sábado, 9 de novembro de 2013

Trabalho e Família

Apesar de a nossa vida profissional ser um sucesso e de termos um trabalho que gostamos muito, sem nos darmos conta misturamos isso com a vida familiar, por exemplo a contar episódios do dia de trabalho, por vezes problemáticos, à hora de jantar. Mas este é apenas um pequeno exemplo, existem muitos mais. Outro péssimo exemplo, é atender o telemóvel à hora da refeição. 
Para uma  vida equilibrada e também mais saudável, é muito importante saber separar as águas, mas nem sempre as pessoas conseguem fazer essa separação. Aos poucos e poucos a família vai ressentir-se, vai achar que o trabalho é mais importante e, sobretudo os filhos mais novos, sofrem e vão se afastando dos pais.
Na minha opinião, não devemos levar para o trabalho os nossos problemas familiares assim como não devemos trazer para casa as frustrações e/ou insucessos no trabalho. Essa mistura reflete-se no nosso bem-estar, altera o nosso estado emocional, prejudicando o nosso descanso e recuperação para os dias seguintes de trabalho.
Apesar de todos termos computador e internet em casa, também não devemos cair na tentação de trazer trabalho para casa. Se não conseguirmos gerir esses acessos às ferramentas, damos por nós a trabalhar até altas horas e isso vai piorando a relação familiar. 
Está provado cientificamente que ficar na internet antes de dormir prejudica o sono e provoca stress.
Além disso, alguém ficará prejudicado com essa atitude. Será que a família não terá prioridade nesse momento? 

Deve existir tempo para tudo e o seu tempo de descanso e familiar deve ser preservado.

Devemos evitar passar horas no computador, se possível desligar o telemóvel, mas não abdicar da nossa estabilidade familiar em prol do stress do emprego

Sem comentários:

Enviar um comentário

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...