sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

A vida é tão simples... para quê complicar?

É Natal!
Como é normal, nesta altura do ano vemos pessoas a correr, a entrar e a sair esbaforidas das lojas porque não encontraram o presente certo para "aquela" pessoa. Podem até passar o ano sem conviver com essa pessoa, sem lhe dar qualquer importância, mas não podem deixar de lhe comprar um presente porque pode parecer mal. Ironias...  Para quê complicar a vida?
E dizem muitas vezes: «Para umas pessoas é tão fácil comprar um presente, mas para outras....não sei mesmo o que lhe hei de comprar!»
Se é dessas pessoas, se tem dúvidas quanto ao presente a comprar, o melhor é ser fiel a si próprio. Não ofereça para impressionar o outro, ofereça (se acha que quer oferecer algo) amor, carinho, amizade, atenção!
Há dias, enquanto esperava o autocarro, presenciei uma cena que me deixou a pensar.
Três irmãs tinham ido às compras de Natal. O marido de uma delas esperava no carro, com ar de enfado.
Quando elas chegaram, carregadas de sacos até não poderem mais, começaram a colocar as coisas no carro e, de repente, uma diz: "Compraste alguma coisa para dar à tia M... ?" a outra diz" Ah, não, esqueci-me completamente dela, até me esqueço que ela existe!, mas não posso ir para o jantar sem lhe levar um presente. Sabes como ela é, começa logo com coisas, que eu não quero saber dela, e assim.... Ainda vou comprar um coisita qualquer para ela para não me chatear" E foi...
Triste, muito triste esta conversa...mas infelizmente tão frequente e tão real!

Mais importante que oferecermos um presente a alguém, é gostarmos dessa pessoa, é lembrarmo-nos dela ao longo do ano e não só porque é Natal e porque toda a gente dá presentes.

Este ano ofereça Amor! é um presente que todos gostam...não há qualquer dúvida!

3 comentários:

  1. Mesmo!
    Natal é TODOS os dias,pena, e triste que assim não seja.
    Beijinho da Maria

    ResponderEliminar
  2. Eu já reduzi, por razões económicas, os presentes, e o limite a gastar para o mínimo.
    Gosto muito de oferecer presentes às pessoas de quem gosto, mas não tem sido possível. Recebo presentes de algumas pessoas e não posso retribuir, é triste, mas não vai estragar o meu Natal. Devo dizer que fico feliz em receber e oferecer coisas simples e úteis. Como uma latinha de chá, um cestinho de frutas diversas com uma bonita fitinha, uma pequena caixa de bombons, umas meias quentinhas. Considero o acto de oferecer e receber um presente um acto de carinho. Boas Festas! Com muito pouco se faz um Natal Feliz!

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar