Algumas ideias para ensinar os filhos a serem solidários

Estar disposta a ajudar alguém sem esperar receber alguma coisa em troca não é assim tão simples. Esta prática exige abrir mão de muita coisa, exige aprendizagem. E, como se costuma dizer, de pequenino é que se torce o pepino.

Hoje vou partilhar convosco algumas ideias para ensinar os  filhos a serem solidários:
  • Comece a ensinar os seus filhos, desde pequeninos,  a serem solidários. Mas não se esqueça de uma coisa importante: dê o exemplo. Se der o exemplo, os seus filhos vão imitá-la muito mais facilmente. Seja solidária. Dê sem esperar nenhuma recompensa.
  • Ensine a repartir. Se estiver a comer um bolo com os seus filhos reparta em bocados iguais, mesmo que um deles não queira tanto. Partilhe tudo: comida, brinquedos, roupas, atenção, afeto. Quando há irmãos, este gesto de partilha vai acompanhá-los por toda a vida.
  • Saiba ouvir. Ouvir a sério, prestar atenção. Não é ouvir por ouvir. Nada pior do que estarmos a falar com alguém que parece que nos ouve mas não está a prestar qualquer atenção. Não faça isso. Quando estiver com alguém, preste bem atenção ao que ele/ela lhe diz. 
  • Valorize o que é do outro. Estimule o seu filho a dizer bem de alguma coisa de alguém, por exemplo, da sopa da avó, do cheirinho do papá, do desenho que a irmã fez na escola, e muitas outras coisas.
  • Doe brinquedos, roupas ou outros objetos, mas cuidado. Não dê aquilo que não presta, ou está estragado. Se não serve para si, também não servirá para o outro. Acha que se der um casaco cheio de buracos, ou sujo,  alguém o vai vestir? Antes de dar, cuide bem das coisas e faça bem a seleção. 

E, já agora, peça aos seus filhos para ajudar nessa tarefa. Estará a ensiná-los a ajudar, a praticar o bem.





Comentários

Mensagens populares