segunda-feira, 10 de junho de 2013

Bodas de prata: quase!

Casar com a pessoa que amamos e fazer desta união um casamento feliz requer muito amor e dedicação, de ambas as partes.
Eis algumas sugestões preciosas:

  1. Mantenha a chama acesa. Mesmo com a correria do dia-a-dia, não se esqueça de dizer o quanto ama o seu marido/mulher todos os dias, programe um fim de semana a dois, um jantar ou simplesmente uma tarde de cinema mais romântico;
  2. Não implique com a sua cara metade. Dividir a vida com outra pessoa não é fácil, mas não vale a pena implicar por questões insignificantes. Tente dividir tarefas, responsabilidades, de modo a que ninguém saia magoado.
  3. Respeito mútuo. É muito importante o respeito, a valorização do outro. Respeitar também as diferenças: não há duas pessoas iguais! Essa é a base do amor.
  4. Mantenha a comunicação. Sem comunicação não vale a pena a vida em comum. Mas esta tem de ser honesta, sem ironia, sem agressões. Por vezes as palavras ferem muito. Se estiver irritada, o melhor a fazer é medir todas as palavras para não magoar o outro.
  5. Sem mentiras. Não vale a pena mentir ou ocultar factos. Se tem esse hábito com o objetivo de não magoar o outro, acredite, quando ele souber vai ficar mais furioso ainda. O melhor a fazer é ser o mais transparente, o mais sincera possível.
  6. Seja criativo/criativa.  De vez em quando surpreenda a sua cara metade: com um ramo de flores, um bilhete de cinema, uma viagem, um jantar, qualquer coisa, mas surpreenda-o(a)!
  7. Critique, mas de forma construtiva. Sim, se houver alguma coisa no seu companheiro que não lhe agrada de todo, deve dizer-lhe, mas com respeito e de forma construtiva. Afinal, você ama-o, com todos os defeitos, não é verdade?
  8. Compromisso. Sem compromisso de ambas as partes, o casamento não tem sucesso. Lidar com o dia a dia, com as responsabilidade, sobretudo se houver filhos, não é fácil. Requer uma enorme persistência e um sentido de compromisso muito grande. Têm de ser uma equipa muito bem ajustada, muito bem articulada.
  9. Não se esqueça dos dias especiais. Hoje, com uma rotina cada vez mais monótona, é preciso sair dela de vez em quando. Por que não escolher datas importantes para ficar os dois, bem juntinhos para aproveitarem o momento e reacenderem a chama.
  10. Divida as responsabilidades. Num casamento feliz, o homem e a mulher têm as suas responsabilidades e deveres divididas. Existem famílias mais e menos conservadoras. Se o seu marido não se imagina a estender roupa (porque é conservador!) não se incomode com isso. Você já se imaginou a montar uma canalização? (Eu não!...) Tente encontrar o equilíbrio e terá bons resultados.

SEJA FELIZ!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...