sábado, 27 de agosto de 2016

Ementa da semana - de 29 de agosto a 1 de setembro de 2016


Tem início mais um ano de trabalho e, portanto, mais uma rubrica da ementa da semana.
Serão programadas apenas as refeições de segunda a sábado. Ao domingo será um dia especial, mais reservado ao descanso, portanto, a escolha da ementa será feita ao longo da semana.
Cá em casa já não passamos sem esse suporte. Ajuda imenso na hora de pôr a mesa!
Esta semana, em particular, serão programadas as refeições apenas até sexta-feira, uma vez que no fim-de-semana não estaremos em casa.

SEGUNDA-FEIRA:
Almoço: Creme de legumes; Bacalhau à Brás; Salada; Fruta fresca.
Jantar: Creme de legumes; Esparguete à Bolonhesa e salada mista; Fruta.

TERÇA-FEIRA:
Almoço: Creme de cenoura; Lombo assado com arroz e salada; Fruta.
Jantar: Creme de legumes; Peixe grelhado com legumes cozidos; Fruta.

QUARTA-FEIRA:
Almoço: Sopa de feijão verde; Frango assado com batatinhas; Fruta.
Jantar: Creme de legumes;  Lombos de pescada com legumes cozidos; salada mista; fruta.

QUINTA-FEIRA:
Almoço: Creme de grão com espinafres; Carne assadA com batata assada; Fruta.
Jantar: Creme de grão com espinafres; Arroz, ovos e atum; Fruta.

SEXTA-FEIRA:
Almoço: Creme de legumes; Bifes com cogumelos, batatas fritas e salada mista; Fruta.
Jantar:  Creme de legumes; Perca cozida com ovo e batata e salada mista; Fruta.



quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Adeus férias...olá rotina!

As férias estão mesmo a terminar e aproxima-se a passos largos o início de mais um ano de trabalho que se pretende calmo e sem sobressaltos.
Para facilitar, nada melhor do que preparar cada dia com alguma antecedência.
Ferramenta essencial: uma agenda muito bem organizada.
Hoje apenas me vou referir à minha organização pessoal, mais concretamente às minhas responsabilidades domésticas, uma vez que a minha agenda no trabalho não depende apenas de mim.
Em casa, a situação é bem diferente, dado que sou eu quem faz a gestão de praticamente tudo:

  1. Refeições;
  2. Limpezas;
  3. Alguns pagamentos;
  4. Compras no supermercado;
  5. e muito mais...
Começo pelas refeições, até porque temos de comer todos os dias e praticamente sempre em casa. Há, pois, que programar cada uma delas com alguma antecedência, de modo a assegurar que nada faltará para a sua confeção.
Assim, à sexta-feira programo todas as refeições e, ao sábado, faço as compras necessárias no supermercado. Ainda no sábado, e também no domingo, adianto algumas refeições para congelar.
Duas grandes vantagens ao utilizar este procedimento:
Poupança de tempo e de dinheiro.
Como habitualmente, ao sábado será publicada no blogue a ementa da semana.
O meu lema sempre foi e continuará a ser: Vida organizada, vida facilitada.
É tão fácil viver com organização! Não acham?

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Férias...

Há férias e férias...
Este ano, as minhas estão a ser totalmente diferentes do habitual.
Estar de férias há quinze dias e ainda não ter ido à praia não é nada normal em mim, logo eu que amo praia. 
Quando dizia muitas vezes que, para mim, férias sem praia não eram férias, não estava a ser realista. É verdade que adoro praia, mas, acima de tudo, adoro a minha família e se por ela tiver que me afastar da praia, andar de casaco vestido, fazer quilómetros sem fim de carro, a praia deixa de ser prioridade.
Este ano foi assim, mas estão a ser as melhores férias de sempre. No mesmo dia estive em três países diferentes, estive uma semana num país bem mais frio, a várias milhas de distância, e nenhuma praia visitei. Tudo isso pela família. Se foi difícil? Claro que não, pois o objetivo era outro. Ser feliz junto da família.
Talvez ainda vá à praia antes de regressar ao trabalho, mas esta deixou de ser prioridade.
Boas férias, na praia, no campo ou em casa. O importante é ser feliz!


sábado, 30 de julho de 2016

Ementa da semana - de 1 a 5 de agosto de 2016



Para facilitar a organização da semana, nada melhor do que já ter as refeições previstas e com todos os ingredientes disponíveis em casa para evitar ir comer fora ou comprar refeições no take away.
Portanto, e porque nestes últimos dias antes de férias, a minha vida anda a mil, vamos lá pensar na alimentação sem descurar a saúde. Assim, esta semana a ementa tem mais proteínas, menos hidratos, mais fruta, menos doces...

SEGUNDA-FEIRA:
Almoço: Creme de legumes; Mimos de pescada com legumes salteados; Fruta fresca.
Jantar: Creme de legumes; Febras grelhadas e salada mista; Fruta.

TERÇA-FEIRA:
Almoço: Creme de cenoura; Feijão frade com bacalhau; Fruta.
Jantar: Creme de legumes; Frango assado com legumes cozidos; Fruta.

QUARTA-FEIRA:
Almoço: Sopa de feijão verde; Perca grelhada com salada mista e batatas novas; Fruta.
Jantar: Creme de legumes;  Febras grelhadas com arroz de pimentos; salada mista; fruta.

QUINTA-FEIRA:
Almoço: Creme de grão com espinafres; Lombos de pescada com salada russa; Fruta.
Jantar: Creme de grão com espinafres; Crocantes de frango com arroz de cenoura; Fruta.

