês, cenouras, ou outro tipo de vegetais, não perco a oportunidade.
Compro logo mais quantidade e preparo tudo para congelar em pequenas doses.
Para sopas ou para acompanhamentos, dá sempre jeito ter à mão, pronto a cozinhar.
Alho francês: para sopa e para estufar
Couve lombarda: mistura para sopa juliana
Couve-flor: para cozer ou estufar.
Este fim de semana, uma vez mais, adiantei algumas refeições da semana (cujas fotos irei mostrar em breve) e preparei alguns legumes para congelar.
Além de poupar algum dinheiro, porque estavam em promoção, estes legumes eram muito frescos e, portanto, mesmo congelados não vão perder muitas qualidades. 

Eu faço assim, e as minhas leitoras, como fazem?



2 comentários:

  1. Bom dia,
    Sou uma leitora assídua do seu blog. O post de hoje despertou-me algum interesse porque quando congelo alguns legumes e coloco na sopa fica com um sabor desagradável. Como costuma fazer? Congela diretamente?
    Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo seu comentário.
      Quanto à forma de congelar os legumes, eu faço-o diretamente. Talvez porque nunca guardo os legumes congelados durante muito tempo (no máximo duas ou três semanas), o sabor nunca fica alterado.
      Para guardar os legumes congelados durante mais tempo, aconselho a que antes de os congelar os escalde em água a ferver durante alguns segundos, colocando de seguida em água fria. Só depois deve congelar. Dessa forma, os legumes conservam a cor e sabor inalterados durante vários meses.

      Eliminar