terça-feira, 30 de junho de 2015

O poder da música

Quando estou mais em baixo (e, ultimamente, tenho tido algumas quebras), nada melhor do que ouvir música.
Mas não é uma música qualquer. Existe música que tem um efeito contrário ao que pretendo e, portanto, evito-a.
Normalmente a música que escolho é música calma, para refletir, para meditar ou mesmo para relaxar. Muitas vezes o meu estado mais depressivo deve-se a uma grande carga de ansiedade. Aí, eu escolho  música para relaxar (no mínimo uma sessão de três horas). É claro que vou trabalhando nessas três horas, mas a música acompanha-me e, acreditem, o seu poder é mágico.
Ultimamente as músicas que ouço têm sido as seguintes:

Música romântica
Música para refletir

Sem comentários:

Enviar um comentário