sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Fim-de-semana barato

Não é possível? Acreditem que sim.
Para muitas pessoas, quando se fala em ir passar um fim-de-semana aqui ou ali, pensam logo que vão gastar muito dinheiro e desistem logo à primeira.
Hoje vou dar-vos algumas dicas e mostrar-vos em como é possível passar um fim-de-semana, em família, num lugar lindo, sem gastar muito dinheiro. Só depende da mentalidade de cada um.
Ora vejam:

  1. Arranje alternativas ao automóvel. Se estiver a viajar dentro de Portugal, utilizar o seu próprio automóvel poderá revelar-se extremamente conveniente e confortável. No entanto, não poderá esquecer que tal conveniência terá um preço, preço esse que em nada o favorecerá, caso o seu intuito seja poupar. Em alternativa, pondere viajar de comboio ou autocarro, pois tal permitir-lhe-á poupar quantias bastante significativas.
  2. Prescinda de alojamentos sofisticados. Por mais aliciante que uma noite num bom hotel possa parecer, é possível tirar um bom usufruto das suas férias prescindindo desta pequena mordomia. Alternativas existem muitas, desde quintas, pensões, residências, ou até mesmo apartamentos, e muitas destas poderão ficar-lhe por um preço muito mais em conta do que um Hotel.
  3. Uma vez no local de destino, aproveite para exercitar as pernas, e prefira caminhar em vez de utilizar transportes. Muitas localidades podem fácil e rapidamente ser percorridas a pé, apesar da maioria das pessoas ainda assim insistir em recorrer a transportes, o que apenas contribui para umas férias mais caras. Assim sendo, e de forma a conseguir alcançar mais facilmente a possibilidade de usufruir de um fim-de-semana barato, evite sempre que possível recorrer a transportes.
  4. Diminua ao máximo o número de refeições em restaurantes. Óbvio que, uma ida a um bom restaurante é requisito quase que obrigatório em quaisquer férias, no entanto a frequência com que o faz pode e deve ser diminuída, sob forma de poupar o máximo possível. Como alternativa, se no local de alojamento tiver a oportunidade de cozinhar, poderá ainda assim conseguir produzir refeições bastante agradáveis para si e para a sua família, e com a vantagem de estar a poupar quantias bastante significativas de dinheiro.
  5. Poupe nas prendas. Vá para passear, não para se encher de compras. Uma lembracinha poderá sempre calhar bem, mas não se deixe levar por impulsos consumistas, uma vez que tal poderá encarecer algo que se poderia revelar até bastante acessível.
  6. Viaje para perto. Portugal tem muito para ver, e provavelmente, mais perto do que imagina, poderá ter a oportunidade de encontrar tudo aquilo que precisa para um fim-de-semana agradável.
Não está convencido? Experimente e verá!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...