terça-feira, 21 de maio de 2013

Dinheiro, é preciso?

Sim, é preciso. Sem ele, infelizmente não podemos ter algumas coisas na vida.
Para comer, para vestir, para viajar, para ter uma casa, e para uma enorme quantidade de bens essenciais, é necessário ter dinheiro.
Mas existem muitas outras coisas que podemos obter sem dinheiro, muitas delas que as pessoas ricas não possuem. Sabem o que é? Amor, compreensão, humildade, solidariedade.
As pessoas que não têm dinheiro dão muito mais valor às poucas coisas que têm, enquanto que as pessoas ricas são muito desapegadas das coisas e até das pessoas.
Vou contar uma pequena história sobre duas meninas que um dia foram passear com a avó. As meninas eram primas. Os pais de uma eram pessoas com muito dinheiro, passavam a vida a viajar pelo estrangeiro e só usavam roupa de marca; os pais da outra estavam desempregados, apenas a mãe fazia limpezas em casa de uma senhora. 
Num belo dia, a avó das meninas foi a uma excursão e levou as duas netas. Levou o farnel para comerem pelo caminho e lá foram no autocarro, juntamente com mais pessoas.
Ainda não tinham saído há dez minutos de casa, já a menina rica estava a chatear a avó. A menina pobre, pelo contrário, ia tão feliz por sair de  casa que passou a viagem toda a cantar e a brincar com um boneca de trapos que tinha desde bébé e que levava consigo.
Ao chegar ao destino, saíram do autocarro e a menina rica não queria levar nada nas mãos, enquanto a menina pobre corria a ajudar a avó com os sacos. Queria levar tudo, para a avó não se cansar.
A certa altura a avó já estava farta de ouvir a neta rica a choramingar e a reclamar por tudo e por nada e desabafou: «É muito bom ser pobre! O pobre contenta-se com tudo! Já o rico, nada o satisfaz! De que vale  tanto dinheiro, se não conseguem ser felizes?»

Concordo inteiramente com esta avó. Vemos pessoas que gastam rios de dinheiro em viagens, em luxo, mas esquecem-se que existe um bem precioso que podem adquirir sem dinheiro e que as fará muito mais felizes: o amor. O amor pelos outros, por si, pelas coisas que têm. 
Sem amor, não há felicidade!


3 comentários:

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...