domingo, 29 de abril de 2012

Balanço do mês de abril

O mês de abril não foi um mês negativo, nem em termos financeiros, nem pessoais.
Não consegui cumprir todos os objetivos, mas talvez me tenha precipitado com a definição de alguns para este mês. Por isso, vão passar para o mês seguinte.
Na minha opinião, o balanço é positivo.


Ora vejam:

  1. Associar-me à causa "Um livro por um sorriso de uma criança timorense", contribuindo com vários livros de língua portuguesa, matemática e outros. Pretendo levá-los até dia 15 ao Pólo I da Universidade de Coimbra. (Cumprido, com muito prazer)
  2. Entregar algumas roupas de primavera e verão numa instituição de acolhimento e/ou um lugar de  recolha de bens desse tipo. (Já encontrei o local e irei no início do mês de maio levar as roupas que, entretanto, já separei)
  3. Comprar um conjunto de mesa e cadeiras para o terraço.(Adiado para o mês seguinte, ou para quando vier o sol)
  4. Ler dois livros. (Li um:"Viver em tempos de mudança")
  5. Ajudar ainda mais os meus pais, agora que estão a ficar com menos resistência. (Todos os dias procuro ajudar)
  6. Visitar todos os dias os meus pais e passar, pelo menos, meia hora com eles. Não pensar no trabalho nessa meia hora. (Todos os dias o faço com muito prazer, pois sei que eles também adoram a minha visita)
  7. Conversar ainda mais com as minhas filhas, mesmo que elas não demonstrem essa necessidade. (Tenho tentado)
  8. Começar a pesquisar lugares para visitarmos em família, aos fins de semana. (Temos pesquisado os quatro)
  9. Namorar mais. (Todos os dias)
  10. SER FELIZ. (Procuro a felicidade nas coisas mais simples da vida todos os dias e tenho conseguido, em parte)
  11. Fazer caminhada ao fim do dia com as minhas filhas e com o "Faísca".(Algumas vezes, nem sempre como "Faísca")


Financeiramente, também não me posso queixar. Consegui fazer uma gestão bem feita e só gastei o que foi mesmo necessário.
É claro que fazemos uma vida muito poupadinha, mas não é por isso que é pior que as outras. Não vestimos roupa de marca, não saímos todos os fins de semana, não jantamos fora mais vezes. 
Mas nunca nos faltou a comida, nem a roupa para vestir,nem todos os bens de primeira necessidade. Tem dado até para satisfazer alguns prazeres da família.
Com uma boa gestão é possível viver bem, não tenho a menor dúvida.
Boa semana para vós. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...