sábado, 25 de julho de 2015

Velharias ou Relíquias

Quem me conhece, sabe que eu, de vez em quando, inicio uma operação de destralhamento cá em casa. Roupas, calçado, acessórios, e muitas mais coisas.
Numa dessas operações, estava eu entusiasmadíssima com a "limpeza" de certos espaços cá de casa, quando me deparo com algo que me fez parar. Numa estante da sala havia ainda uma coleção inteira de cassetes VHS sobre As Grandes Civilizações. Uma autêntica relíquia e, por essa razão, nunca me irei desfazer dela. Apesar de já não ter um leitor de cassetes VHS, não será por isso que elas vão desaparecer. 
Sei que existem conversores de VHS para DVD e acho que é isso mesmo que irei fazer. No entanto, estas cassetes vão continuar por cá, mas desta vez num espaço próprio no sótão para "Relíquias".
Por vezes, nestas operações de destralhamento, há pessoas que deitam fora pedaços de história. Neste tipo de coisas, tenho sempre alguma resistência. Apenas me liberto de objetos que não marcam nenhuma época e são perfeitamente dispensáveis.
Quando já temos uma determinada idade, começamos a pensar mais dessa forma. Se temos espaço em casa, podemos criar uma espécie de "museu". Se, pelo contrário, vivemos numa casa pequena, temos mesmo denos desfazer desse tipo de objetos. Mas deitar fora não me parece a melhor solução. Existem casas próprias que expõem e comercializam objetos antigos.


Sem comentários:

Enviar um comentário