sexta-feira, 27 de julho de 2012

De férias... mas pouco

Isto de estar de férias e não estar não tem muita piada.
É bom estar de férias, não o nego, mas teria muito mais sabor se nestes dias tivesse quem me fizesse as coisas.
Quase no fim do primeiro dia de férias e o que posso dizer é que ainda não senti o gosto das mesmas. 
A sensação é de profundo cansaço, grande correria, alguma agitação e alguma preocupação também.
É claro que não tive de ir trabalhar, mas isso só se traduziu no facto de não ter ido para o local de trabalho. 
O botão ainda não foi desligado.
O ritmo cá em casa também não se alterou muito. Todos se levantaram cedo e a rotina teve início como de costume. Roupa para lavar, comida para fazer, compras no supermercado.


A melhor parte do dia: um lanche que estou a preparar para ser serviço no terraço.







Praia? Não, ainda não... talvez só para a próxima semana.
Férias... mas pouco.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Publicação em destaque

Aproveitar bem o tempo

Há várias formas de aproveitar o tempo.  Muitas pessoas queixam-se da falta de tempo, outras morrem de tédio, porque não sabem o que hão ...