Um pouco mais de mim...

Defeito ou feitio, a verdade é que sempre confiei em toda a gente e em tudo o que me diziam.
Esta é a minha maneira de ser e de estar no mundo. 
Se eu sou sincera com toda a gente, por que razão os outros  não o poderão ser comigo? Nunca duvidei. Sempre fui assim, em toda a minha vida.
Desde muito cedo, algumas pessoas, incluindo a minha mãe, me diziam que eu não devia ser assim. Eu tinha de ser mais esperta! Não podia confiar em toda a gente! Era uma "simplória", diziam de mim.
A verdade é que não consigo mudar, por mais que me avisem. Por vezes, o resultado é a deceção. Se não me custa? Claro que custa, mas não é isso que me vai fazer mudar. 
Por vezes ainda hesito. Devo acreditar? O meu coração diz-me  que sim e, pronto, lá estou eu a confiar mais uma vez. 
No entanto, há uma coisa muito importante que mudou em mim e me tornou uma pessoa muito mais forte. Já não me dececiono com a mentira do outro. Se o outro mentiu, o problema é dele ou dela, não é meu.
Há pessoas para quem a vida é uma mentira e que mostra um "eu" que não é o seu. Por isso, se há alguém que se pode dececionar, não serei eu com toda a certeza.
Quis a vida que eu tivesse ao meu lado uma pessoa que me apoiasse e me compreendesse e que, deste ponto de vista, fosse igual a mim. Estou grata a Deus também por isso! Nada é por acaso...

E por hoje é tudo, em jeito de desabafo (saudável, claro!).

Sorriam para a vida, apreciem o Sol que brilha lá fora e vivam a vida como ela é.

Boa semana!

Comentários

Mensagens populares