domingo, 24 de novembro de 2013

Mãos à obra!

Há umas semanas atrás disse-vos que a época do tricô já tinha começado cá em casa. Bem, começou e não tem parado.
As filhas foram as primeiras clientes. E adoraram as obras feitas.
Gorros, golas e perneiras... ficaram lindas!
Bem, agora que já tenho mais pedidos, tenho mesmo que dar ao dedo.
Mas como correr por gosto não cansa, aí vou eu em mais uma corrida, toda entusiasmada.
Muitas pessoas perguntam-me como tenho tempo para isso tudo.
Eu respondo: Quando nós gostamos muito de alguma coisa, fazemos sacrifícios por ela. Neste caso, para conseguir ter tempo para fazer tricô todos os dias um bocadinho, trabalho muito ao fim-de-semana, cuido da roupa, da casa, faço comida para congelar. Claro, tenho de me levantar cedo para fazer tudo isso. Mas faço-o por prazer. E não, não saio de casa ao fim-de-semana. Adoro ficar em casa, sobretudo no inverno. Acendo a lareira e fico com a minha família no aconchego do meu lar.
E acreditem, quando chega a segunda-feira, levanto-me com toda a energia para ir trabalhar e faço-o com prazer. 
É muito importante fazermos aquilo que nos dá mais prazer. Só assim, poderemos alcançar a felicidade.

Bom Domingo!

Sem comentários:

Enviar um comentário