segunda-feira, 27 de maio de 2013

Desistir? Nunca!

Quantas pessoas conhece que começaram inúmeras coisas e no meio do percurso desistiram? Muitas, certamente. Talvez até já tenha acontecido consigo. Comigo, sim, claro. 
Atrevo-me a dizer que todos nós já fomos um pouco assim. 
Por que será que isso acontece?
- Falta de motivação?
- Medo?
- Preguiça?
- Vários projetos ao mesmo tempo?
- Falta de perspetivas?
- Insegurança?
- Falta de dinheiro?
- Doença?

Bem, os motivos podem ser muitos, mas o que é certo é que, para um projeto poder ser levado até ao fim, é necessário, antes de mais, acreditarmos nele.

Nunca iremos conseguir levar um projeto pela frente se o iniciámos por influência de terceiros, ou de forma precipitada e irrefletida.
Temos de nos centrar no nosso objetivo e não desistir. Começar vários projetos ao mesmo tempo também não ajuda nada.

Vamos agora exemplificar com casos concretos:
  1. A "Maria" inscreveu-se num curso de línguas, em horário pós-laboral, porque, enfim, havia uma promoção no preço inicial e o curso até dava jeito. Apressou-se a inscrever-se (o prazo terminava naquele dia), sem analisar bem os horários de funcionamento do curso e as implicações que iria ter na sua rotina diária. Mesmo assim, na primeiras aulas lá foi toda entusiasmada.  Mas o cansaço e as alterações na sua rotina foram de tal ordem que, ao fim de algum tempo, deixou de ir a algumas aulas, em determinados dias mais complicados da sua vida pessoal. Obviamente que, para que um curso dê certo, sobretudo um curso de línguas, a assiduidade é muito importante. Neste caso, o que falhou? Foi a falta de uma análise prévia dos prós e dos contras de fazer um curso em horário pós-laboral.
  2. A "Isabel" inscreveu-se no ginásio cheia de vontade, pagou logo a anuidade e depois, por pura preguiça, não frequentou nem metade das aulas.
  3. A "Cristina" começou uma dieta "fantástica", "milagrosa", mas esqueceu-se de que, com algumas restrições a que esta a obrigava, não iria conseguir levá-la até ao fim, porque adora comer. 

Conselhos: 
  • Se precisa de iniciar uma dieta, estude muito bem todos os prós e os contras, todos os hábitos alimentares que vai ter de alterar, foque-se nesse objetivo e não desista ao primeiro sinal de fome. Seja persistente! 
  • Inicie um projeto apenas quando tiver a certeza de que vai conseguir levá-lo até ao fim sem sobressaltos.

DESISTIR? NUNCA!


Nota: Os nomes das pessoas referidas são fictícios.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...