quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Yämmi: a super chef cá de casa

Não foi fácil convencerem-me a dar mais de 300 euros por um equipamento para a cozinha, neste caso por um robot.
Adoro cozinhar e inventar pratos e sempre pensei que não haveria máquina nenhuma capaz de me substituir. Bem, na verdade não substitui, mas ajuda imenso!
A resistência foi grande, mas ao fim de alguns meses lá estava eu a comprar a Yämmi (ainda assim, só comprei nessa altura porque estava em promoção). Estava-me a custar dar tanto dinheiro...
Agora que tenho a Yämmi e não a dispenso dia nenhum, posso falar-vos da minha experiência.
A Yämmi veio, de facto, alterar muita coisa na minha vida, sobretudo, veio dar-me tempo livre e menos preocupação na hora de preparar as refeições.
A Yämmi ajuda imenso na cozinha, faz poupar muito tempo, é super prática e fácil de manusear e de limpar.
Há dias uma amiga minha que me segue no blogue, ao ver a ementa que publico semanalmente, questionou-me sobre como é que eu consigo ter uma sopa diferente todos os dias.
Muito simples a resposta. Com a ajuda da Yämmi, sem dúvida!
Antes de ter a Yämmi, para poupar algum tempo, eu fazia uma panela grande de sopa no início da semana e comíamos da mesma sopa todos os dias. Devo dizer que, fazer uma panela grande de sopa no fogão tradicional demorava, pelo menos uma hora e meia, por vezes mais.
Com a ajuda da Yämmi, não preciso de fazer isso.
Basta que tenha em casa todos os ingredientes necessários para cinco sopas diferentes e em 30 minutos diários eu tenho uma sopa diferente na mesa. 
Cá em casa não dispensamos a sopa e, como tal, vou variando o tipo de sopa em cada dia para não cansar.
Por isso é que eu digo que é muito importante fazer a programação das refeições no fim da semana.
Ao sábado eu já sei que ingredientes necessito ter em casa para confecionar todos os pratos da semana.
É assim que me organizo.
É claro que não faço só sopas na Yämmi.
Desde pratos de carne, de peixe, vegetarianos, sobremesas, já experimentámos um pouco de tudo.
Uma palavra para resumir a minha opinião sobre esta super chef cá de casa: FANTÁSTICA!

5 comentários:

  1. Não tenho a yammi nem bimby mas acredito que para quem trabalha que seja um auxiliar precioso. A questão que lhe queria pôr é a seguinte; porque é sempre aconselhável ao pequeno almoço chá, leite, iogurte, sumo e nunca um galão ?
    Eu pessoalmente só me satisfaz o galão que bebo sem açúcar e depois não bebo mais café, uma vez que não bebo bicas. O café com leite faz mal ou é um mito?
    Obrigada um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Boa noite. Este post deixou-me mesmo a ponderar comprar uma! Mas gostaria de saber como se faz a sopa em meia-hora, pois isso é super-sónico :)
    A máquina corta os legumes que colocamos inteiros lá para dentro, ou os 30 minutos são apenas o tempo de, por exemplo, cozinhar a "base" e os legumes que queremos que fiquem inteiros, após a base estar moída?
    Agradecia imenso uma resposta, pois não queria gastar o dinheiro sem saber...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo seu comentário.
      Os 30 minutos a que me refiro incluem tudo.
      Para ficar mais esclarecido/a, deixo-lhe o link com algumas das receitas que pode fazer na Yämmi: http://www.yammi.pt/receitas

      Pela minha experiência, posso dizer que valeu a pena o dinheiro que dei pela Yämmi. Tem sido uma grande ajuda!

      Eliminar
  3. Muito obrigada pela resposta! Vou já ver :)

    ResponderEliminar