SEXTA-FEIRA:
Almoço: Creme de legumes; Robalo grelhado com salada mista; Fruta.
Jantar:  Pizza; Gelado.

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Pilates - o balanço

Já frequentei alguns ginásios, há vários anos. Quase sempre por iniciativa própria. Uma vezes ia sozinha (quando era solteira) outras vezes, já casada, ia acompanhada pelo marido e pelas filhas.
Imagem da Internet
Fazia vários tipos de aulas e, no início, até gostava, mas depressa me cansava e acabava por desistir.
Durante vários anos optei apenas pelas caminhadas. Até há dois meses atrás.
Um problema no ombro, muitas dores e algumas limitações de mobilidade obrigaram-me a procurar um ortopedista que, depois de me prescrever a medicação, me aconselhou a praticar Pilates, pelo menos duas vezes por semana,
Sinceramente já tinha ouvido falar muito bem deste tipo de aula, mas nunca tinha experimentado.
Procurei um ginásio e inscrevi-me e, desde então, nunca faltei a uma aula. 
A primeira aula foi um pouco estranha, não só pelos exercícios, como pela própria linguagem do Pilates, mas a sensação no final da aula foi fantástica.
Entre as inúmeras vantagens, posso destacar algumas:
  • Aumenta a flexibilidade (ao fim de quase dois meses, sinto isso mesmo);
  • Contribui para uma melhor postura (no dia-a-dia, já consigo ter uma postura da coluna diferente);
  • Alivia o stress (sem dúvida, no fim de cada aula, todo o stress do dia se foi);
  • É um vício saudável (faça frio faça calor, eu não falto, mesmo que tenha de ir a pé até ao ginásio);
  • Ao fim de semana, como não faço aula, o corpo já começa a sentir a falta e à segunda-feira à noite (dia de aula) fico ótima!
  • Há quem diga que emagrece (sim, é natural que ajude a emagrecer se a pessoa fizer uma alimentação cuidada também). Pessoalmente tenho mantido o peso, no entanto sinto o corpo mais tonificado e muito mais leve.
Em resumo, fazer aula de Pilates foi uma das melhores coisas que fiz nos últimos tempos.
Sinto que estou a melhorar a cada dia, sobretudo na postura corporal, mas não só.
Mudar de postura é realmente mudar de atitude, no âmbito físico, mental e espiritual.

Imagem da Internet
Imagem da Internet

domingo, 17 de julho de 2016

Estou de volta!

Quem me costuma visitar aqui no blogue, deve ter notado a minha ausência no último mês.
Não, ainda não fui de férias e não, também não estive doente. 
A minha ausência desta vez foi mesmo causada por falta de tempo e um pouco de falta de organização também (ninguém é perfeito!). 
Como se costuma dizer "Quem muitos burros toca, algum fica para trás". Assim fui eu.
No último mês as coisas cá por casa complicaram-se um pouco, com algumas obras pelo meio, preparação de viagens, trabalhos manuais com tempo limitado (bébé a caminho!), trabalhos em casa cada vez mais difíceis e forçados.
A acrescentar a tudo isso, e por recomendação do médico, inscrevi-me nas aulas de Pilates, como terapia para melhorar a postura e, sobretudo para tratar um problema que tive no início do ano. Uma tendinite no ombro que me obrigou a alguns cuidados e tratamentos.
As aulas de Pilates tiveram início em junho e têm sido fantásticas mas, sobre isso, falarei mais adiante.
Isto tudo para justificar a minha ausência de quase um mês e para tranquilizar os meus leitores mais assíduos.



domingo, 19 de junho de 2016

Organização pessoal - Dicas #7

E chegou ao fim a semana de dicas sobre organização pessoal.
7 dias, 7 dicas úteis para quem pretende pôr alguma organização na sua vida.
A última, a de hoje, não podia deixar de existir.
Depois de tanto trabalho, há que descansar.
Pois é, a Dica 7, diz-nos para descansar.

Dormir é indispensável, mas, claro, não devemos dormir mais do que as horas que o nosso corpo precisa.
Mais de 8 horas na cama,  para mim não dá. Fico com imensas dores no corpo.
O ideal é deitar cedo, levantar cedo e aproveitar as horas mais calmas da manhã. São muito mais produtivas.
Tomo um bom pequeno-almoço e ouço música enquanto faço alguma coisa.
Por exemplo, tem dias, como o de hoje, que me levanto mais cedo para passar a ferro.
Quando o pessoal cá de casa se levantar já o cesto da roupa está cheio da roupa passada.
Se eu fico chateada? Não! Dá-me um prazer imenso poder ter o resto do dia para descansar.

sábado, 18 de junho de 2016

Organização pessoal - Dicas #6

Dica 6. Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje

Deixar para depois é quase garantido que tão depressa não será feito.
Por isso, nada melhor do que fazer logo e não acumular trabalho.
Seja no local de trabalho ou em casa, não devemos deixar nada para depois porque o depois nunca mais chega porque, entretanto, apareceu mais trabalho.
Se pode fazer agora, faça!
Exemplos:
Ao apanhar a roupa do estendal, dobre-a logo, separe o que é de passar e o que não é, enrole e guarde as meias imediatamente.
Ao chegar com as compras do supermercado, guarde logo as coisas nos respetivos lugares e guarde os sacos das compras.
No trabalho, ao ver a caixa de emails, responda imediatamente a cada um deles, deite fora o que não interessa e tente limpar a caixa de entrada no próprio dia.
E muito, muito mais...


Registar email para receber as novidades