quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Bolo económico

Mais uma receita económica, desta vez, um doce.
É um excelente bolo para fazer, cortar às fatias e guardar para levar uma fatia por dia para o lanchinho no trabalho.
Eu costumo fazer bolos e congelar às fatias. É uma boa forma de ter bolinho sempre à mão.

Ingredientes:
2 chávenas de farinha de trigo
1 chávena de Maizena
1 1/2 chávena de açúcar
1 chávena de leite
2 colheres (de sopa) de margarina
1 colher (de sopa) de fermento em pó
1 ovo

Preparação:
Bata a margarina com o açúcar, junte o ovo e continue a bater.
A seguir, junte a farinha, o fermento, alternando com o leite. Coloque uma forma untada e polvilhada. Leve ao forno a cozer.

Sugestão: usar uma forma de bolo inglês, para facilitar o corte em fatias.


Bom apetite!

4 comentários:

  1. Manuela, umas perguntinhas:
    - reparei que o bolo não leva ovos, daí ser económico, mas não vai ficar esfarelado?
    - Como congela o bolo? Põe cada fatia num saco de plástico individual?
    Obrigada!
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar
  2. Paula,

    Muito obrigada pela sua mensagem e pelas questões que coloca.
    O bolo leva apenas um ovo e, sim, fica um pouco esfarelado, mas dá para cortar, depois de frio.
    Para congelar, normalmente uso bolsas herméticas, muito práticas, com fecho. Há da marca Vileda, mas eu uso umas de marca branca que fazem o mesmo efeito. Servem para congelar e transportar bolo, sandes, tostas, etc.
    Obrigada.

    ResponderEliminar
  3. boa noite manuela
    parabens pelo blog gosto muito de o ler.alias mesmo sem a conhecer sinto um grande carinho por si.felicidades é o que lhe desejo do fundo do coração.
    agora uma pergunta.essas bolsas que fala so conheço da vileda e são cariiiiiissimas...pode dizer-me quais as de marca branca que usa?mas têm aquele fecho zipp certo?é essas que procuro.
    aqui na zona so ha inter ou continente.
    beijinhos e obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Paula,
      Obrigada uma vez mais. Fico contente por saber que gosta de visitar o meu cantinho.
      Não nos conhecemos, é verdade, mas se um dia isso acontecesse, não iria ficar surpreendida, pois sou muito transparente naquilo que escrevo. Não uso artificialismos. Gosto de ser assim, simples, sincera e simpática com toda a gente.
      Quanto às bolsinhas, eu costumo comprar numa loja dos chineses cá em Coimbra. Eu sei que muita gente recusa-se a entrar nessas lojas, mas eu sou daquelas que não me importo. Vou aonde é mais barato. Aí as bolsas são baratíssimas e têm fecho Zipp, tal e qual as outras da Vileda.
      Beijinho grande e votos de uma sexta-feira em grande.

      Eliminar

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...