domingo, 22 de novembro de 2015

Viver com menos é viver melhor, sem dúvida!

Ao contrário do que algumas pessoas possam pensar, viver com menos não é necessariamente viver pior, antes pelo contrário.
Pessoas que acumulam imensas coisas em casa, ou pessoas que passam o tempo em centros comerciais a fazer compras, pessoas que não conseguem entrar numa loja sem comprar sequer um objeto, são quase sempre pessoas mais desorganizadas, mais desequilibradas e com uma carência afetiva enorme.
Viver com menos é, na minha opinião, viver melhor. É viver com mais amor, de forma mais organizada, mais simples, mais económica.

  1. Viver com menos roupa (apenas a que usamos). A que não usamos podemos dar ou vender, porque não?
  2. Viver com menos comida (apenas a suficiente, de modo a não desperdiçar).
  3. Viver com menos móveis. O estilo minimalista está na moda e só tem vantagens, sobretudo na hora de limpar.
  4. Viver com menos detergentes. Existem produtos multiusos. Para quê usar um detergente para o fogão, outro para o chão, outro para as bancadas, outro para o WC, se podemos usar um apenas?
  5. Muitos outros exemplos poderia dar, mas com certeza que os meus leitores e as minhas leitoras sabem bem ao que me refiro.
São apenas exemplos de como viver com menos pode ajudar a viver melhor, poupar tempo e sobretudo dinheiro.



Sem comentários:

Enviar um comentário