quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Altos e baixos...

Após uma breve ausência, cá estou de novo para partilhar convosco algumas das razões que me levaram a tal afastamento.
Todos nós temos os "nossos" momentos. Há dias em que estamos bem e dias em que estamos menos bem.
O meio influencia as pessoas, é uma verdade, mas não só.
Num ambiente, muitas vezes negativo, com notícias devastadoras a toda a hora, é difícil mantermos a nossa alegria, a nossa vivacidade e mesmo o nosso equilíbrio.
Refiro-me, sobretudo, ao equilíbrio emocional. É muito difícil alcançarmos a harmonia entre o pensar, o sentir e o agir. Mas os motivos nem sempre são externos.
Tenho dito muitas vezes que nada é por acaso.
Então, se nada é por acaso e somos nós que criamos as situações e desafios da nossa vida, devemos entender que, se estamos a passar por determinadas situações, é porque precisamos delas para crescer e evoluir.
O corpo reflete o que nós estamos a pensar e, por isso, devemos nos responsabilizar pelo que sentimos, porque somos nós próprios que causámos isso.
É nesses momentos menos bons que devemos ir buscar a força para alterar o rumo das coisas. Mudar a nós próprios e não culpar ninguém.
Isto para dizer que, muitas vezes, a falta de respeito que temos por nós é tão grande e tão cega que nem nos apercebemos do mal que estamos a fazer a nós próprios.
E essa falta de respeito vem quase sempre da falta de auto-estima, da falta de coragem e dos medos.
Se está a passar por uma fase dessas, então está na hora de pensar mais em si e menos nos outros.
O que estou eu a dizer, perguntam vocês? Logo eu, que penso primeiro nos outros e  só depois em mim (quando penso em mim...).
Pois é, por eu ser assim, é que sei do que estou a falar.
Está na hora de ter mais respeito por mim, está na hora de parar de dizer sempre "sim" a tudo.
A vida ensina-nos muito todos os dias, é pena que nós nem sempre queremos aprender e teimamos em não ver isso.



4 comentários:

  1. Olá! Concordo. É esse o caminho. :-) Também sempre me coloquei em último lugar, mas nos últimos descobri como isso me fez tão mal. Estou a pensar mais em mim. Vai devagarinho, passo a passo mas vou lá chegar.
    Manuela pode ajudar-me com mais sugestões de refeições para levar para o trabalho (marmita saudavel)?
    Beijinho e força!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Novembro.
      Muito obrigada pelo seu comentário.
      Estamos no bom caminho, então. Eu já estou a fazer minha parte.
      Quanto a sugestões de refeições para levar para o trabalho, publiquei há dias um post sobre esse assunto: http://umavidacomsentido.blogspot.pt/2015/08/marmita-o-que-levar-para-o-trabalho.html
      Como vejo que este é um tema que interessa a muita gente, cada vez mais, irei publicar mais sugestões nos próximos dias.
      Um beijinho e obrigada por me seguir.
      Manuela Santos

      Eliminar
  2. Boa noite, há já muito tempo que acompanho regularmente o seu blog de que gosto muito, hoje quando li este post, identifiquei-me muito, pois estou numa fase em que o meio exterior muito negativo tem influenciado a minha vida e ate a minha saúde, e muito embora eu tenha força para combater essa situação muitas vezes não é fácil. Gostei muito das suas palavras.
    Obrigada, continue assim.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Susana Leite

      Não imagina como é bom ler comentários como o seu. Não por se sentir em baixo, mas por gostar das minhas palavras e por me seguir.
      Felizmente as minhas fases menos boas não se mantém durante muito tempo porque luto diariamente contra isso.
      Sou uma pessoa alegre, comunicativa e noto perfeitamente quando começo a sair do meu eu. É nessa altura que começo a identificar a causa e vejo que o problema está mesmo em mim. Sou eu que tenho de mudar de atitude e deixar para os outros os problemas que não são meus. Quando eu deixo de ser tola, sou uma pessoa mais alegre e muito mais feliz.
      É isso que eu quero transmitir aos meus leitores.
      Um beijinho e obrigada por me seguir.
      Manuela Santos

      Eliminar