quinta-feira, 16 de maio de 2013

Levantar cedo: vantagens

Para quem trabalha fora, tem filhos, não tem empregada doméstica, a vida não é nada fácil. Eu que o diga!
Por isso, para que o dia comece da melhor maneira, sem stress e seja produtivo, o melhor a fazer é levantar-se cedo. Melhor ainda, ser a primeira a levantar-se.
Há muitas coisas que podemos fazer de manhã cedo antes da agitação começar, sobretudo se há crianças em casa (já não é o meu caso, pois as minhas filhas são crescidinhas).
Levanto-me às 6h30, ligo a música e o meu dia começa logo com boa disposição.
Tenho pela frente 1h30, antes de sair de casa, para adiantar as minhas tarefas domésticas: estendo roupa da máquina, guardo a loiça que ficou a lavar de noite, dou comida ao gatinho, guardo alguma roupa que ficou passada de véspera, preparo o pequeno-almoço e o almoço para levar para o trabalho, faço a higiene pessoal, arrumo o quarto, dou um jeito na casa de banho depois da família fazer a higiene, guardo algumas roupas no armários, outras no cesto da roupa suja e, por fim, tomamos o pequeno-almoço todos juntos. Saímos de casa às 8h.
Já pensaram como seria se eu não me levantasse tão cedo? O caos. Eu não fazia as coisas e ninguém fazia porque não havia tempo. À tarde, quando regressássemos, a casa estava desarrumada e tinha de me agarrar ao trabalho, às coisas que ficaram por fazer. Desvantagens: Não podia fazer aquilo de que tanto gosto: Ler, caminhar, jardinar, estar com a família!
Por isso, adoro quando me levanto cedo, adianto tudo e chego a casa e encontro tudo arrumadinho, como eu deixei. Dá-me paz, tranquilidade e uma grande harmonia no lar.

Se é fácil levantar assim tão cedo? Já me custou mais. Agora fico chateada comigo mesma é quando não me levanto porque o despertador não tocou. Adoro sair de casa já com tudo arrumado.

Esta foi uma das mudanças na minha rotina que mais gozo me deu implantar. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...