quarta-feira, 27 de novembro de 2013

As escolhas da minha vida

Eu sempre gostei desta frase " a vida é feita de escolhas" porque resume bem o que aconteceu com a minha minha vida.
Até à idade adulta nunca liguei muito a escolhas, também não tinha possibilidade de escolher o que quer que fosse. Com uns pais conservadores, a viver no campo, não era fácil contrariar o que eles tinham para me dar e que era fazer de mim uma pessoa com estudos, de modo a ter uma vida melhor do que a deles.
Com 17 anos consegui entrar para a Universidade, dando na altura uma grande felicidade aos meus pais (na minha aldeia era raro alguém ir para a Universidade).
Já na Universidade, o curso que escolhi (sim, essa foi a minha primeira grande escolha) não estava a corresponder às minhas expectativas.
Resolvi, então, inscrever-me num outro curso fora da Universidade que me desse a oportunidade de trabalhar e fazer algo de que gostasse.
Ensinar era um dos meus grandes sonhos mas, a pouco e pouco, fui descobrindo grande aptidão para o secretariado.
Fiz o curso de Secretariado de Direção com 19 valores, fiz estágio nessa área e foi aí que descobri que essa era realmente a minha vocação. Secretariado, Relações Públicas, enfim, tudo o que tivesse a ver com comunicação, escrita ou falada.
Esta foi a melhor escolha da minha vida em termos profissionais!
Mas como não sou uma pessoa de deixar projetos a meio, decidi concluir a Licenciatura, para realização pessoal mas também para meu enriquecimento na área. além disso, cumpri o sonho dos meus pais: ter uma filha doutora!
Licenciada, com habilitações para o ensino (o meu grande sonho de há uns anos atrás) tive de escolher: Ensino ou Secretariado? Escolhi o Secretariado.
Surpreendidos?
Sim, o ensino era o meu grande sonho há uns anos atrás, mas quando tive de escolher, já tinha feito outras opções na vida: Casar e ser Mãe.
E, assim, optei pelo secretariado, profissão que me permite estar junto da família, ao contrário do ensino, que me obrigaria a sair de casa para terras longínquas.
Foi a família, mas também a parte económica que pesaram na minha escolha.
Se estou arrependida? Não, nem pensar! Adoro o que faço.Além disso, descobri que o trabalho não é tudo na vida. Se voltasse atrás, fazia tudo igual, sem tirar nem pôr!
A minha vida foi feita de escolhas e estou feliz porque penso ter feito as escolhas certas.

1 comentário:

  1. Parabéns Manuela !!!
    São poucas as pessoas que podem falar assim, e nos dias de hoje... pior !
    Entrei na área da educação por acaso,, aprendi a gostar , fui estudar no ensino nocturno e tirei um curso de 3 anos dentro da área hoje não me vejo a fazer outra coisa,realizei.me a nível de estudos e profissional, mas confesso que raro é o dia que não sinto o tapete a fugir debaixo dos pés.
    Bom fim-de-semana !
    Beijinhos ,
    Bilocas :)

    ResponderEliminar

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...