sábado, 10 de dezembro de 2016

Quanto esperei por ti... de Lucinda Ferreira

Não podia deixar de escrever sobre este momento lindo que me foi proporcionado por uma amiga de longa data, por quem tenho uma estima imensa, uma admiração sem igual.
A minha querida amiga Lucinda Ferreira.
Uma mulher muito inteligente, de uma sensibilidade e humildade extraordinárias, uma mulher de afetos, sonhadora, e linda, por dentro e por fora... (ficaria aqui todo o dia a descrever esta mulher com "M" grande!.).
Como ela própria disse, toda a vida escreveu e toda a vida teve a ânsia de aprender mais e mais... e hoje mostrou-nos essa maravilhosa obra. O seu primeiro romance foi apresentado esta tarde, numa cerimónia belíssima, com a promessa de outro romance já quase pronto. Fico à espera, pois este será um sucesso, não tenho quaisquer dúvidas.
Como disse no início, não podia deixar de me referir ao magnífico momento da apresentação deste livro, que a minha amiga nos proporcionou, dada a beleza com que tudo decorreu. Devo dizer que já assisti a muitas apresentações de livros, mas como esta, muito poucas ou nenhumas, infelizmente.
Tudo foi escolhido ao pormenor. Desde a música, sempre a acompanhar o evento. De uma beleza fabulosa.
Estou inteiramente grata ao Pedro Guia, filho da autora, que nos animou ao piano, às meninas da Escola de Música São Teotónio, pianistas fantásticas e à restante organização do evento. Tudo esteve perfeito!
A apresentadora do livro, apesar de, como nos disse, ter sido "apanhada" de surpresa para esta tarefa, não podia ter sido melhor escolhida. Uma comunicadora fabulosa, de uma simpatia e uma inteligência notáveis. Se não chegou a ler a obra ainda, conforme nos confidenciou, conseguiu, sem sombra de dúvida, transmitir a mensagem que se pretendia  com esta apresentação. Muito obrigada, portanto, também à Drª Natália Queirós.
Quanto esperei por ti!
Um romance onde iremos com certeza encontrar um pouco de cada um de nós...
Parabéns minha amiga e muito obrigada!


1 comentário:

  1. O minha querida Manelinha eu é que tenho que agradecer a tua presença e da Mãe! Duas queridas.As tuas palavras soa lindas como tu és.Muito obrigada. Já repeti algumas vezes e esta sem duvida: os ve a beleza dos outros quem a tem abundante dentro de si.Obrigada, minha amiga linda Beijos
    Lucinda Ferreira

    ResponderEliminar