segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Assertividade e auto-estima

As relações pessoais e profissionais são, muitas vezes, marcadas por situações de conflito porque não sabemos comunicar e agir com assertividade.
A assertividade é o comportamento mais adequado em certas situações. 
Não, não sou assertiva o suficiente, e, por essa razão, de vez em quando tenho de me lembrar disso para me esforçar a mudar de atitude. 
A falta de assertividade leva-nos por vezes a estados emocionais complicados e a comportamentos que são prejudiciais para os outros e, principalmente, para nós próprios. Sem querer, estamos a prejudicar a nossa saúde mental e a nossa auto-estima.

Para sermos assertivos, sem parecermos agressivos, devemos:
1. Pensar antes de falar e de agir.
2. Falar de forma aberta, direta e honesta.
3. Dizer "não" com inteligência, para não ferir suscetibilidade nem sentir culpa. 
4. Fazer e receber críticas de forma positiva e construtiva.
5. Esclarecer situações duvidosas.
6. Admitir os nossos erros.
7. Estar aberto/a ao compromisso e à negociação.

Devemos evitar dizer "sim"  só para agradar as outras pessoas ou para manter um clima de paz. (Este é talvez o meu maior defeito, que não consigo corrigir, e depois pago caro...)

Como disse Steve Jobs, "Foco é dizer não". E eu concordo a 100%. Pôr em prática nem sempre é possível, ou pelo menos, é muito difícil...

Sem comentários:

Enviar um comentário