domingo, 9 de outubro de 2011

Regresso ao trabalho

Após alguns dias de descanso, muito sol e ar puro, sem horários para cumprir, eis que o regresso ao trabalho se aproxima. Para muitos a situação pode tornar-se deprimente, para outros o regresso ao trabalho pode significar uma maior dedicação, já com as ''baterias carregadas'', para novos projetos. 

Os dias passados na praia ou no campo, a visitar museus ou a conhecer uma nova região, ou a dedicar-se à família e à casa, como foi o meu caso, deixam sempre saudades e uma enorme vontade de ter mais alguns dias de férias. Mas, o regresso ao trabalho é inevitável. Por isso, o melhor que tem a fazer é consciencializar-se que após umas saborosas férias chega sempre a realidade do trabalho e da vida quotidiana.

O primeiro dia é o que custa mais. Os horários ainda são os das férias, a vontade de apanhar sol é maior que a de trabalhar e o trânsito e a confusão parecem estranhos.


Para tentar que este dia não seja tão penoso, a solução parece ser mudar de postura:

  • Ao acordar não tenha pensamentos negativos quanto ao regresso de trabalho. Pense antes que é parte integrante da vida e que só trabalhando é que tem férias;
  • Ao chegar ao emprego organize as tarefas que tem para fazer naquele dia;
  • Não esteja sempre a lamentar-se de que as férias acabaram e que estaria melhor a apanhar sol do que a trabalhar;
  • Durante o dia não esteja sempre a lembrar de como foi bom, mas acabou. Dessa forma torna-se impossível suportar o regresso ao trabalho;
  • Por fim, canalize todas as energias acumuladas durante as férias e empenhe-se a 100% nas tarefas que tem para fazer.

Se a sua postura de regresso ao trabalho não for positiva, nada lhe correrá como desejado. O seu humor alterado e a vontade constante de querer estar de novo em férias podem influenciar o seu trabalho. Consciencialize-se que tudo tem o seu tempo e agora é tempo de regressar ao trabalho!


Boa semana!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...