segunda-feira, 20 de maio de 2013

Desabafo tão sentido...da Mãe

Ontem tivemos mais um almoço de família.

Como habitualmente, convido os meus pais para virem almoçar connosco ao domingo.
Fiz o almoço com todo o carinho, as  minhas filhas puseram a mesa e ajeitaram a casa para que não tivessem de ouvir alguma reprimenda (no bom sentido) da avó. 
Havia música ambiente e algum entusiasmo pela hora da refeição. Os avós vinham almoçar connosco! Até parecia que era a primeira vez! É sempre assim, aos domingos...

A avó chegou, e para surpresa de todos, trouxe um miminho: arroz-doce. A nossa sobremesa favorita!
A refeição teve início e decorreu dentro da normalidade, com a animação do costume.
Já no fim, foram servidos os cafés pela filha mais velha, com todos os pormenores. Havia amor em todos os seus gestos.
Ficámos à mesa mais uns instantes a conversar e a saborear aquele momento tão agradável, que é estar em família.
De repente, a minha mãe, depois de olhar em silêncio para cada gesto de todos nós, disse:
«Estou tão feliz! Tenho uma família linda! Estou orgulhosa de mim! Eu fiz nascer esta família!»
Foi tão intenso e profundo este desabafo! Como eu compreendo a minha mãe!
Este é o verdadeiro ciclo da vida, de uma vida bem construída. 
Este é o sonho de qualquer mãe: conseguir ver o seu rebento crescer saudável e dar frutos com a mesma qualidade ou de qualidade superior!

Adoro a minha mãe!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...