sexta-feira, 14 de março de 2014

Emagrecimento - a importância das leguminosas

Muitas pessoas, quando pensam em emagrecer, iniciam uma dieta à base exclusivamente de saladas e legumes. Com este tipo de dieta, pode perder-se peso, mas não de forma saudável. Além disso, ao fim de poucos dias, a sua fome aumenta, a ânsia por doces não pára e então lá se vai a dieta.
Para que um regime dê certo é necessário escolher os alimentos certos. Entra aí o papel das leguminosas.
Os feijões e as leguminosas estão entre os alimentos perfeitos. Porquê?

  • Porque estabilizam o açúcar no sangue;
  • Porque eliminam a ânsia de doces;
  • Porque evitam as ânsias alimentares do fim do dia.

Que quantidade devemos comer diariamente? Deve-se comer uma chávena por dia.
Que alimentos podemos comer? Grão-de-bico; Feijão preto; Ervilha partida; Feijão catarino; lentilhas; Feijão branco; Rebentos de soja; Feijão vermelho.

Emagreça com saúde!

2 comentários:

  1. E os regimes alimentares para emagrecer novos que cortam as leguminosas a 100%. É verdade que a pessoa vai comendo peixe carne mas proibirem alimentos para mim é meio caminho para o insucesso.
    haja paciência! Por isso é que ontem a minha médica me aconselhou a experimentar outra dieta (porque ela própria já mudou e já não está a fazer a que me indicou em primeiro lugar) e quando eu mostrei o meu espanto por ela me aconselhar OUTRA ela responde. "Ah eu tenho de estar sempre a fazer uma."
    E eu respondi " e eu estou farta de dietas".
    Para mim moderação e redução nas quantidades mas sem cortar nada a 100%. Quanto mais não seja para não ter a sensação de estar em constante privação de algo.
    Desculpe o desabafo mas estou realmente cansada de tantos anos de regimes sem resultados ou com resultados pouco duradouros, e estou falar de dietas acompanhadas por nutricionistas e endocrinologistas, não estou a falar de dietas da moda ou cortes malucos na alimentação. Até hoje, os únicos quilos que não recuperei foi os que perdi sozinha a comer de tudo mas em doses controladas. O problema é que também isso deixou de me fazer perder peso e chga só para manter.
    Vou respirar fundo e continuar a tentar e mais uma vez desculpe o longo desabafo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Su, Obrigada pelo seu comentário. Não desanime. E, sim, tem razão quando diz que o melhor mesmo é comer de tudo, mas atenção: na medida certa! A privação dos alimentos não é boa conselheira da dieta. Contudo, há que ter algum cuidado com alguns alimentos e e com a forma de cozinhar. Meio sal, saltear legumes sem gorduras, beber pelo menos 1 l de água por dia, usar e abusar das verduras (450 g de saladas por dia e 450 g de legumes cozinhados por dia), fruta fresca; comer pouca carne (3 refeições por semana/60 g cada) são algumas das recomendações para quem quer perder peso. E, claro, os doces devem ser guardados apenas para as ocasiões especiais. Ninguém consegue emagrecer a comer de tudo até se satisfazer ou mesmo por gula. Tem de comer para viver e não viver para comer. Um beijinho

      Eliminar