sexta-feira, 3 de maio de 2013

Reforma só depois dos 66 anos?

Muito sinceramente, não estou muito preocupada com essa alteração. Quem me dera reformar-me só aos 66 anos!
É sinal de que ainda estou viva, e de que tenho saúde.
Conheci pessoas que trabalharam até aos 70 anos (limite de idade) e acredito que, se pudessem, trabalhavam mais anos. Eram pessoas que trabalhavam por amor ao que faziam. Eu também quero ser assim!
Não me assusta trabalhar até mais tarde, assusta-me, sim, ficar sem trabalho. Eu ou os meus familiares.
Apesar de todo o meu otimismo, não posso ficar indiferente à crise política e financeira que o país atravessa. É, de facto, assustador.
Não quero, nem posso ignorar a crise que nos está a afetar e, por isso, luto contra ela todos os dias. O lema cá em casa  é viver bem de forma poupadinha. Com pouco dinheiro, mas com muito amor.
Mais nada!
Bom fim de semana.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...