sexta-feira, 25 de maio de 2012

Planos para o fim de semana?

Algumas pessoas chegam à sexta-feira tão cansadas que se sentem  incapazes de fazer seja o que for nos dois dias seguintes.
E, portanto, no sábado levantam-se tarde, para não dizer muito tarde. Almoçam quando deviam lanchar... Enfim, desregulam completamente o organismo, a pensar que estão a descansar. À noite vão sair, chegam a casa de manhã e dormem o dia todo.
Na segunda-feira de manhã, ao ouvirem o despertador, acordam mal dispostas com vontade de dormir mais e a lamentarem-se por já ser dia de trabalho. Precisavam de mais um dia para descansar, dizem...
Este comportamento é completamente errado.
Não é desta forma que se consegue dar descanso ao corpo.
Se seguirem as seguintes dicas, garanto-vos que na segunda-feira estão preparadíssimos para uma nova semana de trabalho:

  1. Levante-se cedo (não precisa de ser às 6h30, como nos outros dias, mas poderá ser às 8h, por exemplo);
  2. Tome um bom pequeno-almoço, rico em vitaminas e fibras.
  3. Faça uma pequena caminhada pela manhã.
  4. Mantenha os horários das refeições (idênticos aos da semana)
  5. Faça sempre um plano de trabalho para o fim de semana. Sim, porque se não tem empregada,  tem de ser você a fazer as coisas. Eu tenho sempre a minha lista à mão e vou riscando à medida que vou fazendo as coisas. Lavar roupa, passar a ferro, fazer comida, limpar a casa, fazer as compras no supermercado, são apenas alguns exemplos).
  6. Programe um tempo para descansar, mas descansar mesmo, ou seja, ficar sem fazer nada. Podem ser apenas quinze minutos.  Acredite, serão quinze minutos preciosos.
  7. Agende tudo o que tem de fazer na semana seguinte, quer se trate de assuntos pessoais quer profissionais.
  8. Tenha as suas contas sempre em dia.
  9. Não se deite muito tarde.
  10. Namore muito e cuide muito bem de si.
BOM FIM DE SEMANA!


Sem comentários:

Enviar um comentário

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...